Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Medicinas Alternativas

Medicinas Alternativas

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
Medicinas Alternativas

A acupunctura é originária da China e agora já é popular em quase todo o mundo?.Ela é baseada numa análise subtil das necessidades do ser humano, e os pacientes não são todos tratados da mesma maneira, mesmo que apresentem sintomas semelhantes. Isto significa que cada caso é um caso diferente a tratar , distinguindo-se da medicina tradicional , que receitam os mesmos remédios face aos mesmos sintomas, sem olhar à fraquezas próprias dos indivíduos. Deste modo, é de referir que a medicina chinesa trata o doente como um todo, e não sintomas fora de contexto. É evidente que a doença não é só uma patologia de um órgão isolado, mas sim consequência de tudo. E, os chineses não separam a mente do corpo. Os dois estão associados devem ser tratados harmoniosamente e não isolados. Se, a natureza do homem difere de pessoa para pessoa, as necessidades também diferem.

As terapias holísticas chinesas , utilizam ervas, massagens e outras terapias conhecidas desde a antiguidade. Em vez de produtos químicos, utiliza produtos naturais , provenientes de plantas, com propriedades curativas. Os médicos chineses, colocam o diagnóstico geral do doente, no âmago do tratamento e, ainda consideram que as doenças quer sejam crónicas ou não são o resultado das fraquezas próprias de cada indivíduo. Os tratamentos estão então dirigidos a estas fraquezas, o que resulta numa melhoria física e mental. Contrariamente, o efeito das drogas modernas, causam problemas secundários perniciosos.

Assim torna-se necessário tratar seres humanos e não doenças. Deve procurar-se a causa da desarmonia e tratá- lo como um todo.

Por exemplo, a acupunctura, é famosa por tratar a dor, mas ela trata todo o conjunto das doenças. Deste modo esta terapia pode inclusive curar doenças incuráveis. E, melhorar a vida do paciente. Por exemplo, as doenças graves orgânicas, tais como: problemas cardíacos, cancros, diabetes, nunca surgem de um dia para o outro, mas são já um estádio muito avançado da doença, ou seja o resultado de uma quebra no estado de saúde.

Deste modo, é de grande utilidade prevenir ou atacar a doenças desde início, pois eles são normalmente desequilíbrios energéticos de cada um.

Também de deve aumentar a resistência às doenças, ou seja fortalecer o sistema imunológico. Se a pessoa estiver forte é muito mais difícil dominar o organismo. O estado da água potável também é importante , para evitar certas doenças.

Considera-se que è de extrema importância fazer-se um exame médico de vez em quando para prevenir mais o ataque das doenças que se instala em organismos frágeis é crucial ainda fazer uma boa alimentação, regular o stress e a tensão.

Num mundo com uma tão vasta variedade de terapias , cabe a cada um escolher a que mais se adapta.


Teresa Maria Batista Gil

Título: Medicinas Alternativas

Autor: Teresa Maria Gil (todos os textos)

Visitas: 0

614 

Imagem por: Lars Plougmann

Comentários - Medicinas Alternativas

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O meu instrumento musical avariou!

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Instrumentos Musicais
O meu instrumento musical avariou!\"Rua
É inevitável que, mais cedo ou mais tarde, um instrumento musical precise de reparação.

Mesmo que conheçamos bem o nosso instrumento e o consigamos arranjar, na maioria das vezes é necessário um técnico para o fazer com a melhor das qualidades.

Eventualmente, nem será necessário existir um problema com o instrumento, poderá ser apenas uma questão de manutenção. 

No caso de uma guitarra, por exemplo, qualquer instrumentista é perfeitamente capaz de substituir uma corda partida e tirar da guitarra o mesmo som que ela tinha.

No entanto, existem reparações, seja uma amolgadela no tampo ou uma tarraxa arrancada, que convêm ser feitas por técnicos especializados.

Por norma, as próprias casas que vendem instrumentos musicais efectuam essas reparações ou são capazes de aconselhar técnicos para as fazer.

Mediante o instrumento musical em questão, a reparação ou manutenção poderá ser mais cara. É sempre mais fácil arranjar um técnico que repare um piano do que um que arranje oboés.

Apesar de ser normal cuidar do nosso instrumento musical regularmente, os percalços acontecem todos os dias. Para os contornar, há sempre alguém que nos poderá aconselhar melhor do que nós próprios.

Apesar de poder sair mais caro, temos também a certeza de que o nosso instrumento foi arranjado por especialistas no assunto.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:O meu instrumento musical avariou!

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: Lars Plougmann

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • luiz fabiano 18-02-2012 às 15:48:28

    boa tarde amigos preciso de um cabo flex da lcd da camera g70 se aulguem tiver mande um email obrigado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios