Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Animais Estimação > Saiba escolher o seu gato

Saiba escolher o seu gato

Categoria: Animais Estimação
Comentários: 3
Saiba escolher o seu gato

Parece até brincadeira, mais é verdade, como devemos escolher um gato, isso é mesmo uma decisão muito difícil. Escolher cachorro é muito fácil, mas o gato é coisa pra se pensar. Saiba que os gatos geralmente vivem 20 anos, e é por isso que bom saber adotar certo, pois você esta assumindo um compromisso de cuidar zelar etc. é pensando em você é que a Rua Direita vai te ensinar como e qual o melhor para você adotar esse seu filhote de estimação.

Para você adotar um gato você tem que ter suas preferências, e escolher o gato certo pode ser uma decisão muito difícil, mas lembre-se antes de você ter um gato, descubra que tipo de gato você deseja, é importante também você ver se deseja um grande ou filhote, um de pelo curto ou longo, de raça ou vira-lata, se quer macho ou fêmea, malhado ou pintado, ou de uma cor só.

Saiba que é importante você pensar em qual antes de começar a procurar. Saiba que você pode se surpreender ao constatar que o de sua preferência não se adapta ao seu estilo de vida. Saiba que se você gosta de tranqüilidade um siamês não é o que você procura ele são muitos faladores.

O gato persa é o gato que já não é falador, porém requer cuidado, ele é belíssimo, mas tem que ter cuidados especiais com a sua aparência, ou pagar um profissional só para cuidar de seu pelo. Um gato de pelo curto seria o ideal, caso você viagem muito é preciso ter um gato mais adulto, no mínimo com 8 meses de idade. Muitos adoram filhotes, eles são engraçados, e divertidos, porém você tem que lembrar que eles não são bebê.

Se você tiver espaço e energia para criar um filhote não pense duas vezes, é uma experiência maravilhosa. Lembre-se que os filhotes são mais caros e exigem, mas atenção é também é preciso de cuidados veterinários, vacinas e reforço. Os filhotes são carinhosos e passivos mais saiba que será preciso treinos para que eles continuem assim, mesmo com tudo isso, talvez não se saiba como será sua personalidade quando crescer, ou seja, ficar adulto. Entenda de uma vez por todas que bebês não combinam muito bem com filhotes de gatos, imagine um bebê de um ano e um gato de 5 meses, será que eles podem crescer juntos?



Waldiney Melo

Título: Saiba escolher o seu gato

Autor: Waldiney (todos os textos)

Visitas: 0

705 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 3 )    recentes

  • SophiaSophia

    16-06-2014 às 08:08:47

    Sugiro que pesquise na internet todos os tipos de gatos, assim, pode escolher melhor. Também é bom dar um passeio naqueles desfiles, workshops de gatos, vale muito a pena apreciar os vários tipos e raças.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • marilenemarilene

    19-10-2011 às 18:15:14

    minha filha tem uma gata, e eu estou assustada pos me falaram quem cria gatos pode vir a ter filhos doentes. me responda e tire todas as minhas duvidas obrigado..

    ¬ Responder
  • Amanda Maldonadocarla cardoso

    03-07-2011 às 20:25:37

    achei muito pois matei varias curiosidades sobre meu gato.estou gravida e fiquei com muito medo do q falavam para mim. meu gato e maravilhoso e jamais quero me disfazer dele.obrigada.

    ¬ Responder

Comentários - Saiba escolher o seu gato

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O que é uma Open House?

Ler próximo texto...

Tema: Imóveis Venda
O que é uma Open House?\"Rua
Este é um tema que vem pôr muito a lindo o trabalho de alguns mediadores imobiliários e do seu trabalho.

Quando temos um imóvel para vender, muitos são os métodos a utilizar e os meios que nos levam até eles para termos o nosso objetivo cumprido – A venda da Casa.
Quando entregamos o nosso imóvel para que uma mediadora o comercialize, alguns aspetos têm de ser tidos em conta, como a legalidade da empresa e quem será a pessoa responsável pela divulgação da sua casa, mas a ansia de vermos o negócio concretizado é tanta, que muitas vezes nos escapa a forma como fazem a referida divulgação e publicidade do imóvel.

Entre anúncios na internet e as conhecidas folhas nas montras dos estabelecimentos autorizados, muitas mediadoras optam por fazer uma ação que está agora muito em voga que é uma Open House. Mas afinal, o que é isto de nome estrangeiro que tanto se vê pelas ruas e em folhetos de anúncio?

Ora bem, a designação em Português é muito simples – Casa Aberta. E na realidade, uma Open House é isso mesmo. Abrir uma Casa para que todos a possam ver. NO entanto, requerem-se alguns aspetos que as mediadoras normalmente preveem, mas que é fundamental que o proprietário do imóvel também tenha consciência e conhecimento.

Por norma as imobiliárias só fazem este tipo de intervenção e ação em imóveis que têm como exclusivo, isto é, quando é uma só determinada mediadora, a autorizada a poder comercializar o imóvel.

Em segundo lugar, este tipo de ação de destaque requer à mediadora custos com tempo, recursos humanos e financeiros.
A mediadora começa por marcar um dia próprio que por norma é datado para um feriado ou fim de semana. Faz então publicidade local através de folhetos e flyres anunciando a Open House, o dia e a hora, tal como o local. Muito provavelmente serão tiradas fotografias ao seu imóvel.

Através de redes sociais também poderão ser divulgadas as ações.
No dia da Open House, o local será indicado com publicidade da sua casa e da imobiliária e começarão a aparecer visitas ao imóvel.

Sugiro que não tenha mobiliário e muito menos valores em casa. O ideal será o imóvel estar desocupado de todos e quaisquer bens, por uma questão de segurança, mas também porque as áreas parecerão maiores e isso com toda a certeza ajuda à venda.

A imobiliária será responsável pela limpeza e trato do imóvel, pelo que se ocorrerem danos, serão eles os responsáveis.
Neste tipo de ações, é normal que a concorrência das imobiliárias apareça e faça parcerias que para si só trará vantagens.

Uma Open House pode não ser uma ação de destaque em Portugal, mas por exemplo nos Estados Unidos, é o normal e mais agradável. Os clientes não se sentem pressionados como numa visita normal e os negócios concretizam-se com muito mais rapidez e naturalidade.

Pesquisar mais textos:

Carla Horta

Título:O que é uma Open House?

Autor:Carla Horta(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios