Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Animais Estimação > Husky Siberiano – Dicas e cuidados

Husky Siberiano – Dicas e cuidados

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Animais Estimação
Comentários: 4
Husky Siberiano – Dicas e cuidados

O Husky Siberiano é um cão de origem Russa, na Sibéria, lugar onde atuava como um cão de tração, ou seja, puxava trenós em condições de frio extremo. Esse cão também desenvolvia funções de busca e salvamento na neve.

Os cães dessa raça possuem uma pelagem carregada e comprida, composta por duas camadas de pelo, sendo uma característica importante que assegura sua sobrevivência em áreas muito geladas. Eles podem ser encontrados em várias cores, como branco e cinza, e combinações de branco com preto, marrom avermelhado e vermelho cobre.

Já os olhos do Husky Siberiano atraem a atenção pela beleza, podem ser verde, azul, amarelo ou castanho. Suas orelhas são de porte médio, apontadas para cima. E a sua calda é bem peluda, parecida com uma calda de raposa.

Dicas para criar Husky Siberiano – Os machos dessa raça medem entre 53 a 60 cm de alturas, e as fêmeas entre 51 a 56 cm. Já seu peso pode variar entre 15 e 30 kg. O Husky Siberiano é uma ótima raça de cão para acompanhar as crianças, pois eles gostam de brincar, são carinhosos e possuem muita energia.

Para que eles sejam criados adequadamente o ideal é que eles tenham uma grande área para viver, para poderem correr e gastar energia. Por isso, essa raça não é indicada para quem mora em apartamentos ou casas pequenas.

E se você está interessado em começar a criar um Husky Siberiano saiba que ele possui instinto de caça, ou seja, ele pode perseguir e matar animais de pequeno porte, como gatos, coelhos, galinhas e ratos, entre outros. Então, se você já tem outros animais de estimação em casa, é melhor avaliar antes de escolher um cão dessa raça. Mas, é possível cria-lo junto a esses animais, para ele possa se acostumar.

Cuidados com o Husky Siberiano

- Não de banhos nele com muita frequência;

- A troca de pelos ocorre duas vezes ao ano, por isso, esteja preparo para escová-lo bastante e para os pelos que irão se espalhar por toda a casa;

- Os cães Husky Siberianos gostam de praticar atividades esportivas e de brincar. Por isso, sempre que possível, leve-o para fazer uma caminhada;

- Cães filhotes devem comer ração 3 vezes ao dia. Já os cães adultos devem comer de manhã e à noite.


Rua Direita

Título: Husky Siberiano – Dicas e cuidados

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 0

813 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 4 )    recentes

  • SophiaSophia

    16-06-2014 às 07:58:46

    São lindos e de grande postura. Adorei saber que em cada região, Deus se preocupou até com as condições climáticas desse tipo de raça de cão. Que Deus fantástico!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • joana

    18-09-2013 às 20:38:25

    filhotes pode comer frutas ,estou dando leite e ração de leite queria sabe o que que posso da mais a ela fora a ração eo leite

    ¬ Responder
  • Rijcaard Kock

    04-07-2013 às 09:28:55

    Olá tipo Moro em BH Sera que o clima daqui atrapalharia a vida deles ou o clima não afetara em nada ?

    ¬ Responder
  • carol

    30-04-2013 às 19:19:07

    amei esse site.OBS se alguma pessoa tiver um husky siberiano para vender filhote esto interresada,mande a resposta por vavor no meu msn.

    ok.Beijocas

    ¬ Responder

Comentários - Husky Siberiano – Dicas e cuidados

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Um sinal de compromisso

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Jóias Relógios
Um sinal de compromisso\"Rua
Exibir uma aliança de compromisso é, frequentemente, motivo de orgulho e, quando se olha para ela, vai-se rodando-a no dedo e fica-se com aquela expressão ridícula na cara.

Uma questão se coloca: qual a razão de estas alianças de compromisso serem tão fininhas: será porque os seus principais clientes, os jovens, são sujeitos de poucas posses (tendendo as mesadas a emagrecer ainda mais com a crise generalizada) ou porque esse compromisso, não obstante a paixão arrebatadora, é frágil e inseguro?

Sim, porque aqui há que fazer cálculos matemáticos: x compromissos vezes y alianças…com um orçamento limitado sobre um fundo sentimental infinito…

Depois, importa perpassar os tipos destas alianças. Há as provisórias, que duram em média quinze dias; há as voadoras, que atravessam os ares à velocidade da luz quando a coisa dá para o torto; há as que insistem em cair do dedo, sobretudo em momentos em que ter um compromisso se revela extremamente inoportuno; e depois há as residentes, que uma vez entradas não tornam a sair.

Os pombos-correios usam anilhas onde figuram códigos que os identificam. Talvez não fosse completamente descabido fazer umas inscrições deste género em algumas alianças de compromisso por aí…

Só para ajudar os mais esquecidos a recordarem a que “pombal” pertencem.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Um sinal de compromisso

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Luene ZarcoLuene

    22-09-2014 às 05:46:10

    Um sinal de amor e lealdade perpétua! Adoro ver os vários modelos de aliança! Vale a pena escolher uma bem bonita!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios