Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Tudo Sobre Ramón Valdés (O Seu Madruga) Do Seriado Chaves

Tudo Sobre Ramón Valdés (O Seu Madruga) Do Seriado Chaves

Categoria: Outros
Visitas: 2
Tudo Sobre Ramón Valdés (O Seu Madruga) Do Seriado Chaves

Ramón Valdés Castilho nascido na Cidade do México em 2 de setembro de 1923, filho de Rafael Valdéz Gomes e Guadalupe Castilho, entre a família Ramón era conhecido como "Moncho".

No inicio da carreira atuou em pequenos filmes, tin tán e também com papeis nos filmes de Pedro Infante e Cantinflas.

Ramón trabalhou em mais de 50 filmes, nos quais destacam-se "cababacitas tiernas"(1948),"soy charro de levita"(1949),"el rey del barrio"(1949),"el capitán mantarraya(1969"), e entre outros.

Mas onde ele ficou mais conhecido foi no seriado do chaves, no seriado Ramón tinha liberdade de criar frases novas para o "Chaves". "com sua permissão, Madruga vai tomar um cafezinho "e" só não te dou uma, porque...", essas foram as criações do autor.

No seriado Ramón Valdés não tinha um figurino especial para o seriado. Ele chegava aos estúdios vestindo uma calça jeans muito usada,uma camisa, e colocava o seu chapéu azul e começava a gravar. E também ele não precisava de maquiagem.

Entre as brigas que teve no seriado uma delas foi com Florinda que teria sido o motivo da saída de Ramón Valdés dos programas. O fato ocorreu em 1979. Na época, a atriz era parceira do marido nas produções, e isso causou muitos problemas.

Carlos Villagrán(kiko), também deixou o elenco pela mesma razão, mas em 1981, Ramón voltou a interpretar o seu Madruga no seriado. O último trabalho de Ramón Valdés foi uma propaganda em 1987, em Lima no Peru. Lá Maria Antonieta de Las Neves(chiquinha) encontrou com ele, seu ex colega na cidade, Disse Maria Antonieta que adorava Ramón e que assim como no seriado eles se deram bem fora do seriado, e que o considerava como um pai.

E disse também que não imaginava que, logo depois, o ator morreria semanas antes do fato. No dia 09 de agosto de 1988, Ramón faleceu de câncer. A principio, o tumor foi encontrado no estômago, logo depois apareceu na medula espinhal e se espalhou pelo corpo.

Mesmo internado, ele continuava fumando cigarros. Durante o funeral de Ramón Valdés, Angelines Fernandez, a bruxa do 71. Não saiu do lado do caixão. Ela estava muito triste e inconformada e chorava muito, diz a filha de Angelines, Paloma Fernandéz, a mãe passou a fumar mais e ganhou mais peso.

Em abril de 1994, Angelines faleceu de câncer no pulmão. Mas na verdade Ramón era muito querido por todos, Ramón sempre vai estar em nossos corações, Seu Madruga, para sempre.


Gislene Santos Sousa

Título: Tudo Sobre Ramón Valdés (O Seu Madruga) Do Seriado Chaves

Autor: Gislene Santos Sousa (todos os textos)

Visitas: 2

397 

Comentários - Tudo Sobre Ramón Valdés (O Seu Madruga) Do Seriado Chaves

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Contador de moedas

Ler próximo texto...

Tema: Material Escritório
Contador de moedas\"Rua
O mundo dos negócios exige um grande dispêndio de energia e muitas horas de trabalho. No entanto hoje já é possível fazer recurso da alta tecnologia para poupar tempo e dinheiro. O recurso às funções do computador para o comércio facilita e atrai muitos clientes para empresas e comerciantes. No que diz respeito a contas é possível fazer uma contagem rápida e eficaz do dinheiro, sem passar horas a contar e com o risco de engano. É por isso que cada vez mais pessoas ligadas a negócios e serviços optam por adquirir um contador de moedas. Deste modo sabem que poupam tempo e não falham na sua contagem.

Dos inúmeros equipamentos que a alta tecnologia põe ao dispor, este é sem dúvida um equipamento que beneficia em muito o trabalho de muita gente. Por ser pequeno é muito cómodo e exige pouco espaço, ou melhor pode ser colocado em qualquer lugar.

Torna-se evidente que as novas tecnologias vieram para simplificar a vida e trazem muitas vantagens, rentabilizam e poupam tempo. No caso do contador de moedas, sem enganos, falhas e complicações. É o ideal para ter num escritório de uma empresa, em escolas, cafés, pastelarias, salões de jogos, bancos, cinema, serviços financeiros e de tesouraria e outros ligados a serviços públicos e privados.

Em resumo, se está ligado a qualquer trabalho de comércio ou serviços pode poupar muto tempo e problemas apenas colocando um equipamento destes no seu espaço de trabalho. As suas vantagens são inúmeras, em especial: permite realizar uma contagem rápida das moedas dividindo-as e fazendo a sua soma, conta o total das moedas, o valor total em cada tipo de moedas e a quantidade de todas as moedas.

Contem e separa no mínimo duzentas e vinte moedas por minuto, sem erro, conta e separa tudo no mesmo equipamento, permite alimentar o aparelho com quantidades entre as trezentas e quinhentas moedas de cada vez e continuar a adicionar mais moedas enquanto está a contar. Além disso o aparelho pode ser programado para separar um número de moedas predeterminado.

O seu design é bastante inovador e resistente. Os materiais de elevada qualidade, de fácil ligação e paragem automática.

Possui uma elevada funcionalidade, baixo consumo (70W), pouco peso, aproximadamente quatro kg, velocidade ultra rápida, pequena dimensão e estão todos certificados pela EU. Deste modo também possuem garantia, são fáceis de usar e de arrumar.

As suas funções práticas permitem que o contador de moedas possa estar em qualquer lugar.

Pesquisar mais textos:

Teresa Maria Batista Gil

Título:Contador de moedas

Autor:Teresa Maria Gil(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios