Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Máquinas > Opte por um termoacumulador

Opte por um termoacumulador

Categoria: Máquinas
Visitas: 124
Opte por um termoacumulador

Ter água quente durante todo o dia é necessário para as necessidades básicas das famílias. No entanto coloca-se por vezes a dúvida de saber qual a melhor opção para aquecer a água, se o esquentador, a caldeira ou o termoacumulador? A mesma duvida se coloca em relação a consumo de gás ou electricidade. Saber qual é que gasta menos ou o mais adequado para o tipo de habitação nem sempre é fácil. No entanto convêm escolher de acordo a necessidade, espaço e número de pessoas.

As dúvidas são mais fáceis de esclarecer se tiver em conta se o espaço a abastecer se trata de um hospital, escola, vivenda onde é necessário abastecer vários pontos de tiragem de água ou num apartamento que dispensa um aparelho com maior capacidade. O espaço disponível também é importante para colocar um aparelho maior.

Apesar de muita gente preferir os esquentadores que ocupam menos espaço há quem opte por ter um termoacumulador que tem algumas vantagens.

As mais funcionais relativamente a estes aparelhos a gás são: A fácil instalação, não precisa de ficha eléctrica nem pilhas, tem uma protecção anticorrosão, é fabricado em chapa de aço esmaltado e com revestimento a espuma.

Existe em vários modelos e capacidade entre os 115 graus centígrados a 280 . São preparados para gás butano.

A água pode ser regulada entre 35 graus centígrados a setenta e cinco.

A temperatura da água em reserva é controlada por uma sonda termoestática, que permite ter água sempre que se necessita, de forma rápida e com uma pressão constante em vários pontos de tiragem, por exemplo na cozinha e na casa de banho.

São fáceis de acender bastando ligar a chama piloto +para ter o depósito a funcionar.

Estes são mais indicados para quem necessita de consumir água quente durante todo o dia e de uma forma muito regular. Os eléctricos são mais aconselhados para usar só de vez em quando como por exemplo em apartamentos de férias.

As vantagens são as mesmas dos aparelhos a gás, necessitando estes de ficha eléctrica e também têm para a mesma quantidade de capacidade.

Para prédios onde existe gás natural o ideal é instalar uma caldeira ou esquentador. A funcionalidade é idêntica embora o esquentador sirva mais para apartamentos que não precisam de utilizar vários pontos de tiragem da água.

Para grandes espaços e muita gente o ideal é o termoacumulador ou a caldeira a gás.


Teresa Maria Batista Gil

Título: Opte por um termoacumulador

Autor: Teresa Maria Gil (todos os textos)

Visitas: 124

803 

Imagem por: stefano meneghetti

Comentários - Opte por um termoacumulador

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os primeiros brinquedos

Ler próximo texto...

Tema: Brinquedos
Os primeiros brinquedos\"Rua
O brinquedo é mais do que um objecto para a criança se divertir e distrair, é também uma forma de conhecer o mundo que tem ao seu redor e para dar asas à sua imaginação. Desta forma, os brinquedos sempre estiveram presentes na sociedade.

Os primeiros brinquedos datam de 6500 anos atrás, no Japão, em que as crianças brincavam com bolas de fibra de bambu. Entretanto há 3000 anos surgiram os piões feitos de argila e decorados, na Babilónia.

No século XIII apareceram os soldadinhos de chumbo, porém só eram acessíveis às famílias nobres. Cinco séculos mais tarde, apareceram as caixas de música, criadas por relojoeiros suíços.

As bonecas são muito antigas, surgiram enquanto figuras adoradas como deusas, há 40 mil anos, mas a primeira fábrica abriu apenas em 1413 na Alemanha. Barbie, a boneca mais famosa do mundo, foi criada em 1959, mas ainda hoje é das mais apetecíveis pelas crianças.

O grande boom dos brinquedos aconteceu quando se descobriu o plástico para o fabrico. Mesmo assim, muitas famílias não podiam comprar brinquedos aos filhos, como tal, estes utilizavam diversos tipos de materiais e construíam os seus próprios brinquedos.

Actualmente, as crianças têm acesso a uma enorme variedade de brinquedos, desde bonecas, a carros telecomandados, a videojogos… Educativos ou apenas lúdicos, há de tudo e para todos os gostos e preços.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Os primeiros brinquedos

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: stefano meneghetti

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • umdolitoys 23-01-2013 às 05:46:38

    Adorei a reportagem! e tenho algo para vocês verem!!

    Espero que gostem!!!

    ¬ Responder
  • sofia 22-07-2012 às 21:56:29

    Achei muito interecante e muito legal saber que ano foi fabricadoas bonecas

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios