Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > Ser vegetariano é saudável?

Ser vegetariano é saudável?

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Alimentação
Visitas: 8
Comentários: 13
Ser vegetariano é saudável?

Comer é fundamental para a nossa vida. Se dormir, trabalhar, sair com amigos, passear, rir ou chorar fazem parte do nosso equilíbrio emocional, comer é a coisa mais básica para a nossa sobrevivência.

Comer é importante, e comer bem, é um fator fundamental para o nosso bem-estar e saúde em geral.

Desde o momento em que nascemos, comer é tão importante quanto dormir. Há quem coma pouco, quem coma muito e quem coma razoavelmente. Comer é indispensável.

Poucos meses depois de nascermos, começamos a experimentar outros gostos que não o leite que até então era regra base de sobrevivência alimentar. Experimentamos papas, peixe, legumes e carne. É verdade, vamos experimentando de tudo.

Todos nós, nascidos na sociedade que conhecemos, fomos educados que a carne (vermelha ou branca) na ideia concebida de que precisamos de carne. Bife, rolo de carne, carne assada ou salsichas, fazem parte do menu da maior parte de todos nós. Consumimos uma enormidade de carne. O peixe é pouco consumido, embora as estatísticas mostrem que os nossos hábitos começam a alterar-se e o consumo de peixe está a aumentar.

Mas e a nossa alimentação resume-se somente a carne e a peixe? Pois para a maioria de nós é verdade. Carne, carne, peixe, carne, carne, carne, peixe. É assim que se resume a nossa alimentação, mesmo que acompanhados por legumes, batatas ou esparguete. A tradição está-nos demasiadamente entranhada e estranhamente não conseguimos fugir muito a isto.

No entanto, muitos são os que já aderem a outras formas de comer. Ser vegetariano começou por estar na moda. É saudável – dizia-se, mas na prática, ainda existiam muitos deslizes. Com o passar do tempo e com os alertas para doenças como a diabetes e colesterol, ser vegetariano passou a ser uma necessidade de saúde e de bem-estar.

Mas o que é ser vegetariano? Ser vegetariano é não estar disponível de forma alguma para comer alimentos de origem animal. Não só a carne e o peixe, mas também ovos, mel ou leite. Um vegetariano usa e abusa de todos os alimentos verdes e não só. Frutos, cereais e todos os legumes. Farinhas incluem-se nesta muito variada alimentação.

Se julga que ser vegetariano é ser esquisito, isso não é de todo verdade. A variedade é enorme e ao contrário do que muitos possam pensar, é saborosa e muito, muito deliciosa.

Todos os alimentos contém proteínas, minerais, vitaminas, entre todas as coisas que necessitamos para a nossa saúde. Se bem controlada, uma alimentação vegetariana pode ser bastante saudável.

Ideias pré-definidas de que é obrigatório comer carne e peixe não está correta. Saiba mais sobre os alimentos saudáveis. A gastronomia vegetariana é tão deliciosa como a tradicional, e em muitos aspetos é bem mais saudável. Descubra este novo mundo.


Carla Horta

Título: Ser vegetariano é saudável?

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 8

782 

Imagem por: museinthecity

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 13 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoAdriana dos Santos da Silva

    13-09-2012 às 22:56:17

    Conheci uma pessoa que era vegetariano ao extremo. Não comia de forma alguma carnes e outras comidas deliciosas que encontramos por aí. Era somente vegetais, vegetais e me pergunto: Como uma pessoa pode viver assim? É possível? Saber que é mais saudável, nós sabemos, mas viver só de disso já é bem estranho. Acho que eu não conseguiria comer legumes, folhas, vegetais, acredito que uma alimentação balanceada, isso sim é possível. Vamos ver isso né?

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoSofia Nunes

    10-09-2012 às 22:19:55

    É perfeitamente possível seguirmos uma dieta vegetariana ou mesmo vegana e mantermo-nos saudáveis. As queixas de ex-vegetarianos que ficaram anémicos não estão relacionadas com o vegetarianismo em si, mas sim com deficiências alimentares que poderiam ter levado ao mesmo problema numa dieta omnívora. Pelo contrário, os vegetarianos tendem a manter uma dieta muito mais variada e rica.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoDaniela Vicente

    09-09-2012 às 13:54:12

    Eu adorava ser vegetariana mesmo, mas como disse nós somos educados desde pequenos a comer de tudo, incluindo carne, peixe e vários alimentos de proveniência animal. Eu não sei até que ponto conseguimos ir buscar todos os nutrientes necessários só aos alimentos "autorizados" aos vegetarianos, embora possa considerar que é possível, por enquanto não acredito muito. Parabéns pelo seu texto. Está muito bem escrito e muito interessante. Excede o essencial, tocando-nos a todos.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoArtur

    23-07-2012 às 12:08:31

    Há quem diga que opta por comer mais carne pois é mais barato do que o peixe, vou informar os mais distraídos. Os legumes, frutos e afins são muito mais baratos. Uma refeição vegetariana fica barata e é sem sombra de dúvidas muito mais saudável.
    As alternativas são muitas e as comidas deliciosas.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoMarta

    19-07-2012 às 12:32:12

    Faço uma alimentação muito variada e não consigo deixar de comer carne nem peixe. No entanto e por influencia de uns amigos, comecei a experimentar várias receitas vegetarianas e confesso que me tornei fã.
    Comecei a pesquisar na internet e descobri algumas receitas tão fantásticas que consegui cozinhá-las para os meus pais (adeptos convictos da carne). Como de tudo, mas em casa faço 2 refeições vegetarianas por semana. Aposto nos hidratos de carbono, nas vitaminas e nas proteínas que os vegetais, frutas e farinhacios nos podem oferecer.
    Há que experimentar para crer e saber que certas receitas vegetarianas são tão saborosas como as que estamos habituados desde pequenos. Os ingredientes são os mesmos que utilizamos na gastronomia tradicional e até para os apaixonados por molhos, têm a opção de fazê-los com natas de soja, ao invés das natas normais. Investigar e pesquisar é a norma para descobertas deliciosas.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoAna

    12-07-2012 às 11:31:26

    Eu também sou vegetariana há uns anos. No inicio confesso que foi precisa força de vontade, pois por mais do que uma vez cai na tentação de comer hambúrgueres cheios de gordura. No entanto, cada vez que os comia, sentia-me mal disposta e com um peso enorme no estomago. A opção de se ser vegetariano tem de vir de dentro de nós e as influencias tendem a deixar-nos cair para alimentos de fast-food muito à base de carnes.
    No entanto, se repararmos bem, até nos Centros Comerciais já encontramos uma grande variedade de alimentos que apaixonam qualquer um e à base das “regras” do vegetarianismo.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoXavier

    12-07-2012 às 11:31:04

    Sou vegetariano há quase 5 anos e não sinto qualquer vontade de comer carne. A ideia que necessitamos de carne para ter saúde é completamente errada.
    O meu organismo produz gordura e fiz 8 cateterismo na mesma intervenção há 8 anos. Passados 2 anos vi-me obrigado a fazer mais uma intervenção e desta vez fiquei assutado.
    Com 35 anos já tinha feito 2 intervenções complicadas e comecei a estudar uma nova forma de vida. As alterações que fiz na minha alimentação foram fundamentais para melhorar o meu estilo de vida. Consegui controlar o colesterol de forma a que já não preciso de tomar medicação.

    ¬ Responder
  • vanessavanessa

    19-12-2011 às 12:19:14

    Bem, nunca gostei de carne, pois, sempre a vi como algo "sujo" para o nosso corpo/digestão, então a cerca de 1 e meio atrás, aderi ao hábito de não comer carne/presunto/queijo(derivados animais), me senti muito melhor, mais disposta, e sempre após as refeições me sentia leve. Mas para a minha surpresa, após, 8/9 meses me alimentando dessa forma, meus cabelos começaram a cair (pela falta de proteína, bem provável) e desde então luto contra esse problema que segundo os 4 dermatos, 2 endócrinos, e ainda o neurologista, se devem ao período em que tirei esses alimentos da minha dieta. Até o presente momento já realizei inumeros exames, já frequentei diversos consultórios médicos, e ainda com o uso de todos os tipos de proteínas/enxofre organico etc, e introduzir a carne e seus derivados novamente a minha alimentação, não encontrei solução para o meu problema. Então, infelizmente por constatação própria, acredito que não são todos os organismos que tem a capacidade de adaptar-se ao vegetarianismo, e que devemos sim comer carne(por mais péssimo que seja. Não brinque com a sua saúde, pois você pode pagar por isso como no meu caso, e aos veganos, os invejo por terem a possibilidade de comer o que lhes apetece!Abraço.

    ¬ Responder
  • cesaltina costa silvacesaltina costa silva

    01-03-2011 às 18:12:04

    Agradeço um e - mail para me ensinarem a comer, comida vegetariana

    muito agradecida.

    Tina [email protected]

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoMarina

    03-01-2011 às 17:42:15

    Sou vegetariana a 15 anos e nunca tive anemia! ACredito que o Richard Holzer (da mensagem acima), está falando de pessoas que não sabem comer direito, pois, ao retirar a carne da alimentação, precisamos substituir por outros alimentos. O idel é ir em uma nutricionista, para lhe dar todas as explicações. Fazendo da forma correta, só iremos fazer bem a nossa saude!

    Parabens pelo texto!

    ¬ Responder
  • Richard HolzerRichard Holzer

    17-11-2010 às 00:48:44

    Tudo muito lindo, nao fosse nossa arcada dentária e nosso sistema digestivo, típicos de um onívoro, a que se permite, salvo abusos e intemperanças, de TUDO comer...teste realizado em colégio adventista em regime de internato, onde o vegetarianismo é levado a sério , com pompas de ciēncia e espiritualidae, demonstrou o que ninguem quer verr: 70% dos alunos, só os que abstinham das carnes e derivados animais com estreita rigidez, eram anemicos...on truque é o bom senso...como em tudo na vida....

    ¬ Responder
  • cris

    20-01-2016 às 20:23:54

    Querido, eu, meu marido e filho, somos ovo-lacto-vegetariano a 4 anos, nunca estivemos tão bem de saúde. Aliás, ficamos curados da moléstias que sofríamos anteriormente. Para fatos não existem argumentos, então, afirmo, todos somos capazes de adaptação, mas não de aprendizado se não quisermos. A propósito veja o vídeo: não fomos feitos para comer carne de DeRose no youtube. Atá mais.

    ¬ Responder
  • FrancielliFrancielli

    07-06-2010 às 23:32:40

    otimo texto!!!

    ¬ Responder

Comentários - Ser vegetariano é saudável?

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como fazer disfarces de Carnaval

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Vestuário
Como fazer disfarces de Carnaval\"Rua
O ano começa e depressa chega uma data muito ansiada principalmente pelos mais jovens: o desejado Carnaval!

Esta é uma data que os pequenos adoram e deliram com as fantasias. O problema maior é a despesa que os disfarces representam e no ano seguinte já não usarão o mesmo disfarce ou, no caso dos mais pequenos, já não lhes serve.
O melhor nesta data é mesmo reciclar e aprender a fazer disfarces caseiros utilizando truques mais económicos e materiais reciclados para preparar as fantasias dos pequenitos!

Uma sugestão para os meninos é o traje de pirata que pode facilmente ser criado a partir de peças que tenha em casa. Procure uma camisa de tamanho grande e, de preferência, de cor branca com folhos. Se não tiver uma camisa com estas características facilmente encontrará um modelo destes no guarda-vestidos de alguma familiar, talvez da avó.

Precisará de um colete preto. Na falta do colete pode utilizar um casaco preto que esteja curto, rasgue as mangas pelas costuras dos ombros. As calças devem ser velhas e pretas para poderem ser cortadas na zona das pernas para envelhecer a peça. Coloque um lenço preto ou vermelho na cabeça do menino e, de seguida, com um elástico preto e um pouco de velcro tape um dos olhos.

Para as meninas não faltam ideias originais para fazer disfarces bonitos e especiais para este dia. Uma ideia original é a fantasia de Flinstone. É muito fácil e prática de fazer e fica um disfarce muito bonito. Comece por arranjar um pedaço de tecido branco. Coloque o tecido em volta do corpo como uma toalha de banho e depois amarre num dos braços fazendo uma alça. Depois corte as pontas em ziguezague mantendo um lado mais comprido que o outro. Amarre o cabelo da menina todo no cimo da cabeça, como se estivesse a fazer um rabo-de-cavalo mas alteie-o mais. Com o auxílio de um pente frise o cabelo, pegando nas pontas e passando o pente em sentido contrário até que fique todo despenteado. Numa loja de disfarces compre um osso de plástico e prenda na fita da criança.

Pegue nos materiais, puxe pela imaginação e ponha mãos ao trabalho!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Como fazer disfarces de Carnaval

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: museinthecity

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    09-06-2014 às 04:01:21

    Não em carnaval, mas em bailes de fantasia, sempre usei o TNT. Eles são ótimos para trabalhar o corte, para costurar e deixa bem bonito!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios