Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Regras para um sono revigorante

Regras para um sono revigorante

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
Visitas: 2
Comentários: 1
Regras para um sono revigorante

Dormir bem é uma máxima que ouvimos desde a infância e que incute a ideia que de que o sono é fundamental para a saúde. E, de facto é mesmo verdade.

Para além do óbvio papel passivo, retemperador em termos físicos e cognitivos, o sono tem, em especial no homem, uma funçao ativa de consolidação de memória.

Ao longo do tempo, os hábitos condições e necessidades vão mudando, provocando alterações no quotidiano, com impacto, também na forma e tempo de sono. Este vai progressivamente diminuindo, tornando-se fragmentado, com a idade.

Os idosos queixam-se, com frequência de perturbações de sono, que na realidade, são a normal progressão deste padrão natural, segundo a opinião de alguns neurologistas.

Tal facto pode ser devido à mudança de hábitos e ao uso e abuso de fármacos sedativos e hipnóticos, que contribuem para desregular o padrão do sono. Por outro lado, não existe nenhuma regra universal para o sono, este é individual e varia de pessoas para pessoa.
O paradigma de oito horas de sono trata-se apenas de uma média, não mais do que isso. O que acontece é que algumas pessoas recuperam energias com seis ou sete horas, outras necessitam imperiosamente de oito, nove ou dez horas, para ficar em forma.

Depois, ainda há pessoas mais noturnas, que se regem por outros horários, tornando-se difícil conciliar com outras, que acordam cedo e funcionam melhor de dia.

Seja qual for o padrão do sono, a verdade é que dormir pouco, ou não dormir convenientemente prejudica muito a qualidade de vida e a saúde em geral.

A sua privação repercute-se no funcionamento diurno, ocasionando dificuldades de cncentração, memorização e execução de tarefas que exigem precisão.

Além disso, são ainda lesivas na produtividade, qualidade e segurança social e familiar.
Mas, infelizmente os hábitos de deitar cedo e cedo erguer estão cada vez mais afastados da realidade porque o horário de deitar é cada vez mais tardio e o de levantar mais tarde.
Esta situação acontece também nas crianças, o que contribui para a quebra do rendimento escolar e hiperatividade.

Posto isto, as pessoas adormecem cada vez mais exaustas e acordam já cansadas.
Mas, não dormir convenientemente pode tornar-se grave e entrar inclusive no campo patológico. Daí resulta frequentemente perturbações ligadas a ansiedade ou depressão e apneia do sono, em que ocorrem pausas respiratórias durante a noite e baixa oxigenação cerebral.

A fim de minorizar estes problemas deve criar-se um ambiente adequado para dormir mais e com maior qualidade.

Para surtir o efeito desejado o quarto deve ser calmo, silencioso, obscurecido e com a temperatura ideal.

Estabelecer uma rotina para relaxar pode ajudar a desligar, como seja um banho tépido, ler um livro ou ouvir a música preferida.

Aos fins de semana o horário deve ser também mantido para não alterar o padrão do sono, pois este requer disciplina e um ritmo natural.

A regra essencial é assegurar sempre uma boa higiene de sono,comer alimentos leves ao jantar, ou dar um passeio antes de deitar.

Deste modo o sono é revigorado e permite um maior dinamismo para enfrentar as lides do dia a dia.


Teresa Maria Batista Gil

Título: Regras para um sono revigorante

Autor: Teresa Maria Gil (todos os textos)

Visitas: 2

661 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoTeresa Maria Batista Gil

    30-07-2012 às 11:44:45

    Quem não gosta de dormir um bom sono a fim de retemperar as forças?. De fato, dormir bem é o melhor modo de restabelecer as energias do corpo e da mente. Mas para isso é necessário ter um bom ambiente no quarto.O quarto deve estar em perfeitas condições ambientais para gerar um sono saudável. Este deve constar de oito horas diárias, para não deixar fluir o esgotamento nervoso tão típico da nossa era.Ter um quarto confortável, arejado e com luz ajuda a equilibrar as energias, indispensáveis à boa disposição e saúde do corpo e mente. Contribui para repousar e descansar o físico, que por sua vez repousa a mente.Nada pior para a saúde do que dormir mal de noite e não descansar.Com efeito, um sono revigorante é um dado importantíssimo que conduz á harmonia do corpo e da mente. Basta dormir bem para as defesas e energias serem completamente restabelecidas.Fazer refeições leves ao jantar, dar um passeio e conviver, ajudam a dormir melhor à noite. O excesso de televisão e vida demasiado caseira e sedentária são hábitos nocivos, para um sono revigorante.Ter hábitos saudáveis de vida, contribui muito para o cumprimento das funções vitais do organismo. Assim, o caminhar e fazer desporto com equilíbrio, ajuda a um acréscimo de saúde, ao invés de doença.Comer em demasia, frequentemente, e não fazer caminhadas ou andar de bicicleta três vezes por semana, podem contribuír muito para uma desarmonia e desiquilíbrio do organismo. Por isso, deve combater-se a preguiça de andar ou comer muito e não saír à noite.Para dormir bem de noite é necessário ter hábitos de higiene corporar e à mesa, bem como um ambiente acolhedor no quarto. Estes são requisitos importantes para dormir as horas necessárias ao bem-estar.A fim de restaurar as forças que se perdem ao longo do dia, é necessário eliminar as preocupações, na hora de dormir, substituindo-as por uma música suave, meditação ou leitura suave.O stress da vida quotidiana á cada vez mais agressivo, mas cabe a cada um substituí-lo por coisas que restaurem a harmonia e saúde do organismo. Com efeito há cada vez mais técnicas para adquirir essa harmonia. Basta arranjar aquela que é mais adaptada a cada um. pode ser por exemplo a meditação, ginástica, uso de mantras, ouvir música ou simplesmente conversar.

    ¬ Responder

Comentários - Regras para um sono revigorante

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como cuidar de Plantas de interior

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Bricolage Jardim
Como cuidar de Plantas de interior\"Rua
Cada planta tem um comportamento diferente, vou colocar aqui alguns cuidados que servem para a maioria delas.

LUZ:

Os principais erros no cultivo de plantas de interior é a falta de luz.
Se elas estiverem em locais onde não há luz suficiente, isso pode ser corrigido com a instalação de luz artificial, existe no mercado lâmpada que imitam a luz natural.


TEMPERATURA:

Mudanças bruscas de temperatura retardam e até paralisa o crescimento da planta, bem como causa a queda de folhas.


UMIDADE:

A maioria das plantas necessita de uma umidade atmosférica adequada.
Normalmente notamos que a planta não está com a umidade correta quando acontece ficarem amarelas e a queda de folhas.


IRRIGAÇÃO:

Conselhos básicos:
Uma planta em fase de crescimento vai precisar de mais água que uma que está em fase de dormência, ou já atingiu o seu tamanho adulto.
Durante a floração a planta precisa de mais água que em sua fase de crescimento
Em ambientes internos mais quentes é evidente que a planta vai precisar de mais águas que em ambientes mais frios.
Para saber qual é o momento exato de molhar, enfie o dedo no substrato, se sentir ele seco, chegou a hora

FERTILIZANTE:

Para que a planta tenha um desenvolvimento harmonioso convém usar periodicamente de fertilizantes que podem ser líquido ou sólidos.
No mercado existe a venda fertilizante com fórmulas específicas para cada planta.
Após a utilização do fertilizante regue a planta.

LIMPEZA:

Faça regularmente a limpeza de folhas secas e caule, pois elas são bastante positivas não só esteticamente como para a saúde das plantas.
Se estiver acumulada muita poeira sobre as folhas, espane, e depois passe um pano húmido
Atenção: Existe algumas espécies, que tem as folhas aveludadas, tipo a Violeta Africana, Begônia Rex, etc. que não deve ser colocada água é só usar uma escovinha bem macia.

TROCA DE VASO:

De uma maneira geral após 1 ou 2 anos as plantas de interior devem ser colocadas em vasos de tamanho maior.
Isso deve ser feito porque as raízes passam a ocupar um grande espaço e também porque o substrato vai perdendo sua composição inicial.
A época mais adequada varia de planta para planta, algumas devem ser feitas na primavera e outras quando estão na fase de repouso.
Aproveite para obterem mudas, separando brotos e dividindo touceiras.

Pesquisar mais textos:

Miguel Pereira

Título:Como cuidar de Plantas de interior

Autor:Miguel Pereira(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Briana AlvesBriana

    13-10-2014 às 04:09:31

    Muito bom! É tão gratificante cuidar de plantas. A gente vê o quanto elas florescem quando são bem-cuidadas. Amei as dicas!

    ¬ Responder
  • Rua DireitaRua Direita

    18-04-2014 às 22:36:55

    Fantástico seu texto, a Rua Direita agradece!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios