Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > O poder das frutas

O poder das frutas

Categoria: Alimentação
Visitas: 4
O poder das frutas

Muito mais do que uma simples sobremesa, suas propriedades nutritivas e medicinais têm se popularizado a cada dia. Embora o Brasil seja um país tropical, com enormes variedades de frutas, o brasileiro ainda esta pouco distante de consumir a quantidade certa ideal desses alimentos para garantir uma vida mais saudável e prevenir o surgimento de algumas doenças.

A quantidade mínima de consumo de frutas por pessoa deveria ser três, mas esse número, infelizmente, gira em torno de apenas uma por dia. Por serem ricas em fibras e vitaminas, quanto mais presentes as frutas estiverem em nosso dia a dia, mais ganhamos em qualidade de vida. Daí a importância de incluí-las sempre em nosso cardápio.

Segundo os nutricionistas as frutas podem servir de complemento as refeições principais ou, então, como alimentos intermediários entre o café da manha almoço e janta. No entanto, faz se um alerta importante especialmente para quem se preocupa em perder peso: elas devem ser consumidas alternadamente não várias de uma só vez, pois algumas delas possuem muitas calorias, com isso, o excesso pode prejudicar uma dieta equilibrar, ultrapassando a quantidade calórica recomendada. Descubra os benefícios que cada uma delas pode trazer para sua saúde.

Açaí – fortalece os ossos e protege do mal de Alzheimer. O consumo contribui para o aumento da massa óssea e, conseqüentemente, para a prevenção da osteoporose, pois ele é riquíssimo em cálcio. Outra de suas substancias é a antocianina, e antioxidante que ajuda a proteger contra o mal de Alzheimer, melhora a visão e também, a coordenação motora. Essa fruta deve ser consumida com moderação por quem deseja perder alguns quilinhos. Altamente calórica apenas 100 g de açaí contem cerca de 250 calorias.

Abacate – regula o colesterol e bom para a hepatite. Considera um excelente estabilizador de colesterol, esta fruta previne o acumulo excessivo de LDL “colesterol ruim” responsável pelo entupimento das artérias. Ao mesmo tempo, ajuda a manter a taxa de HDL “colesterol bom” normais. Também é recomendado papar que sofre de hepatite, pois sua substancias minimizam os danos no fígado. O abacate ainda é rico em vitamina E, nutriente bastante apreciado por propriedades antienvelhecimento.

Abacaxi – previne o intestino preso e protege o coração. Os altos índices de fibras desta fruta são os responsáveis pela sua fama de ótima para a prevenção de prisão de ventre, pois facilitam o transito intestinal. Além disso, ela contém boas quantidades de vitamina C, que atua contra os processos oxidativos que podem desencadear em males como aterosclerose, o entupimento das artérias e o surgimento de tumores. Estomago pesado prefira comer abacaxi em fatias de o eu tomar o suco dele.



Waldiney Melo

Título: O poder das frutas

Autor: Waldiney (todos os textos)

Visitas: 4

792 

Comentários - O poder das frutas

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Um caminho para curar o transtorno alimentar

Ler próximo texto...

Tema: Saúde
Um caminho para curar o transtorno alimentar\"Rua
De acordo com um relatório divulgado em novembro de 2014 pelo Comitê Permanente sobre o Status da Mulher, entre 600 mil a um milhão de canadenses cumprem os critérios diagnósticos para um transtorno alimentar em um dado momento. Problemas de saúde mental com ramificações físicas graves, anorexia e bulimia são difíceis de tratar.

Os programas públicos de internação frequentemente não admitem pacientes até que estejam em condição de risco de vida, e muitos respondem mal à abordagem em grupo. As clínicas privadas costumam ter listas de espera épicas e custos altos: um quarto custa de US$ 305 a US$ 360 por dia.


Corinne lutou juntamente com seus pais contra a bulimia e anorexia por mais de cinco anos. Duffy e Terry, pais de Corinne, encontraram uma clínica na Virgínia. Hoje, aos 24 anos, ela é saudável e está cursando mestrado em Colorado. Ela e seus pais acreditam que a abordagem holística, o foco individualizado e a estrutura imersiva de seu tratamento foram fundamentais para sua recuperação.

Eles sabem que tinham acesso a recursos exclusivos. "Tivemos sorte", diz Duffy. "Podíamos pagar por tudo." Mas muitos não podem.
A luta desta família levou-os a refletir sobre o problema nos Estados Unidos. Em 2013, eles fundaram a Water Stone Clinic, um centro privado de transtornos alimentares em Toronto. Eles fazem yoga, terapia de arte e participam na preparação de refeições, construindo habilidades na vida real com uma equipe de apoio empática. Os programas funcionam nos dias da semana das 8h às 14h, e até agora, não tem lista de espera. Porém essa abordagem é onerosa: aproximadamente US$ 650 por dia.

A família criou a Fundação Water Stone - uma instituição de caridade que fornece ajuda a pacientes que não podem pagar o tratamento. Os candidatos são avaliados por dois comitês que tomam uma decisão baseada na necessidade clínica e financeira. David Choo Chong foi o primeiro a se beneficiar da fundação. Ele havia tentado muitos programas, mas nenhum foi bem sucedido. A fundação pagou metade do tratamento. Dois anos depois, Choo Chong, feliz e estável diz "Water Stone me ajudou a encontrar quem eu sou".

Pesquisar mais textos:

Roberta Darc

Título:Um caminho para curar o transtorno alimentar

Autor:Roberta Darc(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios