Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > A Alimentação Na Diabetes

A Alimentação Na Diabetes

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
A Alimentação Na Diabetes

A diabetes requere alguns cuidados, nomeadamente, a diabetes tipo 2, que surge a partir dos 40 anos de idade. Esteja atento se tem uma vida sedentária ou tem excesso de peso. Deve ter cuidado com os seus pés, pois os pés dos diabéticos são mais sensíveis, atraindo mais facilmente os problemas. Use sapatos confortáveis e vá à pedicura com frequência. Se aparecerem fissuras deve ir ao médico imediatamente. Deve cuidar dos seus olhos e ir oftalmologista, pois pode ocorrer nos diabéticos retinopatia, que pode levar à cegueira. Para além da pedicura e do oftalmologista, guarde algum dinheiro para ir ao dentista, pois as pessoas que têm diabetes são propensos a ter gengivites. Quem cuida de si deve também estar informado sobre os cuidados que se deve ter com esta doença.

Deixamos aqui uma lista de alimentos para você poder comer com maior liberdade: beterraba, brócolos, cenoura, couve-flor, ervilha, tomate, pêssego, uva, peixe, limão, salsa, maçã, ovo, alho, abóbora, beringela, laranjas, amêndoas, cebola, nozes, leite e derivados. Agora deve saber as quantidades que deve ingerir. O ideal é uma colher de sopa ou uma pequena porção. Saiba que pode comer de tudo: saladas, sopas e vegetais (salada primavera, sopa de beterraba, beringelas no forno); arroz e massas (risotto); carne, peixe e aves (hambúrguer, lombo recheado com abacaxi ou outro fruto ao seu gosto, lasanha, frango recheado com espinafres, bacalhau com ervas, omelete de legumes); bolos e doces (bolo de nozes, de cenoura, de chocolate, de iogurte, torta de maçã, salame de chocolate, musse de chocolate, arroz doce). Agora desfrute!

Receber a notícia que tem diabetes já não tem que ser deprimente, se pensar que pode continuar a comer quase de tudo, mas nas quantidades certas. Vigie a glicemia, é o melhor conselho. Pode até não acreditar, mas, às vezes, o diagnóstico de uma doença, como a diabetes, que exija de nós um cuidado especial com a nossa alimentação, pode salvar a vida de muita gente, que podia, por exemplo, estar a caminhar para a hipertensão alta, o colesterol, um enfarte do miocárdio e até um cancro. Por isso pare de reclamar, e seja feliz com o que vida lhe deu!

Daniela Vicente

Título: A Alimentação Na Diabetes

Autor: Daniela Vicente (todos os textos)

Visitas: 0

619 

Comentários - A Alimentação Na Diabetes

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O meu instrumento musical avariou!

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Instrumentos Musicais
O meu instrumento musical avariou!\"Rua
É inevitável que, mais cedo ou mais tarde, um instrumento musical precise de reparação.

Mesmo que conheçamos bem o nosso instrumento e o consigamos arranjar, na maioria das vezes é necessário um técnico para o fazer com a melhor das qualidades.

Eventualmente, nem será necessário existir um problema com o instrumento, poderá ser apenas uma questão de manutenção. 

No caso de uma guitarra, por exemplo, qualquer instrumentista é perfeitamente capaz de substituir uma corda partida e tirar da guitarra o mesmo som que ela tinha.

No entanto, existem reparações, seja uma amolgadela no tampo ou uma tarraxa arrancada, que convêm ser feitas por técnicos especializados.

Por norma, as próprias casas que vendem instrumentos musicais efectuam essas reparações ou são capazes de aconselhar técnicos para as fazer.

Mediante o instrumento musical em questão, a reparação ou manutenção poderá ser mais cara. É sempre mais fácil arranjar um técnico que repare um piano do que um que arranje oboés.

Apesar de ser normal cuidar do nosso instrumento musical regularmente, os percalços acontecem todos os dias. Para os contornar, há sempre alguém que nos poderá aconselhar melhor do que nós próprios.

Apesar de poder sair mais caro, temos também a certeza de que o nosso instrumento foi arranjado por especialistas no assunto.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:O meu instrumento musical avariou!

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • luiz fabiano 18-02-2012 às 15:48:28

    boa tarde amigos preciso de um cabo flex da lcd da camera g70 se aulguem tiver mande um email obrigado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios