Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Tratar prurido da hera venenosa

Tratar prurido da hera venenosa

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
Visitas: 2
Tratar prurido da hera venenosa

Se tocar em hera venenosa, precisará fazer qualquer coisa para se livrar do prurido. Esta planta contém uma seiva oleosa chamada urushiol que produz uma erupção cutânea irritante. Todas as partes da planta (folhas, caules e raízes) podem ser transferidos para objetos e, em seguida, sobre a pele, e pode até mesmo ser inaladas se as plantas forem queimadas.
Se sabe que foi exposto ao efeito da hera venenosa, deixe-se ficar no exterior. Evite ir para dentro de casa para que possa impedir a propagação da urushiol.

Limpe a pele imediatamente. Se você fizer isso dentro de 10 minutos após a exposição, você pode ser capaz de eliminar o urushiol antes que penetre na sua pele. Limpe a pele com álcool em primeiro lugar e, em seguida, enxague com água fria.

Não esfregue ou use água quente sobre a pele. Isso pode irritar mais o urushiol nos seus poros. Não use sabão até que tenha lavado a sua pele apenas com água. O sabão pode absorver o urushiol e espalhá-lo para outras partes do seu corpo.

Não chegue perto de plantas que contenham urushiol, pois o álcool vai provocar na sua pele uma vulnerabilidade extra.

Não se esqueça de limpar bem sob as unhas, pois pode ter arranhado algum urushiol e involuntariamente espalhá-lo por objetos ou pela sua pele.

Uma vez que o urushiol é uma resina oleosa, que se liga às proteínas da pele, após este processo estar completo, é quase impossível de remover.

Reconheça bem os sintomas. Se você não conseguiu eliminar o urushiol a tempo, uma reação alérgica pode seguir-se dentro de 48 horas. Primeiro, a sua pele fica vermelha e irritada. Em seguida, uma erupção geralmente soba forma de listas. Eventualmente, a erupção transforma-se em grandes bolhas avermelhadas. A erupção aparece nas partes do corpo que entraram em contacto com urushiol. Pode demorar mais tempo para a erupção aparecer em partes do corpo onde a pele é mais espessa. Ela não se espalha, no entanto, porque não há urushiol nas bolhas. Uma vez que o urushiol foi eliminado, a erupção também será.

Pare de se coçar! Mesmo que a erupção não seja contagiosa, é melhor não coçar para não danificar a pele, ou então correrá o risco de ter uma infeção de germes.

Lavebem as roupas e qualquer outra coisa que possa ter entrado em contacto com esta planta venenosa (ferramentas de jardinagem, animais, equipamentos desportivos e lençóis são apenas alguns exemplos). Não subestime o poder da urushiol, que pode permanecer ativo por mais de um ano.

Refresque-se. Tome banhos frios ou chuveiros, aplique compressas frias e/ou massage a área afetada com um cubo de gelo. A sensação de resfriamento vai proporcionar um alívio temporário.

Seque bem a área afetada ao ar, pois isso reduz a coceira e a propagação de bolhas.
Algo precisa ser feito para aliviar o prurido. Alguns dos seguintes produtos podem ajudar a aliviar a coceira e a irritação da hera venenosa:

Tome anti-histamínicos. Eles podem ser tomados oralmente ou aplicados topicamente, ou ambos. Infelizmente, esse tipo de produtos só trata os sintomas da comichão, mas não ajudam a curar as erupções mais rapidamente. Os anti-histamínicos, em geral, oferecem apenas um alívio suave dos sintomas da hera venenosa, mas se tomados antes de deitar, a sua combinação de efeitos anti-alérgicos e indução de sonolência poderão ajudá-lo a descansar um pouco.

Tente usar um creme de hidrocortisona. No entanto, algumas pessoas acham que o creme de hidrocortisona torna os sintomas piores a longo prazo. Embora os ingredientes fiquem a fazer efeito durante várias horas, estes cremes tendem a hidratar a pele no momento em que a secagem proporciona alívio mais duradouro.

Tome um banho e lave a área infectada. Use um sabonete de próprio, esfregando as bolhas com grande força, libertando o urushiol da sua pele. Depois, use um secador de cabelo e seque a área infectada o melhor que puder. Nesta fase pode haver alguns fluidos corporais, apenas limpe-os e aplique um creme que seque na sua pele e a resseque de forma eficaz de modo a remover a hera venenosa completamente. Certifique-se de que repete esse processo numa base diária, 1-2 vezes ao dia.


Ruben Duarte

Título: Tratar prurido da hera venenosa

Autor: Ruben Duarte (todos os textos)

Visitas: 2

701 

Comentários - Tratar prurido da hera venenosa

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O que é uma Open House?

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Imóveis Venda
O que é uma Open House?\"Rua
Este é um tema que vem pôr muito a lindo o trabalho de alguns mediadores imobiliários e do seu trabalho.

Quando temos um imóvel para vender, muitos são os métodos a utilizar e os meios que nos levam até eles para termos o nosso objetivo cumprido – A venda da Casa.
Quando entregamos o nosso imóvel para que uma mediadora o comercialize, alguns aspetos têm de ser tidos em conta, como a legalidade da empresa e quem será a pessoa responsável pela divulgação da sua casa, mas a ansia de vermos o negócio concretizado é tanta, que muitas vezes nos escapa a forma como fazem a referida divulgação e publicidade do imóvel.

Entre anúncios na internet e as conhecidas folhas nas montras dos estabelecimentos autorizados, muitas mediadoras optam por fazer uma ação que está agora muito em voga que é uma Open House. Mas afinal, o que é isto de nome estrangeiro que tanto se vê pelas ruas e em folhetos de anúncio?

Ora bem, a designação em Português é muito simples – Casa Aberta. E na realidade, uma Open House é isso mesmo. Abrir uma Casa para que todos a possam ver. NO entanto, requerem-se alguns aspetos que as mediadoras normalmente preveem, mas que é fundamental que o proprietário do imóvel também tenha consciência e conhecimento.

Por norma as imobiliárias só fazem este tipo de intervenção e ação em imóveis que têm como exclusivo, isto é, quando é uma só determinada mediadora, a autorizada a poder comercializar o imóvel.

Em segundo lugar, este tipo de ação de destaque requer à mediadora custos com tempo, recursos humanos e financeiros.
A mediadora começa por marcar um dia próprio que por norma é datado para um feriado ou fim de semana. Faz então publicidade local através de folhetos e flyres anunciando a Open House, o dia e a hora, tal como o local. Muito provavelmente serão tiradas fotografias ao seu imóvel.

Através de redes sociais também poderão ser divulgadas as ações.
No dia da Open House, o local será indicado com publicidade da sua casa e da imobiliária e começarão a aparecer visitas ao imóvel.

Sugiro que não tenha mobiliário e muito menos valores em casa. O ideal será o imóvel estar desocupado de todos e quaisquer bens, por uma questão de segurança, mas também porque as áreas parecerão maiores e isso com toda a certeza ajuda à venda.

A imobiliária será responsável pela limpeza e trato do imóvel, pelo que se ocorrerem danos, serão eles os responsáveis.
Neste tipo de ações, é normal que a concorrência das imobiliárias apareça e faça parcerias que para si só trará vantagens.

Uma Open House pode não ser uma ação de destaque em Portugal, mas por exemplo nos Estados Unidos, é o normal e mais agradável. Os clientes não se sentem pressionados como numa visita normal e os negócios concretizam-se com muito mais rapidez e naturalidade.

Pesquisar mais textos:

Carla Horta

Título:O que é uma Open House?

Autor:Carla Horta(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios