Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > Alimentos que ajudam a memória

Alimentos que ajudam a memória

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Alimentação
Visitas: 4
Comentários: 11
Alimentos que ajudam a memória

À famosa expressão «comer com os olhos», podia acrescentar-se outra não menos verdadeira: «O cérebro também come». Efetivamente, aquilo que se ingere afeta diretamente o desempenho cerebral. Está cientificamente comprovado que os nutrientes adequados estimulam a inteligência, melhoram o humor, favorecem a estabilidade emocional, aguçam a memória, fortalecem a concentração, facilitam o raciocínio e… contribuem para manter a mente jovem.

Pensar é um processo químico. Os neurónios comunicam entre si através de sinapses, com intervenção de mensageiros – os neurotransmissores. Estes são constituídos por aminoácidos, substâncias existentes nas proteínas, isto é, em alimentos como a carne, o peixe e os laticínios. Os sais minerais e as vitaminas são necessários para que os aminoácidos se transformem em neurotransmissores. Os principais mensageiros do cérebro são três: a acetilcolina, a dopamina e a serotonina. A acetilcolina é a que punge os neurónios, estando relacionada com a capacidade de memória, mas igualmente implicada nos movimentos voluntários dos músculos e na inibição comportamental. É fornecida pelos amendoins, vegetais como os brócolos e a couve-flor, gema de ovo, carne, peixe e queijo.

As gorduras também funcionam como mensageiros, regulando o sistema imunitário, a circulação sanguínea, os processos inflamatórios e o humor. De todas as gorduras, os ácidos gordos ómega 3 são os essenciais à prestação do cérebro. A sua carência pode conduzir a depressões, perda de memória, dificuldades de aprendizagem, hiperatividade com défice de atenção e outros problemas a nível mental. O DHA, talvez o mais conhecido dos ácidos gordos, é produzido pelo organismo, encontrando-se, de igual modo, no leite materno e nos peixes gordos (salmão, sardinha, cavala, atum, bacalhau, …). O ALA, outro ácido gordo, não existe naturalmente no organismo, sendo necessário obtê-lo a partir, sobretudo, de óleos vegetais, como o de girassol ou de soja.

A saúde cerebral inclui ainda o consumo de proteínas (presentes na carne, peixe, queijo, etc.), usadas para fabricar neurotransmissores, que influenciam o desempenho mental, e hidratos de carbono (fruta, vegetais, cereais), cujos efeitos se refletem positivamente no humor e bem-estar, uma vez que interagem com a serotonina.

De salientar que o cérebro também precisa de andar bem irrigado. É a água que transporta os nutrientes e elimina as toxinas. E, à semelhança de qualquer outro órgão, o cérebro tem de estar hidratado. Do seu grau de hidratação depende o estado de alerta mental e de concentração. Dois litros de água por dia (oito copos) é a quantidade recomendada.

Em suma, para lograr uma memória de elefante, há que incluir na alimentação peixes gordos (que possuem ómega 3), ovos (especialmente a gema – vitaminas do complexo B), frutos e vegetais amarelos (como o pêssego e a cenoura – vitaminas A, C e E, zinco e selénio), frutos vermelhos e vegetais verdes (antioxidantes), cereais integrais e leguminosas (ácido fólico, vitamina B6 e hidratos de carbono), azeite (rico em gorduras mono-insaturadas e vitamina E), carne e queijo (proteínas) e água em abundância.


Maria Bijóias

Título: Alimentos que ajudam a memória

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 4

772 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 11 )    recentes

  • SophiaSophia

    15-06-2014 às 03:48:44

    Fantástico texto! Tenho buscado comer todos esses alimentos e bebido muita água, como resultado: tenho me sentido mais dinâmica, com maior energia e sentindo-me muito bem. Realmente, o que comemos afeta nossa saúde e bem-estar!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • Ray Paz

    25-09-2013 às 21:13:32

    Gostei muito dessa pagina me ajudou muito nessa semana de prova...

    ¬ Responder
  • Daniela VicenteDaniela Vicente

    14-09-2012 às 16:06:54

    para quem estuda e não só é muito importante ter uma memória de elefante. nunca procurei ingerir alimentos com benefícios para a memória, mas com o passar da idade é sempre importante dar uma ajuda ao cérebro. ao ler o seu texto já sei porque tenho uma óptima memória. eu como quase todos os alimentos que fala: queije, carne, peixe, brócolos, fruta, cereais, etc. gostei muito seu texto. parabéns.

    ¬ Responder
  • Adriana SantosAdriana dos Santos da Silva

    14-09-2012 às 15:26:01

    A memória boa é essencial em nossa vida diária. Ela ajuda em nossas atividades, no trabalho, em nossos relacionamentos, algo fundamental para que tenhamos sucesso em todas as áreas de nossa vida. Alimentos que colaboram com o aumento da memória, principalmente quando se chega a uma certa idade, é fundamental. Muito boa sua lista de alimentos onde mostra quais alimentos nos ajudam a esse fator. O ômega 3 é sem igual, é rico em benefícios.

    ¬ Responder
  • hellenhellen

    12-06-2012 às 23:07:04

    venho um trabalho da escola sobre alimentação pra mim fazer e este site está me ajudando muito!!! OBRIGADA!

    ¬ Responder
  • Josealmeidacamila

    16-12-2011 às 02:47:35

    @Gizely
    estou passando pela mesma situação que vc gisele,acredito que deve haver algum fator inibidor do raciocinio,no meu caso é diferente porque consigo estudar,me dedico pra valer,mais não consigo passar essas informações na hora da prova,ou em apresentações de seminario.Eu não sei o que esta acontecendo,ou é um erro psicologico meu,ou sou burra de verdade,estou buscando ajuda em varios sites pra obter uma melhor alimentação,o sono tambem é um fator que me prejudica,ou falta algo pra me preencher por completo e que me faça me dedicar de verdade.Explicaçoes como não gostar do curso não são validas,pq sou apaixonada,acho que pode ser algo do psicologico,não seei,estou perdida,desanimada e me sentindo muiiiito burra!

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoGizely

    15-11-2010 às 16:33:46

    Olá, meu nome é Gizely, tenho 21 anos e estou com problemas na faculdade, tem 1 anoe e meio que estou pagando dependencias de matérias por não conseguir estudar. Eu começo a estudar me dá sono e eu começo a me perder. Não consigo me concentrar em nada, começoa prestar atenção e quando eu penso que não já estou longe. Estou com notas baixas por não conseguir prestar atenção e memorizar as informações necessárias. Fico nevosa na hora das provas por nao conseguir lembrar da matéria que momentos antes da prova estava na ponta da lingua.
    Desde já, agradeço a atenção!!!!

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoGuilherme

    26-04-2010 às 17:54:13

    @matheus villares
    mateus voce deve falar com os seus pais e explicar o que se está passando..
    Se voce se perde facilmente no raciocinio e isto antigamente não acontecia, é porque algo pode estar acontecendo, por exemplo voce pode estar precisando de tomar algumas vitaminas.
    Fale com os seus pais e com certeza que eles o levaram a um médico para ver se está tudo bem.
    Mas não stress, voce pode andar cansado ou algo do genero.OK?!

    ¬ Responder
  • matheus villaresmatheus villares

    26-04-2010 às 17:24:36

    Olá o meu nome é matheus villares e tenho 14 anos, e esses dias eu percebi que eu estou perdendo o meu raciocinio, sabe, é que quando eu estou na escola, e o professor me fala algo eu não entendo imediantamente, e antigament quando tinha uns 10 anos isso não acontecia, e eu estou recorrendo a voces para me ajudarem, eu preciso da minha inteligencia de volta, digo o meu raciocinio rapido, e euq quero, preciso isso devolta, eu gostaria de saber se algum tipo de jogo, comida pode me ajudar????
    È isso, muito obrigado pela atenção de voces

    ¬ Responder
  • ritarita

    01-02-2010 às 19:42:11

    gustava de recuperar a minha memoria...

    ¬ Responder
  • marco antonio da cunha modestomarco antonio da cunha modesto

    18-01-2010 às 21:16:01

    gostaria de obter mais acetilcolina; na minha alimentaçao ja´que tenho uma deficiencia mental.obRIGADO.

    ¬ Responder

Comentários - Alimentos que ajudam a memória

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como fazer disfarces de Carnaval

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Vestuário
Como fazer disfarces de Carnaval\"Rua
O ano começa e depressa chega uma data muito ansiada principalmente pelos mais jovens: o desejado Carnaval!

Esta é uma data que os pequenos adoram e deliram com as fantasias. O problema maior é a despesa que os disfarces representam e no ano seguinte já não usarão o mesmo disfarce ou, no caso dos mais pequenos, já não lhes serve.
O melhor nesta data é mesmo reciclar e aprender a fazer disfarces caseiros utilizando truques mais económicos e materiais reciclados para preparar as fantasias dos pequenitos!

Uma sugestão para os meninos é o traje de pirata que pode facilmente ser criado a partir de peças que tenha em casa. Procure uma camisa de tamanho grande e, de preferência, de cor branca com folhos. Se não tiver uma camisa com estas características facilmente encontrará um modelo destes no guarda-vestidos de alguma familiar, talvez da avó.

Precisará de um colete preto. Na falta do colete pode utilizar um casaco preto que esteja curto, rasgue as mangas pelas costuras dos ombros. As calças devem ser velhas e pretas para poderem ser cortadas na zona das pernas para envelhecer a peça. Coloque um lenço preto ou vermelho na cabeça do menino e, de seguida, com um elástico preto e um pouco de velcro tape um dos olhos.

Para as meninas não faltam ideias originais para fazer disfarces bonitos e especiais para este dia. Uma ideia original é a fantasia de Flinstone. É muito fácil e prática de fazer e fica um disfarce muito bonito. Comece por arranjar um pedaço de tecido branco. Coloque o tecido em volta do corpo como uma toalha de banho e depois amarre num dos braços fazendo uma alça. Depois corte as pontas em ziguezague mantendo um lado mais comprido que o outro. Amarre o cabelo da menina todo no cimo da cabeça, como se estivesse a fazer um rabo-de-cavalo mas alteie-o mais. Com o auxílio de um pente frise o cabelo, pegando nas pontas e passando o pente em sentido contrário até que fique todo despenteado. Numa loja de disfarces compre um osso de plástico e prenda na fita da criança.

Pegue nos materiais, puxe pela imaginação e ponha mãos ao trabalho!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Como fazer disfarces de Carnaval

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    09-06-2014 às 04:01:21

    Não em carnaval, mas em bailes de fantasia, sempre usei o TNT. Eles são ótimos para trabalhar o corte, para costurar e deixa bem bonito!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios