Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Dicas de como tratar as alergias na pele

Dicas de como tratar as alergias na pele

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
Comentários: 2
Dicas de como tratar as alergias na pele

A alergia cutânea pode ser considerada um tipo bem menos grave quando comparada a outros tipos de alergia, mas, isso não torna seu tratamento mais fácil ou menos importante. E muitas vezes, o mal-estar intenso causado pela coceira incessante e o comprometimento estético da pessoa, pode ser tão frustrante quanto qualquer outra forma de alergia. Então, saiba mais e vaja dicas de como tratar as alergias na pele.

Como as alergias se manifestam? De forma geral, o termo utilizado para se referir a uma alergia na pele é dermatite atópica. A palavra “dermatite” significa inflamação cutânea, e o termo “atópica” significa que não ocorre em um local definido, ou seja, pode aparecer em qualquer área do corpo.

Geralmente as pessoas acham que a alergia pode ser provocada por algo que se encostou à pele, mas nem sempre é assim. Saiba que existe um tipo de dermatite, conhecido como dermatite alérgica de contato, em que o organismo exibe uma reação imunológica sistêmica contra algum alérgeno que se encontra em certa substância que entrou em contato direto com a pele. Mas, esse tipo de alergia não é a mais frequente. ~

A dermatite atópica é mais comum, e costuma ser uma manifestação externa devido ao contato com um fator alergênico interno, ou seja, pode ser provocada pela ingestão de um alimento ou pela inalação de alguma coisa.

Tratamento para as alergias de pele – O tratamento definitivo para as alergias é feito evitando-se o contato ou ingestão do elemento responsável por desencadear os sintomas da alergia. Mas, nem todas às vezes isso é possível, por isso existem algumas medidas que ajudam a minimizar o tempo de duração dos sintomas e reduz os incômodos causados. Confira:
- A lesão cutânea, chamada de eczema, pode ser tratada com corticoide tópico não fluorado, pois ele ajuda a parar a resposta imunológica do organismo e mantem a alergia sob controle. Mas lembre-se é este tipo de medicamento somente pode ser receitado pelo médico.
- Não passe cremes ou loções sobre as áreas afetadas, somente se estes forem indicados por um médico.
- Tente usar mais roupas largas e de tecidos leves, que deixam a pele respirar e facilitam a evaporação do suor.
- O suor é um fator que pode piorar o eczema, por isso, tomar banhos regulares pode ajuda a melhorar a situação.
- Não coce a pele, pois a laceração cutânea facilita a infeção por microrganismos patogênicos.
- E por último, o principal fator responsável pelo surgimento de problemas cutâneos é o estresse, por isso, tente evitá-lo.

Por fim, além de seguir essas dicas simples, se notar algum tipo de sintoma alérgico na pele procure a orientação de um médico. Somente este profissional poderá indicar a melhor forma de tratar o seu problema.


Rua Direita

Título: Dicas de como tratar as alergias na pele

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 0

765 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • ale

    29-12-2012 às 16:50:10

    Estou com um processo alergivo ja fazem uns 5 meses...nao se sabe do que:Minha palpebra fica inchada...coca muito ao redor dos olhos,e a parte do peito fica grossa e coca tbem...sao os lugares mais atacados...estou deseperada pois meus olhos incham e ficam vermelhos....oque faco por favor alguem me ajuda?

    ¬ Responder
  • Elenita

    23-10-2012 às 02:17:52

    hà uns três dias sinto cosseira por todo o corpo, oque devo fazer?.

    ¬ Responder

Comentários - Dicas de como tratar as alergias na pele

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como cuidar de Plantas de interior

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Bricolage Jardim
Como cuidar de Plantas de interior\"Rua
Cada planta tem um comportamento diferente, vou colocar aqui alguns cuidados que servem para a maioria delas.

LUZ:

Os principais erros no cultivo de plantas de interior é a falta de luz.
Se elas estiverem em locais onde não há luz suficiente, isso pode ser corrigido com a instalação de luz artificial, existe no mercado lâmpada que imitam a luz natural.


TEMPERATURA:

Mudanças bruscas de temperatura retardam e até paralisa o crescimento da planta, bem como causa a queda de folhas.


UMIDADE:

A maioria das plantas necessita de uma umidade atmosférica adequada.
Normalmente notamos que a planta não está com a umidade correta quando acontece ficarem amarelas e a queda de folhas.


IRRIGAÇÃO:

Conselhos básicos:
Uma planta em fase de crescimento vai precisar de mais água que uma que está em fase de dormência, ou já atingiu o seu tamanho adulto.
Durante a floração a planta precisa de mais água que em sua fase de crescimento
Em ambientes internos mais quentes é evidente que a planta vai precisar de mais águas que em ambientes mais frios.
Para saber qual é o momento exato de molhar, enfie o dedo no substrato, se sentir ele seco, chegou a hora

FERTILIZANTE:

Para que a planta tenha um desenvolvimento harmonioso convém usar periodicamente de fertilizantes que podem ser líquido ou sólidos.
No mercado existe a venda fertilizante com fórmulas específicas para cada planta.
Após a utilização do fertilizante regue a planta.

LIMPEZA:

Faça regularmente a limpeza de folhas secas e caule, pois elas são bastante positivas não só esteticamente como para a saúde das plantas.
Se estiver acumulada muita poeira sobre as folhas, espane, e depois passe um pano húmido
Atenção: Existe algumas espécies, que tem as folhas aveludadas, tipo a Violeta Africana, Begônia Rex, etc. que não deve ser colocada água é só usar uma escovinha bem macia.

TROCA DE VASO:

De uma maneira geral após 1 ou 2 anos as plantas de interior devem ser colocadas em vasos de tamanho maior.
Isso deve ser feito porque as raízes passam a ocupar um grande espaço e também porque o substrato vai perdendo sua composição inicial.
A época mais adequada varia de planta para planta, algumas devem ser feitas na primavera e outras quando estão na fase de repouso.
Aproveite para obterem mudas, separando brotos e dividindo touceiras.

Pesquisar mais textos:

Miguel Pereira

Título:Como cuidar de Plantas de interior

Autor:Miguel Pereira(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Briana AlvesBriana

    13-10-2014 às 04:09:31

    Muito bom! É tão gratificante cuidar de plantas. A gente vê o quanto elas florescem quando são bem-cuidadas. Amei as dicas!

    ¬ Responder
  • Rua DireitaRua Direita

    18-04-2014 às 22:36:55

    Fantástico seu texto, a Rua Direita agradece!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios