Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Autoestima nos homens

Autoestima nos homens

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
Comentários: 1
Autoestima nos homens

O homem de hoje vê-se confrontado com um sem número de obstáculos à sua volta e muitas solicitações. Por isso ter uma boa autoestima pode revelar-se muito importante para o seu desempenho. Por um lado, o trabalho é muto competitivo, o que exige cuidados redobrados a nível físico e psicológico. E, por outro as muitas soliçitações exteriores, que exigem uma estima superior, afim de serem solucionadas ou combatidas.

Se recuar-mos a algumas décadas anteriores, observamos que havia mais facilidades de o homem encontrar um posto de trabalho que fosse compatível consigo. Isto porque havia menos concorrência em virtude de haver menos gente qualificada ou formada. As vagas eram preenchidas por quem reunisse as melhores condições. Ao invés hoje assistimos a um grande aumento de qualificações em todos os setores, o que leva a muita exclusividade. Por isso, o homem debate-se cada vez mais com problemas de diversa ordem, tanto profissional como afetiva e moral.

Deste modo, a estima por si mesmo tem que ser reforçada, para responder a um sem número de solicitações apelativas, por toda a sociedade. Apesar de hoje em dia o homem já não ser o anfitrião, como nos tempos passados, ele ainda tem as responsabilidades a nível familiar e económico. Para as desempenhar com eficácia tem que estar bem preparado a nível físico e psicológico. Caso contrário pode ser ultrapassado por outros mais fortes e competitivos.

O papel mais ativo da mulher a nível profissional também teve consequências nefastas para ele, aumentando os problemas a esse nível. È evidente que o papel de autoridade está hoje muito nas mõas da mulher, em muitos serviços, o que enfraquece o do homem, por esta ser mais astuta e competitiva.

Para combater os inúmeros problemas com que o homem de hoje se depara, é importantíssimo o seu cuidado redobrado a nível de confiança, segurança e estima pessoal.Só assim ele será capaz de enfrentar as dificuldades e pressões que a vida hoje oferece.

Cabe a cada um saber cuidar da sua performance a todos os níveis, bem como aumentar as suas defesas. Caso contrário não é capaz de dar resposta às rivalidades e astúcias corruptivas de grande parte da sociedade.

Ter uma boa autoestima é pois imprescindível nos dias de hoje, desde que não seja em demasia. O seu oposto pode também revelar-se num grande fracasso.


Teresa Maria Batista Gil

Título: Autoestima nos homens

Autor: Teresa Maria Gil (todos os textos)

Visitas: 0

608 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoJose Diogo Alves

    02-07-2012 às 12:44:52

    Os homens não são mais feitos de pedra, também tem as suas quebras..

    ¬ Responder

Comentários - Autoestima nos homens

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios