Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > O Impacto Da Morte

O Impacto Da Morte

Categoria: Outros
O Impacto Da Morte

Aprendemos muito com a vida, mas esquecemos que a morte também faz parte dela. Ninguém tem dúvida de que todos deixarão de existir em algum momento. Mas não há quem esteja suficientemente preparado para encarar essa hora quando, de fato, ela chega.

Preferimos olhar para a vida enquanto evitamos encarar a morte, mas ela sempre chega quebrando laços afetivos, interrompendo projetos. A instabilidade emocional que ela gera é inevitável e, mais duradoura para uns que para outros.

Entretanto temos que seguir em frente, lutando contra uma dor que talvez não cesse nunca.

O ser humano possui uma dificuldade intrínseca de lidar com perdas, ainda que sejam inevitáveis e naturais. É difícil aceitar a ausência permanente de alguém querido, seja um parente ou um amigo por quem temos grande apreço e afinidade, sobretudo quando julgamos que isso se dá num momento precoce ou com grande sofrimento ou ainda, de forma trágica.

Além da dor psicológica ser imensurável, essa é uma experiência individual, subjetiva e solitária, mesmo quando temos outras pessoas ao redor.

O impacto da morte de um ente querido sempre nos afeta de maneira profunda. Sentimos nossa realidade desestruturada e fora do eixo.

Reajustar nosso caminho e restabelecer nossas emoções pode levar um bom tempo. Afinal, quando um ser muito amado se vai, deixa em nós eternamente o vazio e a saudade, pois cada pessoa é única e insubstituível em nossa vida, em nosso coração.

Quem fica tem que se readaptar à vida de qualquer maneira, mesmo carregando a certeza de que nada mais será igual. Por isso, é fundamental cultivarmos o verdadeiro amor e a gratidão aos que convivem conosco.

Poder olhar para trás um dia e reconhecer o privilégio de ter convivido carinhosamente com uma pessoa, poderá ser o único conforto que teremos quando ela partir para sempre.

Dessa forma, a morte nos ensina uma grande lição: a vida tem um limite. Considerando isto, temos que entender que cada momento ao lado de quem amamos não se repetirá jamais e, portanto, deverá ser vivido de forma intensa e verdadeira. Nunca saberemos quando estaremos contemplando o sorriso de alguém próximo pela última vez ou se ouviremos sua voz novamente.

Tudo pode mudar em apenas um segundo, quando menos esperamos e, a partir daqui, toda uma história se transforma em lembranças que ao mesmo tempo machucam e acalentam nossa alma.


Rosana Ganem Montini

Título: O Impacto Da Morte

Autor: Rosana Ganem Montini (todos os textos)

Visitas: 0

407 

Comentários - O Impacto Da Morte

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Ler próximo texto...

Tema: Informática
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?\"Rua
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Bom, Não é de hoje que tecnologia vem surpreendendo a todos nós com grandes revoluções e os custos que diminuem cada vez mais.
Hoje em dia é comum ver crianças com smarthphones com tecnologia que a 10 anos atrás nem o celular mais moderno e caro do mercado tinha.
Com isso surgiram sugiram vários profetas da tecnologia e visionários, tentando prever qual será o próximo passo.

E os filmes retratam bem esse tema e usam essa formula que atrai a curiosidade das pessoas.
Exemplos:

Minority report - A nova lei de 2002 (Imagem)

Transcendence de 2014

Em Transcendence um tema mais conspiratório, onde um ser humano transcende a uma consciência artificial e assim se torna imortal e com infinita capacidade de aprendizagem.
Vale a pena ver tanto um quanto o outro filme. Algumas tecnologias de Minority Report, como utilizar computadores com as mãos (caso do kinect do Xbox 360 e One) e carros dirigidos automaticamente, já parecem bem mais próximo do que as tecnologias vistas em Transcendence, pois o foco principal do mesmo ainda é um tema que a humanidade engatinha, que é o cérebro humano, a máquina mais complexa conhecida até o momento.

Eu particularmente, acredito que em alguns anos teremos realmente, carros pilotados automaticamente, devido ao investimento de gigantes como o Google e o Baidu nessa tecnologia.

Também acho que o inicio da colonização de Marte, vai trazer grandes conquistas para humanidade, porém grandes desafios, desafios esses que vão nos obrigar a evoluir rapidamente nossa tecnologia e nossa forma de encarar a exploração espacial, não como um gasto, mas sim como um investimento necessário a toda humanidade e a perpetuação da sua existência.

A única salvação verdadeira para humanidade e para o planeta terra, é que seja possível o ser humano habitar outros planetas, seja localizando planetas parecidos com a terra ou mudando planetas sem condições para a vida em planetas habitáveis e isso só será possível com gente morando nesses planetas, como será o caso do Marte. O ser humano com a sua engenhosidade, aprendeu a mudar o ambiente a sua volta e assim deixou de ser nômade e da mesma forma teremos que aprender a mudar os mundos, sistemas, galáxias e o universo a nossa volta.

Espero que tenham gostado do meu primeiro texto.
Obrigado à todos!
Até a Próxima!


Pesquisar mais textos:

Érico da Silva Kaercher

Título:Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Autor:Érico da Kaercher(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios