Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Música > Músicas dos anos 80

Músicas dos anos 80

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Música
Visitas: 2
Comentários: 1
Músicas dos anos 80

Eu vivi intensamente os anos 80 pois foi a época da minha adolescência e juventude e uma das coisas de que mais sinto falta são as músicas daquela época.

Foi a época da geração New Wave com seus cabelos coloridos e músicas dançantes.

Um dos maiores ícones dessa geração new wave era o grupo B52´s,uma banda americana que emplacou grandes sucessos nas paradas e danceterias de todo o mundo .

Músicas como "Private Idaho", "Legal Tender" e "Love Shack" agitaram as pistas e marcaram época.




A variedade de bandas e estilos musicais dos anos 80 era muito grande, no início dos anos 80 bandas como The Police, Duran Duran, Men at Work, Talking Heads, Tears for Fears entre outros, venderam milhões de discos e emplacaram grandes clássicos como Every Breath You Take( The Police), Save a Prayer ( Duran Duran), Down Under ( Men at Work), Pale Shelter ( Tears for Fears).

Foi a época da explosão do que viria a ser o rei do pop.

Com seu álbum "Thriller", Michael Jackson escreveu definitivamente seu nome entre as grandes lendas da música.

Impossível ficar indiferente a canções como "Billie Jean", "Beat it", "Thriller", dentre outras.

Milhares de adolescentes e crianças ao redor do mundo passaram a tentar imitar as danças e coreografia de Michael Jackson.

Já pra metade final dos anos 80, cantoras como Debbie Gibson, Tracy Chapman, Kylie Minogue emplacaram também seus hits nas paradas do mundo todo.

Outro ícone dos anos 80 foram as cantoras Madonna e Cindy Lauper, apesar de estilos diferentes havia uma certa comparação por parte das pessoas de quem seria a melhor.

Posso citar ainda inúmeros outros artistas que marcaram os anos 80 como A-ha, The Smiths, Depeche Mode, David Bowie, Erasure, Elton John, Phil Collins, e tantos outros que não caberiam citar nesse artigo.

Sem contar os grandes artistas nacionais da época como Titãs, Legião Urbana, Para Lamas do Sucesso, Roupa Nova, Guilherme Arantes, e muitos outros.

É com muito saudosismo e nostalgia que relembro essa época, onde havia mais romantismo no ar, as pessoas pareciam mais humanas, havia muita paquera, sem a tecnologia de hoje em dia mas com certeza éramos muito mais felizes e claro, as músicas eram muito melhores que os funks e sertanejos de hoje.

Volta anos 80!!!!!!


Nilson Empreendedor

Título: Músicas dos anos 80

Autor: Nilson Empreendedor (todos os textos)

Visitas: 2

675 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • SophiaSophia

    13-05-2014 às 20:34:14

    Também gostaria muito que a música dos anos 80 voltasse, mas que voltasse ainda melhor. Atualmente, as músicas estão tão pobres de estilos, sem identidade.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - Músicas dos anos 80

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios