Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > Grãos e cereais

Grãos e cereais

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Alimentação
Visitas: 18
Comentários: 2
Grãos e cereais

São pequenos alimentos que produzem um grande efeito e benéfico no nosso organismo. Os grãos e os cereais estão presentes nas nossas refeições diariamente. Elas saciam a nossa fome e fornecem a energia que tanto precisamos durante o dia. São ótimas fontes de fibras e outras variedades de nutrientes, mas devem ser consumidas acompanhadas de outros alimentos, como legumes e carnes magras, para que a refeição se torne mais completa e benéfica para o corpo.

As saborosas castanhas que costumamos consumir muito na época das festas de finas de ano fazem parte do grupo das aleaginosas, são ricas em gorduras poli-insaturadas e protegem o coração, além de combater o colesterol ruim. Os nutricionistas recomendam apenas duas unidades das aleaginosas por dia, pois elas são hipercalóricas. Se consumidas em excesso pode aumentar muito a ingestão calórica diária, comprometendo a manutenção de peso do individuo.

Nas refeições principais, combine os grãos, cereais, legumes, verdura e carne. E deixe as aleaginosas para um lanchinho rápido à tarde. O arroz é carboidrato que sacia a fome e da energia. O arroz polido (branco) é o mais comum no Brasil representa cerca de 80% do consumo total. Ele não é muito nutritivo, por isso precisa ser acompanhado de alimentos ricos em vitaminas e minerais, como os legumes. O arroz integral é rico é vitamina E, e do complexo B. assim como o arroz branco, possui fósforo magnésio, ferro e zinco. Grande parte de seu peso é composto por carboidratos e por isso é bastante energético. É ótimo para saciar a fome, ele libera energia aos poucos no nosso organismo.

O arroz é recomendado em casos de diarréia e pressão alta. Existem vários tipos de arroz como o integral, que possuía película que dá a cor escura aos grãos e que também é responsável por conserva os nutrientes. É rico em fibras o arroz polido, é o arroz branco, que é o mais comum na mesa dos brasileiros. Os grãos são polidos por meio de atrito em máquinas e por isso perde grade quantidade das propriedades nutritivas. O arroz parboilizado, são grãos com cascas, são aquecidos em água e depois descascados. Não há grande perda de nutrientes como no arroz polido.

O amendoim renova a pele e beleza dos cabelos é uma das aleaginosas mais populares, são consumidos crus, tostada e principalmente em doces como pé de moleque e paçoca. Somos acostumados com o amendoim desde crianças, o que é bom, pois ele é um alimento extremamente nutritivo, possuem carboidratos, proteínas, gordura, vitaminas e minerais. Por ser muito calórico, deve ser consumido com moderação. Uma colher de sopa cheia por dia já é o suficiente para proporcionar ao nosso organismo grande parte dos nutrientes que ele necessita. Entre todas as aleaginosas, é o amendoim que oferece maior quantidade de proteínas. Suas gorduras são constituídas de ácidos graxos, ótimos para a renovação da pele, espantam as rugas e é fontes de energia par o coração.


Waldiney Melo

Título: Grãos e cereais

Autor: Waldiney (todos os textos)

Visitas: 18

781 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • julia juliao

    03-03-2013 às 05:08:21

    gostei muito era mesmo o que eu precisava saber , isso vai mudar a minha rotina

    ¬ Responder
  • JULIANAJULIANA

    28-10-2009 às 17:10:31

    Muito bom...Era o que eu precisava..

    ¬ Responder

Comentários - Grãos e cereais

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Informática
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?\"Rua
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Bom, Não é de hoje que tecnologia vem surpreendendo a todos nós com grandes revoluções e os custos que diminuem cada vez mais.
Hoje em dia é comum ver crianças com smarthphones com tecnologia que a 10 anos atrás nem o celular mais moderno e caro do mercado tinha.
Com isso surgiram sugiram vários profetas da tecnologia e visionários, tentando prever qual será o próximo passo.

E os filmes retratam bem esse tema e usam essa formula que atrai a curiosidade das pessoas.
Exemplos:

Minority report - A nova lei de 2002 (Imagem)

Transcendence de 2014

Em Transcendence um tema mais conspiratório, onde um ser humano transcende a uma consciência artificial e assim se torna imortal e com infinita capacidade de aprendizagem.
Vale a pena ver tanto um quanto o outro filme. Algumas tecnologias de Minority Report, como utilizar computadores com as mãos (caso do kinect do Xbox 360 e One) e carros dirigidos automaticamente, já parecem bem mais próximo do que as tecnologias vistas em Transcendence, pois o foco principal do mesmo ainda é um tema que a humanidade engatinha, que é o cérebro humano, a máquina mais complexa conhecida até o momento.

Eu particularmente, acredito que em alguns anos teremos realmente, carros pilotados automaticamente, devido ao investimento de gigantes como o Google e o Baidu nessa tecnologia.

Também acho que o inicio da colonização de Marte, vai trazer grandes conquistas para humanidade, porém grandes desafios, desafios esses que vão nos obrigar a evoluir rapidamente nossa tecnologia e nossa forma de encarar a exploração espacial, não como um gasto, mas sim como um investimento necessário a toda humanidade e a perpetuação da sua existência.

A única salvação verdadeira para humanidade e para o planeta terra, é que seja possível o ser humano habitar outros planetas, seja localizando planetas parecidos com a terra ou mudando planetas sem condições para a vida em planetas habitáveis e isso só será possível com gente morando nesses planetas, como será o caso do Marte. O ser humano com a sua engenhosidade, aprendeu a mudar o ambiente a sua volta e assim deixou de ser nômade e da mesma forma teremos que aprender a mudar os mundos, sistemas, galáxias e o universo a nossa volta.

Espero que tenham gostado do meu primeiro texto.
Obrigado à todos!
Até a Próxima!


Pesquisar mais textos:

Érico da Silva Kaercher

Título:Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Autor:Érico da Kaercher(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios