Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Desporto > Não aposte nos ginásios apenas no Verão

Não aposte nos ginásios apenas no Verão

Categoria: Desporto
Visitas: 2
Comentários: 1
Não aposte nos ginásios apenas no Verão

Fazer desporto deveria ser uma condição ao longo do ano, não só porque nos deixa mais definidos, mas porque faz bem à saúde e à alma. A verdade é que poucos são os que seguem isto. Só quando os raios de sol nos começam a acordar pela manhã, é que nos apercebemos que está a chegar mais um Verão. Assim, a partir de Março começam a enchentes nos ginásios e quanto mais da moda este for melhor, porque começam-se logo a travar conhecimentos para possíveis aventuras de Verão. Desta forma alia-se desporto a prazer. Depois são cerca de quatro meses de trabalho intenso, porque há pouco tempo para ficar em forma. Senão não dá para depois desfilar naquela praia que é frequentada pelo pessoal do ginásio.

As bicicletas, as passadeiras, os steps… não têm descanso, trabalham tudo o que não trabalharam durante o restante ano. Além disso, as aulas de grupo ficam apinhadas, misturando cheiros intensos dos mais diversos tipos de perfume. Até escolher uma aula a frequentar tem muito que se diga. Há que ter em conta se é uma actividade da moda e para tal, deve ter um nome bem estranho e que termine em fit, em pump ou attack. Depois se o professor for interessante ainda melhor, quem sabe ele não repare em nós e ainda nos dá umas aulas privadas…

Por vezes, dá a sensação que a maioria das pessoas que frequentam os ginásios estão lá apenas para encher o ego ou então numa de competição, a ver quem tem mais músculos, o corpo mais bem delineado, os bíceps mais definidos, os glúteos mais espevitados, os gémeos mais torneados… É uma autêntica passerelle, só que com nome diferente. Além disso, também a indumentária escolhida tem um grande valor. Quanto mais pele mostrar, melhor! Calções curtos, calças bem justinhas, tops que deixem o umbigo à mostra, os ténis Nike acabados de serem lançados no mercado… Tudo isto são condições que não devem ser descuradas e para que possa ser visto como uma pessoa “cool” que pode pertencer ao grupo dos “mais in”.

Todos os anos o cenário repete-se e por mais que se ouça dizer que praticar desporto faz bem à saúde, essa ainda não é a principal preocupação da maioria das pessoas.

E acaba o Verão e lá voltam os ginásios a ficarem vazios…

Catarina Guedes Duarte

Título: Não aposte nos ginásios apenas no Verão

Autor: Catarina Guedes Duarte (todos os textos)

Visitas: 2

664 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • Rafaela CoronelRafaela

    09-10-2014 às 13:31:42

    Também concordo com você! Praticar alguma atividade física é fundamental em qualquer época do ano e qualquer estação. É tão bom movimentar-se! O corpo agradece e a mente também!

    ¬ Responder

Comentários - Não aposte nos ginásios apenas no Verão

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os primeiros brinquedos

Ler próximo texto...

Tema: Brinquedos
Os primeiros brinquedos\"Rua
O brinquedo é mais do que um objecto para a criança se divertir e distrair, é também uma forma de conhecer o mundo que tem ao seu redor e para dar asas à sua imaginação. Desta forma, os brinquedos sempre estiveram presentes na sociedade.

Os primeiros brinquedos datam de 6500 anos atrás, no Japão, em que as crianças brincavam com bolas de fibra de bambu. Entretanto há 3000 anos surgiram os piões feitos de argila e decorados, na Babilónia.

No século XIII apareceram os soldadinhos de chumbo, porém só eram acessíveis às famílias nobres. Cinco séculos mais tarde, apareceram as caixas de música, criadas por relojoeiros suíços.

As bonecas são muito antigas, surgiram enquanto figuras adoradas como deusas, há 40 mil anos, mas a primeira fábrica abriu apenas em 1413 na Alemanha. Barbie, a boneca mais famosa do mundo, foi criada em 1959, mas ainda hoje é das mais apetecíveis pelas crianças.

O grande boom dos brinquedos aconteceu quando se descobriu o plástico para o fabrico. Mesmo assim, muitas famílias não podiam comprar brinquedos aos filhos, como tal, estes utilizavam diversos tipos de materiais e construíam os seus próprios brinquedos.

Actualmente, as crianças têm acesso a uma enorme variedade de brinquedos, desde bonecas, a carros telecomandados, a videojogos… Educativos ou apenas lúdicos, há de tudo e para todos os gostos e preços.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Os primeiros brinquedos

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • umdolitoys 23-01-2013 às 05:46:38

    Adorei a reportagem! e tenho algo para vocês verem!!

    Espero que gostem!!!

    ¬ Responder
  • sofia 22-07-2012 às 21:56:29

    Achei muito interecante e muito legal saber que ano foi fabricadoas bonecas

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios