Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > Panqueca de Carne

Panqueca de Carne

Categoria: Alimentação
Visitas: 2
Panqueca de Carne

Recheio:

• 300 g de carne moída
• 2 colheres (sopa) de cebola picadinha ou ralada
• ½ tomate cortado em cubos
• ½ lata de extrato de tomate
• 1 caixinha de creme de leite
• Sal a gosto
• 400g de mussarela fatiado
• Queijo ralado a gosto
Massa:

• 1 e ½ xícara (chá) de farinha de trigo
• 1 xícara (chá) de leite
• 1 ovos
• 2 colheres (sopa) de óleo
• Sal a gosto

MODO DE PREPARO

Massa:

Bata no liquidificador: os ovos, o leite o e óleo, e acrescente aos poucos a farinha de trigo
Após colocar toda a farinha de trigo coloque sal a seu gosto.
A massa deve ficar cremosa não muito grossa.
Com um papel toalha espalhe óleo por toda a frigideira, faça isso toda vez que a panqueca começar a grudar na frigideira.
Se tiver uma frigideira antiaderente melhor
Pegue uma concha (essas conchas de servir feijão) ela vai servir como medida
Cada concha vai equivaler a uma panqueca
Despeje no meio da frigideira e vá girando, espalhando a massa de uma forma uniforme por todo o fundo da frigideira
Você irá reparar que as bordas da massa irão se soltando, quando toda a massa se soltar da panela está no ponto de virar
Cuidado para que a massa não fique grossa
Quanto mais fina melhor

Recheio:
Doure a cebola com o óleo e depois acrescente a carne
Deixa a carne dar uma fritadinha
A carne soltara água, quando isso acontecer, tampe a panela e deixa cozinhar ate que a água diminua
Acrescente então o tomate picadinho e tampe novamente, deixe mais alguns minutos e depois mexa um pouco
Mantenha sempre o fogo em temperatura media
Adicione o extrato de tomate e seus temperos
Você pode usar os temperos que preferir
Deixe então cozinhar por mais ou menos uns 10 minutos mexendo de vez em quando
Quando você perceber que o molho estiver engrossando desligue e deixe esfriar um pouco
Importante lembrar que não pode acrescentar o creme de leite com o molho muito quente pois pode qualhar o creme de leite e estragar todo o molho, por isso é necessário que esfrie um pouco
Após esfriar o molho acrescente o creme de leite e misture bem
Quando estiver bem homogêneo leve novamente ao fogo e deixe cozinhar em fogo baixo por mais uns 5 minutos
O molho ficará meio fino, com impressão que tem muita água, mas é assim mesmo que deve ficar
Depois você vai perceber porque que tem que ficar assim

Preparo:
Monte as panquecas com uma fatia de queijo e uma porção de carne
Isso deve ser feito com todas as panquecas
Jogue um pouco de molho no fundo de uma assadeira para untar
Coloque as panquecas já prontas a assadeira e despeje sobre elas o resto do molho
Polvilhe sobre as panquecas queijo ralado
Leve ao forno pra gratinar em fogo médio até ferver o molho e derreter o queijo.
Nessa etapa de gratinar , a massa vai absorver o molho e vai ficar ainda mais gostosa
Por esse motivo o molho não pode ficar muito grosso, por que se ficar a massa irá absorver todo o molho e ao servir vai ficar com um aspecto de seco
Informações Adicionais
Você pode utilizar essa massa para fazer panquecas doces, é só substituir o sal pelo açúcar, e você pode também usar outros tipos de recheio ex: frango, presunto ,calabresa etc...


Beatriz Silva

Título: Panqueca de Carne

Autor: Beatriz Silva (todos os textos)

Visitas: 2

609 

Comentários - Panqueca de Carne

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O meu instrumento musical avariou!

Ler próximo texto...

Tema: Instrumentos Musicais
O meu instrumento musical avariou!\"Rua
É inevitável que, mais cedo ou mais tarde, um instrumento musical precise de reparação.

Mesmo que conheçamos bem o nosso instrumento e o consigamos arranjar, na maioria das vezes é necessário um técnico para o fazer com a melhor das qualidades.

Eventualmente, nem será necessário existir um problema com o instrumento, poderá ser apenas uma questão de manutenção. 

No caso de uma guitarra, por exemplo, qualquer instrumentista é perfeitamente capaz de substituir uma corda partida e tirar da guitarra o mesmo som que ela tinha.

No entanto, existem reparações, seja uma amolgadela no tampo ou uma tarraxa arrancada, que convêm ser feitas por técnicos especializados.

Por norma, as próprias casas que vendem instrumentos musicais efectuam essas reparações ou são capazes de aconselhar técnicos para as fazer.

Mediante o instrumento musical em questão, a reparação ou manutenção poderá ser mais cara. É sempre mais fácil arranjar um técnico que repare um piano do que um que arranje oboés.

Apesar de ser normal cuidar do nosso instrumento musical regularmente, os percalços acontecem todos os dias. Para os contornar, há sempre alguém que nos poderá aconselhar melhor do que nós próprios.

Apesar de poder sair mais caro, temos também a certeza de que o nosso instrumento foi arranjado por especialistas no assunto.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:O meu instrumento musical avariou!

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • luiz fabiano 18-02-2012 às 15:48:28

    boa tarde amigos preciso de um cabo flex da lcd da camera g70 se aulguem tiver mande um email obrigado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios