Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Animais Estimação > Aquário de peixes de água quente: cuidados a ter

Aquário de peixes de água quente: cuidados a ter

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Animais Estimação
Visitas: 110
Comentários: 19
Aquário de peixes de água quente: cuidados a ter

Na Europa, o hábito de cultivar peixes em aquário, data de 1890, e se expandiu após a Primeira Guerra. Hoje, configura-se num entretenimento para grande número de pessoas.

Os aquários de peixes de água quente são os mais encontrados, pois abrigam maior número de espécies que o aquário de água fria, e são mais fáceis de manusear que os de água marinha. Os peixes provêm dos trópicos, da Ásia ocidental e da América do Sul. Algumas espécies são reproduzidas em estações da Holanda e Alemanha, onde se testam culturas diferentes e se renovam as reservas.

Numerosas e belas espécies sobrevivem neste tipo de aquário, mas algumas se mantêm exclusivamente nas altas temperaturas.

O alheta-vermelha, por exemplo, empalidece suas barbatanas rubras, se houver esfriamento. O saia-preta só conserva a cor negra que lhe dá o nome, se a água permanecer quente. O papa-mosquitos, predador destes insectos e bastante útil nas regiões de incidência da Malária, é resistente a mudanças, mas depende de água bem aquecida.

O barbo-de-lira, do leste africano, é de difícil cultivo, pois apenas sobrevive em água velha, altas temperaturas e com alimento vivo. O Leopardo, do oeste asiático, vive muito tempo, mas não resiste a variações da temperatura. Isto significa que há cuidados indispensáveis.

Para estes peixes embelezarem seu aquário por muito tempo, é primordial manter a água aquecida, com mínimas variações. Instale a resistência dentro do aquário e a mantenha junto a uma pedra que difunde calor, ou um elevador, gerando a circulação do calor e da água.

Os aparelhos elétricos devem ser revisados todos os dias. Se não estiverem funcionando correctamente, o reparo deve ser imediato, impedindo que a temperatura seja alterada ou que o arejamento seja comprometido.

A toxicidade da água ocorre com a decomposição de animais ou sobras de alimento. Por isso, retire-os sempre que identificá-los e, para diminuir esse problema, ofereça quantidades mínimas de comida, para evitar restos.

A água precisa ser trocada constantemente, em pequenos volumes. Pode-se aproveitar a manutenção semanal da aspiração dos depósitos do substrato para realizar a substituição da água, que precisa ter sido envelhecida antes, para não haver uma mudança drástica.

Lembre-se que o aquário é um mundo à parte, com toda a carga de complexidade de sistemas comunitários, e a intervenção humana é determinante para o sucesso ou fracasso das vidas que o habitam. Intervenha para o sucesso.


Hediene

Título: Aquário de peixes de água quente: cuidados a ter

Autor: Hediene Hediene (todos os textos)

Visitas: 110

791 

Imagem por: adhoc alley

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 19 )    recentes

  • SophiaSophia

    21-04-2014 às 18:18:01

    É sempre bom ter em casa aquário de peixes. Os cuidados também deverão ser conhecidos. Não é só apenas pegar e pronto. Exige-se algumas medidas particulares em relação a peixinhos.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatização

    18-10-2012 às 15:43:55

    Não quero nada disso.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãoambientalista

    15-05-2014 às 07:11:26

    faz bem. pois comprando peixes demais pode dar problemas ao meio ambiente. tem que ser pra quem gosta, e de preferência, pra quem quer reproduzir.

    ¬ Responder
  • Rua DireitaRua Direita 09-04-2012 às 11:47:28

    Lena,
    tente se informar junto a uma loja especializada no tratamento deste tipo de aquário para ver se realmente está a fazer tudo em condições para que consiga melhorar a qualidade e tempo de vida dos seus peixes de estimação.

    ¬ Responder
  • LenaLena

    08-04-2012 às 19:23:34

    tenho um aquário de peixes de água quente,fiz tudo como me disseram,entretanto passados 2/3 dias a água começou a ficar turva..alguém me pode ajudar?!obrigado

    ¬ Responder
  • vicente

    01-02-2016 às 14:25:55

    a srª lena ja resolveu a situação ?

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoGuilherme Foresti

    11-01-2012 às 17:58:46

    @Paulo Marques
    Nunca mas nunca tire estas algas os peixes adoram elas!se eles ficarem com fome enquanto você esta fora,ele vão come-lá não se preocupe

    ¬ Responder
  • claudioclaudio

    17-10-2011 às 13:03:44

    tenho varias de raças de peixes no meu aquario.
    tenh guramis amarelos, guramis perola um botia palhaço, gupis femeas e machos, 1 escalar um casal de barbo cereja em fim tenho de tudo um pouco!
    o k keria era fazer criaçoes com alguns e é muito dificil!
    k posso fazer?

    ¬ Responder
  • sarahsarah

    15-04-2011 às 00:29:40

    nos queremos fazer um aquecedor para aquario que dicas vcs nos dão??

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãopedro

    20-02-2011 às 16:35:34

    compre um limpa vindros

    ¬ Responder
  • Paulo MarquesPaulo Marques

    11-02-2011 às 17:12:33

    Ola
    Sou o Paulo e tenho um problema no meu aquario com um tipo de algas que teima em não deixar o meu aquario.
    Tenho tentado com produtos que se vendem nas lojas bem como telo completamente as escuras .
    Não sei que fazer gostava que me dessem concelhos para por fim as algas
    Obrigado

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãoantonio mendesho

    05-02-2011 às 17:11:55

    gostava de saber qual o tempo de gestacao das femias tenho uma ja na maternidade ha 20 dias evi a fecundacao no di 20 de dezembro nao sei se nasce peixes ou ovos gostava de ajuda como nao tenho computador ligueme parao926573182 antonio mendes obrigado

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoCamila

    08-08-2010 às 17:51:42

    Oi.. sou do Sul do Brasil, e preciso montar um aquário com peixes de agua quente.. Quais são as espécies de peixes que vocês me indicam? Muito obrigada pela atenção.

    ¬ Responder
  • augustoaugusto

    28-06-2010 às 15:27:15

    boa tarde gostava de saber se posso adicionar o anti cloro com os peixes no aquario sao de agua quente obrigado

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãoívan nunes

    18-05-2010 às 11:32:27

    ola, o aquario começa a ficar com os vidros verdes porque esta a apanhar demasiada luz solar ou nao, o aquario tem que ter alguma luz solar mas nunca raios directos.

    ¬ Responder
  • teresateresa

    02-05-2010 às 04:40:22

    tenho um disco em que as barbatanas estão com falta de pedaços, o que posso fazer?

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoJam

    06-04-2010 às 10:54:04

    @Marineia Aaraas
    Tem que comprar um limpador de vidros próprio para aquarios. Deve chegar junto do vendedor e reclamar! Ele devia ter informado voçe.

    ¬ Responder
  • Marineia AaraasMarineia Aaraas

    06-04-2010 às 08:16:18

    Sou da Noruega e tenho um aquario a cerca de 2 semanas, por que meu áquario os vidros estao sempre verdes ( o lôdo )? ...que devo fazer para manter os vidros limpos? ;tenho dois filtros bastantes bons e o vendedor ( por sinal mal educado ) nao me deu nenhuma infomacao. Vc pode me ajudar?.. Agradeco a redacao de vcs e fico no aguardo da resposta.

    ¬ Responder
  • Mega

    04-11-2012 às 08:56:36

    Não sei se estou certo porque também estou no inicio desta "arte"(manutenção de aquários) mas aconselharam-me a comprar 2 tipos de peixes que ajudam para o bom ambiente no aquário, o "Limpa-vidros" e o "limpa-fundos"... talvez sejam úteis para o seu aquário.

    ¬ Responder

Comentários - Aquário de peixes de água quente: cuidados a ter

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os descendentes de Eça

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Literatura
Os descendentes de Eça\"Rua
Recentemente, por via da comunicação social, soubemos da entrega do prémio Leya, a um trineto de Eça de Queirós. Julgo que bastou essa noticia, para que todos ficássemos curiosos sobre os seus descendentes…esse mistério, como o Mistério da Estrada de Sintra, começou a adensar-se entre quem se interessa por estas coisas da literatura e da genealogia…então aqui deixo algumas notas que poderão ser importantes para quiçá, um dia, um qualquer jornalista, ou editor, se lembre, de conseguir reunir todos os seus descendentes vivos e se tire uma fotografia de família.

José Maria Eça de Queirós, escritor pródigo da nossa nação, contraiu matrimónio em 1886, com Emília de Castro Pamplona Resende, condessa de Resende, deixando à data de sua morte, em Paris, quatro filhos como seus descendentes e herdeiros diretos; foram eles António Eça de Queirós, Maria Eça de Queirós, Alberto Eça de Queirós e José Maria Eça de Queirós; portanto três meninos e uma menina.
Através do site Geneall.net, foi possível perceber as linhas genealógicas que se seguiram aos seus filhos. No entanto, nem todos os nomes dos seus bisnetos e trinetos estão aí presentes, com certeza por motivos de ordem pessoal, de resguardo da privacidade, motivos que não podemos questionar. Porém, é possível, pelo menos determinar a existência desses membros da família queirosiana.

De antemão sabemos que não houve descendência por parte de dois dos seus filhos, António Eça de Queirós e de Alberto Eça de Queirós.
Maria Eça de Queirós teve dois filhos, uma menina e um menino, porém a menina morreu muito nova, ficando apenas o menino, de seu nome Manuel Pedro Benedito de Castro, que mais tarde casou com Maria da Graça Salema de Castro, a mulher que se tornou a primeira diretora da Fundação Eça de Queirós, na casa de Tormes, pertença da família da esposa de Eça de Queirós. Como Manuel Pedro Benedito de Castro não teve filhos, sabemos que por este ramo, terminou a descendência do escritor.

Convém, entretanto, acrescentar aqui uma curiosidade. Depois do regresso a Portugal da viúva de Eça, ela e os filhos, foram residir para a casa da Granja, pertencente à família de Sophia de Mello Breyner. Inicialmente como esta casa costumava ser arrendada pela família de Sophia, Emília de Castro, arrendou-a, vindo a compra-la uns anos depois. Portanto, é aqui nesta casa que ela cria os seus filhos, e é onde, José Maria Eça de Queirós, um dos seus filhos, permanece após a sua morte, tendo criado aqui os seus filhos e netos, e tendo aqui também falecido.

Podemos então seguramente afirmar que a sua grande linha de descendência parte do seu filho, com o mesmo nome, José Maria Eça de Queirós, que teve também ele, atente-se à curiosidade, quatro filhos, neste caso, ao inverso, um menino, e três meninas, respetivamente de seus nomes, Manuel Eça de Queirós, Maria das Dores Eça de Queirós, Matilde Maria de Castro de Eça de Queirós e Emília Maria de Castro Eça de Queirós. Esta ultima, Emília, teve ao que consta nove filhos, sendo que um deles, Afonso Maria Eça de Queirós Cabral, é quem atualmente preside à Fundação acima citada, depois da morte da primeira presidente, referida atrás, Maria da Graça Salema de Castro.

Manuel Eça de Queirós por sua vez teve seis filhos, Maria das Dores Eça de Queirós teve três filhos, e Matilde Maria de Castro de Eça de Queirós, dois filhos. Somados, contabilizamos vinte, os bisnetos do famoso escritor. Seria interessante avançar um pouco mais nos ramos genealógicos e aflorar quem são ou pelo menos, quantos são os trinetos e tetranetos de Eça, por conseguinte fica aqui o desafio, pois é certo que porventura alguns destes descendentes não se conhecem, e nunca terão trocado qualquer impressão sobre o seu ascendente, para uns, bisavô, para outros trisavô, e ainda para outros, tetravô.

Pesquisar mais textos:

Liliana Félix Leite

Título:Os descendentes de Eça

Autor:Liliana Félix Leite(todos os textos)

Imagem por: adhoc alley

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios