Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Literatura > “A mais cruel das Tiranias” – Histórias reais, ou nem por isso

“A mais cruel das Tiranias” – Histórias reais, ou nem por isso

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Literatura
Visitas: 6
Comentários: 4
“A mais cruel das Tiranias” – Histórias reais, ou nem por isso

Com o processo “Casa Pia”, fomos confrontados, enquanto sociedade, com realidades que durante muitos anos não quisemos, saber, acreditar ou lutar em defesa de.

Como este processo existem milhares espalhados pelo mundo inteiro, verdadeiras mentiras reais que nos assustam, fazem temer e acordam-nos para uma realidade crua e sofrida.

Todos criamos opiniões sobre todos estes processos e defendemos ou acusamos pessoas através de julgamentos feitos com base na informação que os media nos dão.

Não querendo de forma alguma suscitar opiniões ao leitor, não trato do processo acima citado, nem de nenhum caso polémico que nos seja próximo, mas de outros frisados no livro – “A Mais Cruel das Tiranias”.

“A mais cruel das tiranias” escrito por Dorothy Rabinowitz é um relato de histórias reais de acusações não fundamentadas, surgidas de alegações com consistência pouco ou nada investigadas.

As histórias são várias, mas transcrevo em forma de relato uma delas:

“… Em agosto de 1983, uma mulher chamada Judy Jones, acusou Ray Buckley, de 29 anos professor e neto do fundador, de ter sadomizado o seu filho de 2 anos. A queixosa era alcoólica, vindo mais tarde a ser-lhe diagnosticada esquizófrenia paranoica…. Na sequencia das centenas de entrevistas com os alunos da escola… vieram a lume pormenores dos crimes espantosos alegadamente cometidos na escola e que encheram páginas da imprensa diária….

Durante 7 anos, a família de Burckley foi acusada, enxovalhada pela sociedade sem que a palavra inocência pudesse sequer ser ouvida quando aclamada pelos acusados. Quem não foi preso, viu a sua vida cair em desgraça, desfeita tal maltrapilho.

Apesar das entrevistas com a polícia e os psicólogos, nada nem ninguém considerou que estavam a ser acusadas e julgadas pessoas inocentes. Apesar dos indícios, as prisões e vexames sucederam-se. Acabaram por conseguir manter a sua inocência e prová-la, mas a um custo que custou vidas inteiras.

Este livro mostra-nos que a acusação de crimes de abusos sexuais contra crianças está na moda. Acusam-se sem provas e acreditam-se em palavras de ordem mal julgadas e mal interpretadas. Até que ponto, nós, enquanto sociedade não julgamos e incriminamos sem sermos verdadeiros conhecedores de todos os lados. Mantém-se a ideia de – preso por ter cão e preso por não ter. Afinal, cabe-nos proteger seres tão sensíveis e há que acreditar primeiro na palavra de uma criança do que na de um acusado, mas até onde chega o nosso bom senso. Um livro arrepiante a não perder.


Carla Horta

Título: “A mais cruel das Tiranias” – Histórias reais, ou nem por isso

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 6

653 

Imagem por: tranchis

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 4 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoLuisa

    24-07-2012 às 10:42:00

    Não venho aqui defender nem acusar ninguém do conhecido processo, mas será que alguém por aqui leu todo o processo? Fez a policia as investigações necessárias? Levou-as a um porto devido?
    Estas minhas palavras referem-se a várias situações, inclusive a pessoas que deveriam ter sido envolvidas e não foram. Que existiram abusos pedófilos ninguém tem duvidas, mas será que todos os culpados foram julgados? Será que no meio de tanta gente envolvida não estará nenhum inocente? Duvidas duma justiça Portuguesa que aos olhos deste povo cidadão e tão comum ficou insatisfeito por um ou outro motivo.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoHorácio

    24-07-2012 às 10:41:41

    Absolutamente absorvente. Este livro dá que pensar e que falar. Quando tanto se fala em pedofilia, aqui podemos pensar e querer estudar mais a fundo o que muitas vezes os medias nos comunicam. Somo na realidade consumidores convictos daquilo que a televisão e os jornalistas nos dizem. Bebemos, melhor… sorvemos tudo e criamos os nossos julgamentos sem apurar os factos. Chegamos muitas vezes ao ponto de não querer saber mais e não dar a oportunidade de mais explicações, pois o crime é tão hediondo que arrepia.
    Arrepiante é também este livro que nos faz perceber que as partes têm de se explicar e que a frase “onde há fumo, há fogo” pode não fazer muito sentido.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoCarina

    23-07-2012 às 12:34:52

    Já li este livro absolutamente arrebatador. A vida dos acusados nunca mais foi a mesma. Perderam-se famílias, escolas, valores, tudo porque as acusações infundadas não foram devidamente investigadas. É assustador pensar que qualquer um de nós pode estar sujeito a uma incriminação destas.
    Prefiro sempre estar do lado das vitimas e acreditar nelas de forma absoluta, mas perante factos que não nos são apresentados, não podemos colocar em causa verdades que juramos, apesar de grandes mentiras serem na sua maior essência. A mais cruel das Tiranias leva-nos a julgar os maiores ditadores e quem alimenta desmesuradamente situações que nunca chegaram a acontecer na realidade.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoAnabela Morgado

    23-07-2012 às 12:34:28

    Curiosamente a autora do texto faz referencia ao processo Casa Pia logo como introdução num texto sobre o livro em questão. Eu li este livro porque me foi aconselhado por um outro livro relativo ao processo referido.
    A mais cruel das tiranias é um livro espantoso em que vemos o relato de situações verídicas que julgamos nunca poerem acontecer. Estamos habituados nesta podre sociedade a ver casos de pedofilia a serem julgados em que os acusados são absolvidos com a referencia que as provas apresentadas não eram as suficientes. Nos relatos deste livro conhecemos um outro lado que nos leva a questionar muitas coisas.

    ¬ Responder

Comentários - “A mais cruel das Tiranias” – Histórias reais, ou nem por isso

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

MELHORES CREMES PARA PELE DERMATOLOGICAMENTE TESTADOS E APROVADOS

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Beleza
MELHORES CREMES PARA PELE DERMATOLOGICAMENTE TESTADOS E APROVADOS\"Rua
Anualmente,ouvimos falar de muitos cremes e produtos para a pele milagrosos,descrevendo até mesmo uma renovação da pele anormal, para os padrões e formulas químicas inclusas no produto.
A Verdade é que são poucos os produtos que realmente fazem alguma diferença.

Mas aqui informamos uma lista de 5 cremes para a pele dermatologicamente testados e que realmente fazem a diferença sem propagandas enganosas comprovado por médicos usuários sendo reconhecidos pela qualidade no mercado atual dos cosméticos.

ATENÇÃO PARA A LISTA TOP5 PRODUTOS PARA UMA PELE MAIS SAUDÁVEL:

VITANOL A-ácido retinóico limpeza facial profunda clareamento de pele peeling recomendado pelos dermatologistas sendo o mais frequente em recomendações médicas.

Active Dermato Creme Esfoliante Facial, 60g realmente
rende uma boa limpesa facial -O Boticário

Ácido kójico, despigmentante derivado do arroz, promove sim um resultado mais leve.

Idebenona, nova favoritaa dos espertinhos, tem efeito clareador tão potente quanto o da hidroquinona. Melhor: é mais segura, sem tantas reações adversas.

Clarinskin II é extraído do gérmen do trigo e também controla a síntese de melanina. Destaque: é liberado para o uso em gestantes, vantagem Boaa no mundo dos cremes clareadores.

DICA RÁPDA:HIDRATANTE MELHORA SIMMMM AS RUGAS!!
O uso de filtro solar, associado ou não ao hidratante, protege a pele dos raios ultravioleta. É preventivo contra envelhecimento e até tumores de pele.
DICA RÁPDA: Todo creme deve ser passado debaixo para cima
DICA RÁPDA: Os produtos para limpar, tonificar e hidratar a pele tem de ser da mesma linha
DICA RÁPDA:Os cremes usados à noite não deixam a pele respirar.

.O que causa o aparecimento da celulite? Fatores hereditários interferem?

A celulite é causada por vários fatores concomitantes. A questão hereditária da predisposição também é relevante e quando existem famílias que as mães, as mulheres família tem muita celulite, as filhas terão logicamente maio tendência. A questão genética ou hereditária também está relacionada ao tipo de corpo, os corpos "mais arredondados, mais curvilinhos, mais femininos", são aqueles que tem mais chance de ter celulite, enquanto que aqueles mais retos com características um pouco mais masculinas são aqueles que tem menos chance de ter celulite. Além dos fatores hereditários existe e tendência relacionada ao hormônio feminino que predispõe uma retenção de líquido, as trocas do tecido vão piorando gradativamente, vai havendo uma má irrigação e uma alteração dos vasos desse tecido e também há uma questão relacionada a célula gordurosa que é uma célula hipertrofiada e com maior dificuldade de metabolização da gordura. Tudo isso associado faz com que a celulite possa aparecer.


Pesquisar mais textos:

Bell Bellucci

Título:MELHORES CREMES PARA PELE DERMATOLOGICAMENTE TESTADOS E APROVADOS

Autor:Bell Bellucci(todos os textos)

Imagem por: tranchis

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios