Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Vestuário > Peças que não podem faltar no vestuário masculino

Peças que não podem faltar no vestuário masculino

Categoria: Vestuário
Visitas: 6
Comentários: 1
Peças que não podem faltar no vestuário masculino

Os homens cada vez mais estão preocupados com a sua aparência, tanto em relação ao físico, quanto ao vestuário. Esses homens que se cuidam e que se importam com seu visual dando atenção à moda e as tendências da vez são geralmente homens seguros, que tem iniciativa e não são apegados a crenças antigas e machistas que só as mulheres deviam se preocupar com a beleza. O que os homens não valorizavam é que as mulheres sempre apreciaram homens que gostam e sabem se vestir, homens despojados, mas que não perdem a elegância. Homens que se cuidam parecem aos olhos femininos mais másculos.

Atualmente surgiu a nomenclatura “metrossexual” que se destina aos homens preocupados com a beleza. Esses homens passam pelos mesmos rituais femininos de embelezamento estético. Vão ao cabelereiro, vão à manicure e à pedicure, deixando as unhas e cabelos com cortes adequados, alguns ainda se depilam a fim de sentirem-se esteticamente mais atraentes e, caso necessitem, não veem problema em realizar cirurgias estéticas. Esse é o novo homem que se apresenta na contemporaneidade.

No entanto a maioria ainda está no meio termo. Muitos ainda se constrangem, embora gostassem de fazer, de ir em busca desses serviços machistamente encarados como femininos. Os homens desse “meio termo” estão preocupados com a estética, mas não procuram tão efetivamente os serviços que a estética oferece. No máximo vão ao cabelereiro.

Esses homens preocupados com o visual aderem às tendências modernas e vão às compras com mais calma e paciência. Experimentam e escolhem uma variedade de peças. Algumas peças não podem faltar no guarda-roupa desse homem contemporâneo. Uma delas é a calça jeans que hoje assumiu vários modelos, estampas e lavagens, especificamente masculinos servindo até de modelo para as mulheres. Essa peça não pode faltar, inclusive várias delas. A calça jeans pode passar por variados ambientes. Dependendo do modelo e da estampa podem ir a eventos mais sociais, exceto os eventos a rigor, ir a passeios familiares, ir a festas e ao trabalho. Tudo dependerá da composição de camisa e sapato. Esse tipo de calça ainda permite do uso de sapato social até o uso de sandálias de verão masculinas. Claro que o tipo de vestimenta tem de estar de acordo com a personalidade da pessoa. Caso contrário o visual destoa e torna-se feio.

Outra peça que é indispensável no vestuário masculino é a camiseta. Hoje as camisetas têm diversas estampas e ornamentos. São feitas de tecidos variados, dos mais leves aos mais grossos. Ainda existem tecnologias em tecidos que proporcionam menos trabalho, tendo as camisetas pouca ou nenhum necessidade de serem passadas à ferro. Existem também as opções de camisetas personalizadas que dão descontração ao look. As camisetas seguem a mesma liberdade da calça jeans. Podem se apresentar em variados ambientes, desde que estejam de acordo com o local. Camisetas personalizadas requerem mais cuidado. Não é em todo o ambiente que elas podempassar, já que trazem mensagens significativas.

Camisas também são acessórios fundamentais no vestuário masculino. Elas garantem ao visual, um ar mais elegante, sofisticado e atraente. Essas peças também possuem inúmeras e variadas cores, podendo compor visuais diferentes e de acordo com cada evento e intenção. Eventos mais sociais pedem camisas mais sóbrias. Os demais podem contar com o gosto pessoal e a criatividade masculina.


Rosana Fernandes

Título: Peças que não podem faltar no vestuário masculino

Autor: Rosana Fernandes (todos os textos)

Visitas: 6

779 

Imagem por: Adam UXB Smith

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • SophiaSophia

    12-06-2014 às 21:28:45

    Acho muito legal os homens se preocuparem com o que vestir, com sua aparência. Claro, não precisa ser aquela coisa demasiada, mas um pouco de cuidado é sempre bom! Realmente, essas peças não poderão faltar no vestuário masculino.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - Peças que não podem faltar no vestuário masculino

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os primeiros brinquedos

Ler próximo texto...

Tema: Brinquedos
Os primeiros brinquedos\"Rua
O brinquedo é mais do que um objecto para a criança se divertir e distrair, é também uma forma de conhecer o mundo que tem ao seu redor e para dar asas à sua imaginação. Desta forma, os brinquedos sempre estiveram presentes na sociedade.

Os primeiros brinquedos datam de 6500 anos atrás, no Japão, em que as crianças brincavam com bolas de fibra de bambu. Entretanto há 3000 anos surgiram os piões feitos de argila e decorados, na Babilónia.

No século XIII apareceram os soldadinhos de chumbo, porém só eram acessíveis às famílias nobres. Cinco séculos mais tarde, apareceram as caixas de música, criadas por relojoeiros suíços.

As bonecas são muito antigas, surgiram enquanto figuras adoradas como deusas, há 40 mil anos, mas a primeira fábrica abriu apenas em 1413 na Alemanha. Barbie, a boneca mais famosa do mundo, foi criada em 1959, mas ainda hoje é das mais apetecíveis pelas crianças.

O grande boom dos brinquedos aconteceu quando se descobriu o plástico para o fabrico. Mesmo assim, muitas famílias não podiam comprar brinquedos aos filhos, como tal, estes utilizavam diversos tipos de materiais e construíam os seus próprios brinquedos.

Actualmente, as crianças têm acesso a uma enorme variedade de brinquedos, desde bonecas, a carros telecomandados, a videojogos… Educativos ou apenas lúdicos, há de tudo e para todos os gostos e preços.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Os primeiros brinquedos

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: Adam UXB Smith

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • umdolitoys 23-01-2013 às 05:46:38

    Adorei a reportagem! e tenho algo para vocês verem!!

    Espero que gostem!!!

    ¬ Responder
  • sofia 22-07-2012 às 21:56:29

    Achei muito interecante e muito legal saber que ano foi fabricadoas bonecas

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios