Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Segurança > Boas práticas de cidadania rodoviária

Boas práticas de cidadania rodoviária

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Segurança
Comentários: 1
Boas práticas de cidadania rodoviária

A quantidade de acidentes rodoviários continua a ser preocupante, cabendo a cada um de nós ter o cuidado de fazer uso de regras de cidadania na estrada, quer seja condutor ou peão.

O objetivo da prevenção rodoviária é implementar medidas preventivas de segurança, nomeadamente na área educacional. Neste sentido, reveste particular atenção aos peões que transitam pelas ruas,desde crianças a adultos. É pois importante os peões deslocarem-se pelos passeios, passadeiras a eles destinadas, ou em caso de ausência destas, pelas bermas. Os peões que porventura transitem pela faixa de rodagem devem fazê-lo em fila do lado esquerdo, de frente para o trânsito. É necessário tomar precauções quando se atravessa a faixa de rodagem.

Deste modo deve olhar-se para a esquerda e direita, e atravessar depois de se certificar de que não Vem nenhum carro; esperar que passem todos os veículos que transitam próximo do local; respeitar os semáforos; não usar telemóvel e leitor de música. Esta é uma grande inimiga da segurança porque provoca distração. À saída dos transportes públicos é necessário esperar que os mesmos arranquem e, só depois se deve efetuar a travessia pela faixa de rodagem.

Ao passearmos com crianças, os cuidados devem ser redobrados e assegurar-se se elas transitam do lado da berma ou do passeio. Durante a noite os peões devem evitar usar roupas escuras. Ao invés devem utilizar refletores na roupa, para que sejam mais facilmente identificados pelos condutores dos veículos. Por outro lado os condutores não devem conduzir sob o efeito do álcool porque o seu comportamento altera, perde os reflexos, a perceção e a visão. Deve pois ter a máxima atenção nos peões, reduzir a velocidade, deixá-los passar e parar.

Ao conduzir deve evitar cometer erros e agir de forma a prevenir os riscos, estar atento à sinalização, olhar pelos espelhos e circular pela direita. Manter a distância do veículo que circula à frente é outra regra e em caso de paragem súbita deve diminuir sempre a velocidade. Estas distrações pode fazer a diferença entre a vida e a morte quer do condutor ou dos peões.


Teresa Maria Batista Gil

Título: Boas práticas de cidadania rodoviária

Autor: Teresa Maria Gil (todos os textos)

Visitas: 0

655 

Imagem por: Alan Stanton

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • SophiaSophia

    29-05-2014 às 05:41:57

    As boas práticas na direção são fundamentais.O povo continua mal educado e no trânsito é muito pior.Deve haver mais cidadania e se for o cado- punição para quem não as segue!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - Boas práticas de cidadania rodoviária

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como fazer disfarces de Carnaval

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Vestuário
Como fazer disfarces de Carnaval\"Rua
O ano começa e depressa chega uma data muito ansiada principalmente pelos mais jovens: o desejado Carnaval!

Esta é uma data que os pequenos adoram e deliram com as fantasias. O problema maior é a despesa que os disfarces representam e no ano seguinte já não usarão o mesmo disfarce ou, no caso dos mais pequenos, já não lhes serve.
O melhor nesta data é mesmo reciclar e aprender a fazer disfarces caseiros utilizando truques mais económicos e materiais reciclados para preparar as fantasias dos pequenitos!

Uma sugestão para os meninos é o traje de pirata que pode facilmente ser criado a partir de peças que tenha em casa. Procure uma camisa de tamanho grande e, de preferência, de cor branca com folhos. Se não tiver uma camisa com estas características facilmente encontrará um modelo destes no guarda-vestidos de alguma familiar, talvez da avó.

Precisará de um colete preto. Na falta do colete pode utilizar um casaco preto que esteja curto, rasgue as mangas pelas costuras dos ombros. As calças devem ser velhas e pretas para poderem ser cortadas na zona das pernas para envelhecer a peça. Coloque um lenço preto ou vermelho na cabeça do menino e, de seguida, com um elástico preto e um pouco de velcro tape um dos olhos.

Para as meninas não faltam ideias originais para fazer disfarces bonitos e especiais para este dia. Uma ideia original é a fantasia de Flinstone. É muito fácil e prática de fazer e fica um disfarce muito bonito. Comece por arranjar um pedaço de tecido branco. Coloque o tecido em volta do corpo como uma toalha de banho e depois amarre num dos braços fazendo uma alça. Depois corte as pontas em ziguezague mantendo um lado mais comprido que o outro. Amarre o cabelo da menina todo no cimo da cabeça, como se estivesse a fazer um rabo-de-cavalo mas alteie-o mais. Com o auxílio de um pente frise o cabelo, pegando nas pontas e passando o pente em sentido contrário até que fique todo despenteado. Numa loja de disfarces compre um osso de plástico e prenda na fita da criança.

Pegue nos materiais, puxe pela imaginação e ponha mãos ao trabalho!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Como fazer disfarces de Carnaval

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: Alan Stanton

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    09-06-2014 às 04:01:21

    Não em carnaval, mas em bailes de fantasia, sempre usei o TNT. Eles são ótimos para trabalhar o corte, para costurar e deixa bem bonito!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios