Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Como tratar a dor de garganta

Como tratar a dor de garganta

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
Visitas: 6
Comentários: 1
Como tratar a dor de garganta

Quem nunca sofreu com os incômodos de uma dor de garganta? Apesar de não parecer um problema muito grave, ela deve ser tratada corretamente, para evitar possíveis complicações. Então, veja algumas dicas e aprenda como tratar a dor de garganta.
De forma geral, a dor de garganta é causada por dois fatores: a infecciosa e a inflamatória. Veja alguns exemplos abaixo e saiba mais.

Faringite – É uma inflamação causada por vírus. A pessoa que manifesta seus sintomas sente dor na garganta ao falar, engolir ou bocejar. Além disso, a área inflamada fica com uma aparência avermelhada. E em alguns casos, pode ocorrer uma infecção na região, que pode ser identificada pela formação de placas de pus.

Amigdalite – Esta pode ser ocasionada por bactérias ou vírus. Nestes casos, o indivíduo sente dores na garganta ao engolir, seguida ou não de febre e mal-estar. Também é comum o aparecimento de placas de pus.

Laringite – Pode ser confundida com a faringite, mas é uma infecção causada por vírus. Essa infecção ocorre na área do pescoço, no local onde a voz é produzida. A pessoa com a doença pode sentir dores no local, enrouquecimento e tosse seca.

Como tratar as dores de garganta de maneira adequada? Para isso é indispensável consultar um médico, pois ele poderá avaliar o quadro clínico e a origem da dor de garganta poderá ser diagnosticada corretamente, para poder ser tratada.

Faringite – Pode ser tratada por meio do uso de um analgésico e antitérmico. Mas se o quadro for infeccioso será necessário acrescentar o antibiótico.

Amigdalite – O tratamento deste problema é igual ao da Faringite, ou seja, usa-se analgésico e antitérmico quando a origem é viral e adjunto do antibiótico, quando de origem bacteriana.

Laringite – Seu tratamento também é semelhante ao da Faringite. Mas, perante o quadro de rouquidão persistente, é indispensável procurar a orientação de um especialista. Assim será possível evitar qualquer complicação.

Como evitar as dores de garganta?

- Procure sempre manter a região da garganta sempre hidratada;
- Evite respirar pela boca;
- Evite sofrer com mudanças bruscas de temperatura;
- Em caso de pessoas alérgicas, evite os fatores desencadeantes.


Rua Direita

Título: Como tratar a dor de garganta

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 6

774 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoDaniela Vicente

    13-09-2012 às 17:09:32

    para as dores de garganta não há nada melhor que sal marinho, meia chávena de chá de sálvia, com uma colher de sal e sumo de limão. se estiver constantemente com dores de garganta não é bom. o normal passa por 4 vezes ao ano. é realmente uma dor muito incomodativa, que nos dificulta a engolir os alimentos e até a falar. as melhoras para quem tiver a passar por esta infecção.

    ¬ Responder

Comentários - Como tratar a dor de garganta

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O meu instrumento musical avariou!

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Instrumentos Musicais
O meu instrumento musical avariou!\"Rua
É inevitável que, mais cedo ou mais tarde, um instrumento musical precise de reparação.

Mesmo que conheçamos bem o nosso instrumento e o consigamos arranjar, na maioria das vezes é necessário um técnico para o fazer com a melhor das qualidades.

Eventualmente, nem será necessário existir um problema com o instrumento, poderá ser apenas uma questão de manutenção. 

No caso de uma guitarra, por exemplo, qualquer instrumentista é perfeitamente capaz de substituir uma corda partida e tirar da guitarra o mesmo som que ela tinha.

No entanto, existem reparações, seja uma amolgadela no tampo ou uma tarraxa arrancada, que convêm ser feitas por técnicos especializados.

Por norma, as próprias casas que vendem instrumentos musicais efectuam essas reparações ou são capazes de aconselhar técnicos para as fazer.

Mediante o instrumento musical em questão, a reparação ou manutenção poderá ser mais cara. É sempre mais fácil arranjar um técnico que repare um piano do que um que arranje oboés.

Apesar de ser normal cuidar do nosso instrumento musical regularmente, os percalços acontecem todos os dias. Para os contornar, há sempre alguém que nos poderá aconselhar melhor do que nós próprios.

Apesar de poder sair mais caro, temos também a certeza de que o nosso instrumento foi arranjado por especialistas no assunto.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:O meu instrumento musical avariou!

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • luiz fabiano 18-02-2012 às 15:48:28

    boa tarde amigos preciso de um cabo flex da lcd da camera g70 se aulguem tiver mande um email obrigado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios