Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Beleza > Cera fria: vantagens e desvantagens

Cera fria: vantagens e desvantagens

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Beleza
Visitas: 32
Comentários: 4
Cera fria: vantagens e desvantagens

No verão, e não só, as mulheres gostam de exibir umas pernas bonitas e bem depiladas, durante dias a fio, se possível. Mas tal nem sempre é possível e os inestéticos pelinhos acabam por dar um ar da sua graça no espaço de alguns dias ou semanas, dependendo do método depilatório utilizado. Os mais comuns são a lâmina, o creme depilatório e as ceras, quente ou fria.

Esta última tem vindo a ganhar peso nos últimos anos, pois constitui uma alternativa fácil e menos agressiva para a pele e vasos sanguíneos. De facto, para quem apresenta derrames sanguíneos, varizes e má circulação nas pernas, o ideal é a cera fria (em contraponto à cera quente), pois, tal como o nome indica, esta cera, não sendo aquecida, atua à temperatura ambiente e arranca o pelo pela raiz, garantindo um resultado perfeito durante 20 a 30 dias. Paralelamente, é um método bastante higiénico e descartável e não provoca irritações.




Para fazer a aplicação da cera, espalhe-se a mesma num papel celofane (próprio para o efeito) ou adquiram-se bandas já preparadas e utilização imediata. Antes de se aplicar a banda na pele, deve-se desinfetar com um algodão empapado em álcool toda a área que vai ser sujeita à depilação, para evitar possíveis riscos de infeção. Previna-se também em relação à humidade presente na sua pele, pois uma pele molhada ou húmida (com água, óleos ou cremes hidratantes) não permitirá, de todo, a depilação, já que a cera não aderirá à pele.

Posto isto, aplique a banda na pele e puxe, com um gesto seco, no sentido oposto ao do crescimento dos pelos. Pode optar, ainda, por aplicar diretamente a cera na pele, espalhando-a com uma espátula ou com os dedos e, posteriormente, aplicando o papel por cima. Após concluir a depilação, deve desinfetar novamente a área considerada.

A cera fria apresenta, todavia, algumas desvantagens, que deverão ser conhecidas antes de se experimentar o processo. Assim, saiba que esta forma de depilação é das mais dolorosas que existem e que apenas é recomendada, tal como se referiu anteriormente, a quem possua problemas circulatórios, pois a cera quente dilata os poros – tornando-se muito menos dolorosa – e também os vasos sanguíneos. Logo, a cera fria aparece como substituto automático, uma vez que não dilata nem os vasos nem os poros. Em caso de pelo muito espesso, o resultado pode não ser perfeito e existe o risco de alguns pelos ficarem encravados (que deverão ser retirados com uma pinça).

Agora que conhece melhor o método, decida se o mesmo é o mais indicado para si


Isabel Rodrigues

Título: Cera fria: vantagens e desvantagens

Autor: Isabel Rodrigues (todos os textos)

Visitas: 32

785 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 4 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoSofia Nunes

    13-09-2012 às 12:03:18

    A cera fria é de facto uma inovação recente. Uma vez que nunca usei cera quente é-me difícil fazer qualquer comparação, exceptuando a óbvia de que a cera fria é muito mais prática. Em comparação com os cremes e sprays depilatórios, a cera fria tem a vantagem de ser mais “limpa” e mais rápida (enquanto os cremes necessitam de fazer efeito), sem ser excessivamente dolorosa. Os seus resultados têm também uma duração mais longa.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoDaniela Vicente

    11-09-2012 às 18:39:43

    já experimentei a cera fria e nunca mais, embora já tenha ouvida dizer que é melhor por causa das varizes. com a cera quente também é verdade que apanhei vários escaldões. e no calor não apetece nada fazer depilação com cera quente. todavia, a cera fria é um drama, pois não se apanha os pêlos todos com a mesma precisão. a sua explicação sobre como usar a cera fria é muito precisa. parabéns.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoDavy

    30-10-2010 às 10:26:38

    Olá, gostaria de fazer outra observação nunca se desinfecta a pele com alcool pois este vai agredir a pele deixando-a mais sensibilizada e vai fazer com que a epilação seja mais dolorosa!A pele desinfecta-se com fugicida que e o producto indicado para esse efeito, e depois de uma epilação coloca-se um oleo, emulsão, creme pós depilatorio para hidratar e acalmar a pele, e em zonas mais sensiveis como axilas e virilhas ainda se pode colocar halibut ou biafine para ajudar a pele a acalmar mais rapidamente.

    ¬ Responder
  • wladyawladya

    18-09-2010 às 03:10:31

    olá, gostaria de fazer uma observação: os metodos de cera fria e quente são um processo de epilação e não depilação. A epilação consiste na remoção dos pêlos com parte do bulbo piloso, ou seja,é retirada a "raiz". Na depilação o pêlo quebra tangendo a pele, ou seja, superficialmente como depilação com lâminas(gilete), aparelhos eletricos e cremes depilatorios. ok ai vai a dica.

    ¬ Responder

Comentários - Cera fria: vantagens e desvantagens

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Informática
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?\"Rua
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Bom, Não é de hoje que tecnologia vem surpreendendo a todos nós com grandes revoluções e os custos que diminuem cada vez mais.
Hoje em dia é comum ver crianças com smarthphones com tecnologia que a 10 anos atrás nem o celular mais moderno e caro do mercado tinha.
Com isso surgiram sugiram vários profetas da tecnologia e visionários, tentando prever qual será o próximo passo.

E os filmes retratam bem esse tema e usam essa formula que atrai a curiosidade das pessoas.
Exemplos:

Minority report - A nova lei de 2002 (Imagem)

Transcendence de 2014

Em Transcendence um tema mais conspiratório, onde um ser humano transcende a uma consciência artificial e assim se torna imortal e com infinita capacidade de aprendizagem.
Vale a pena ver tanto um quanto o outro filme. Algumas tecnologias de Minority Report, como utilizar computadores com as mãos (caso do kinect do Xbox 360 e One) e carros dirigidos automaticamente, já parecem bem mais próximo do que as tecnologias vistas em Transcendence, pois o foco principal do mesmo ainda é um tema que a humanidade engatinha, que é o cérebro humano, a máquina mais complexa conhecida até o momento.

Eu particularmente, acredito que em alguns anos teremos realmente, carros pilotados automaticamente, devido ao investimento de gigantes como o Google e o Baidu nessa tecnologia.

Também acho que o inicio da colonização de Marte, vai trazer grandes conquistas para humanidade, porém grandes desafios, desafios esses que vão nos obrigar a evoluir rapidamente nossa tecnologia e nossa forma de encarar a exploração espacial, não como um gasto, mas sim como um investimento necessário a toda humanidade e a perpetuação da sua existência.

A única salvação verdadeira para humanidade e para o planeta terra, é que seja possível o ser humano habitar outros planetas, seja localizando planetas parecidos com a terra ou mudando planetas sem condições para a vida em planetas habitáveis e isso só será possível com gente morando nesses planetas, como será o caso do Marte. O ser humano com a sua engenhosidade, aprendeu a mudar o ambiente a sua volta e assim deixou de ser nômade e da mesma forma teremos que aprender a mudar os mundos, sistemas, galáxias e o universo a nossa volta.

Espero que tenham gostado do meu primeiro texto.
Obrigado à todos!
Até a Próxima!


Pesquisar mais textos:

Érico da Silva Kaercher

Título:Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Autor:Érico da Kaercher(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios