Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > Não resista aos frutos secos!

Não resista aos frutos secos!

Categoria: Alimentação
Visitas: 8
Não resista aos frutos secos!

Os frutos secos são, em geral, bastante apreciados. Embora com tradição em alguns períodos específicos do ano, nomeadamente o Natal e a Páscoa, aconselham os especialistas que se vão sendo consumidos com alguma regularidade, dadas as suas características nutritivas e benéficas para o organismo.

Não obstante o inegável carácter salutar destes alimentos, há que não esquecer a sua componente oleaginosa, cujo excesso será prejudicial, tanto à saúde como à linha. Trincados sozinhos ou em cocktail, quiçá acompanhando um aperitivo ou um refrescante sumo natural, os frutos secos integram, também, na perfeição alguns pratos, conferindo-lhes um toque de requinte e um paladar especial.

As castanhas, por exemplo, ficam muito bem com carne estufada ou assada no forno, tornando o molho mais aveludado e forte. Possuem uma quantidade residual de gordura e são deveras ricas em vitaminas B e C.

O caju, que combina com pimentão, caril, cordeiro e truta, contém doses elevadas de magnésio, que contribui para o fortalecimento da medula óssea, e ferro (em proporção similar ao arroz).

As nozes, cujas cascas podem ser aproveitadas em belíssimos trabalhos manuais, que se costumam ver juntas com figos e queijo, fornecem ómega 3, que combate a hipertensão arterial e o colesterol. São, igualmente, uma fonte de cálcio, em porção idêntica à do queijo fresco.

As amêndoas, por incrível que pareça, contêm mais cálcio e proteínas por grama do que os ovos. São ideais com maçãs, pêras, gelados e peixe azul.

Os pinhões, apesar de férteis em proteínas e magnésio, e de se harmonizarem com porco, cordeiro, espinafres e alfavaca, devem ser ingeridos de forma comedida, por se tratar de uma semente extremamente rica em lípidos.

Os pistachos são os mais abundantes em fibras, assim como em potássio, proteínas e ferro. Combinam soberbamente com truta, cordeiro, citrinos, damascos, figos, mel e menta.

Os amendoins, porventura mais baratos e usuais, apresentam altos índices de gorduras mono-insaturadas, protectoras do coração, sais minerais (potássio, ferro, enxofre e iodo) e vitaminas do complexo B. São excelentes com diversos sabores de diferentes naturezas, tais como frango, porco, bananas, …

As avelãs, abonadas em cálcio, ácido fólico e vitamina E, e que caem esplendidamente com maçãs, cogumelos e framboesas, ajudam a prevenir o colesterol HDL.

As nozes macadâmias, quando não guarnecidas de gelado (!), contêm poucos hidratos de carbono e níveis consideráveis de gorduras mono-insaturadas. Ameixas, gengibre, limão e chocolate podem constituir opções de ligação.

Os figos secos apresentam um valor calórico muitíssimo superior ao dos frescos. Fornecem potássio, ferro, magnésio e cálcio. As suas fibras solúveis auxiliam na redução do colesterol em circulação, evitando, de igual modo, a prisão de ventre e outras complicações intestinais. Apesar das propriedades laxantes, não devem ser comidos com muita frequência, por causa das cáries dentárias, motivadas pela abastança de açúcar que encerram. Atenção, igualmente, ao bolor, que criam com tremenda facilidade, susceptível de albergar toxinas cancerígenas!



Maria Bijóias

Título: Não resista aos frutos secos!

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 8

704 

Comentários - Não resista aos frutos secos!

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como fazer disfarces de Carnaval

Ler próximo texto...

Tema: Vestuário
Como fazer disfarces de Carnaval\"Rua
O ano começa e depressa chega uma data muito ansiada principalmente pelos mais jovens: o desejado Carnaval!

Esta é uma data que os pequenos adoram e deliram com as fantasias. O problema maior é a despesa que os disfarces representam e no ano seguinte já não usarão o mesmo disfarce ou, no caso dos mais pequenos, já não lhes serve.
O melhor nesta data é mesmo reciclar e aprender a fazer disfarces caseiros utilizando truques mais económicos e materiais reciclados para preparar as fantasias dos pequenitos!

Uma sugestão para os meninos é o traje de pirata que pode facilmente ser criado a partir de peças que tenha em casa. Procure uma camisa de tamanho grande e, de preferência, de cor branca com folhos. Se não tiver uma camisa com estas características facilmente encontrará um modelo destes no guarda-vestidos de alguma familiar, talvez da avó.

Precisará de um colete preto. Na falta do colete pode utilizar um casaco preto que esteja curto, rasgue as mangas pelas costuras dos ombros. As calças devem ser velhas e pretas para poderem ser cortadas na zona das pernas para envelhecer a peça. Coloque um lenço preto ou vermelho na cabeça do menino e, de seguida, com um elástico preto e um pouco de velcro tape um dos olhos.

Para as meninas não faltam ideias originais para fazer disfarces bonitos e especiais para este dia. Uma ideia original é a fantasia de Flinstone. É muito fácil e prática de fazer e fica um disfarce muito bonito. Comece por arranjar um pedaço de tecido branco. Coloque o tecido em volta do corpo como uma toalha de banho e depois amarre num dos braços fazendo uma alça. Depois corte as pontas em ziguezague mantendo um lado mais comprido que o outro. Amarre o cabelo da menina todo no cimo da cabeça, como se estivesse a fazer um rabo-de-cavalo mas alteie-o mais. Com o auxílio de um pente frise o cabelo, pegando nas pontas e passando o pente em sentido contrário até que fique todo despenteado. Numa loja de disfarces compre um osso de plástico e prenda na fita da criança.

Pegue nos materiais, puxe pela imaginação e ponha mãos ao trabalho!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Como fazer disfarces de Carnaval

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    09-06-2014 às 04:01:21

    Não em carnaval, mas em bailes de fantasia, sempre usei o TNT. Eles são ótimos para trabalhar o corte, para costurar e deixa bem bonito!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios