Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Animais Estimação > O primeiro banho do seu gato

O primeiro banho do seu gato

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Animais Estimação
Visitas: 19
Comentários: 9
O primeiro banho do seu gato

Dar banho a um gato nem sempre é tarefa fácil, principalmente quando é a primeira vez. Muitas pessoas recolhem animais das ruas e deparam-se, de imediato, com um problema: o gatinho está sujo e infestado de pulgas. A primeira reação é dar um banho ao animal, mas, para fazê-lo, deverá sentir-se bem seguro/a relativamente aos passos a seguir.

Lembre-se que os gatos não necessitam, geralmente, de banhos e estes estão mesmo desaconselhados pelos médicos veterinários. Isto porque o banho, principalmente se for muito frequente, pode baixar a resistência imunitária do gatinho e levá-lo a adoecer mais facilmente. Lembre-se que os gatos tomam banho sozinhos, com um poderoso auxiliar: a língua, que remove pelagem morta, areja e ordena os pelos.

Mas, em caso de necessidade imperiosa de um banho, veja como há de proceder: num banho de estreia, deve habituar o gato à água, de forma gradual. Passe primeiro uma luva ou esponja molhada pelo corpo – evite a cabeça, olhos e ouvidos. Em seguida, observe a reação do animal. Se a mesma for hostil, não insista no momento e aguarde por uma segunda e terceira tentativas, até que o gato se habitue à sensação de água morna no corpo. Não se esqueça, a propósito, que a água não pode ser fria, já que os gatos são extremamente sensíveis às mudanças bruscas de temperatura. Quando o animal tolerar a água, coloque-o dentro de uma bacia com água à temperatura de 37ºC. Molhe-lhe o corpo e ensaboe-o com shampoo de gatos (nunca utilize shampoo convencional, para seres humanos, uma vez que muitos podem mesmo ser tóxicos para a pele do seu animal). Vá segredando palavras meigas para o acalmar. Em relação à cabeça, poderá passar as mãos molhadas pela mesma, tendo o cuidado de não deixar entrar água para os olhos, focinho ou ouvidos – nestes últimos pode mesmo colocar pedaços de algodão para evitar o contacto nefasto com a água. Quando terminar o ensaboamento, enxague o animal com água abundante (com uma tigela e nunca com o chuveiro, pois ele vai assustar-se) e seque-o com várias toalhas. Coloque-o em cima de uma outra toalha e finalize a secagem com o secador – nunca o aproxime demasiado, pois pode queimar a pele do gatinho. Desembarace o pelo com uma escova e limpe-lhe os ouvidos com um cotonete, mas apenas na zona exterior da orelha, nunca dentro do ouvido!

Ouça o seu gato e mime-o com uma banhoca (muito esporádica) quando ele assim o autorizar. Se, mesmo assim, a tarefa se revelar de todo impossível, leve-o a uma loja própria de banhos e tosquias a animais. Eles saberão o que fazer.

Isabel Rodrigues

Título: O primeiro banho do seu gato

Autor: Isabel Rodrigues (todos os textos)

Visitas: 19

774 

Imagem por: iLoveButter

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 9 )    recentes

  • SophiaSophia

    21-04-2014 às 18:37:40

    O primeiro de muitos banhos nos gatos. É bom tomar banho 2 vezes na semana e não todos os dias.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatização

    22-10-2012 às 09:54:01

    Sim, convém tomarem um banho de vez em quando.. lol. O mesmo se aplica aos humanos

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoSofia Nunes

    13-09-2012 às 16:12:51

    É importante dar banho aos gatos, ainda que o senso comum repita que os gatos são animais muito limpos – na verdade não são. Os gatos lambem-se diariamente, o que possibilita a acumulação de sujidade e bactérias no pêlo quando molhado. Essa é, aliás, a principal instância criadora das alergias. São boas as suas dicas, principalmente porque quando um gato ganha aversão ao banho em pequeno, é difícil contrariar essa tendência, tornando o banho complicado.

    ¬ Responder
  • LarissaLarissa

    09-12-2011 às 20:01:16

    @Thaynara, uma vez por mês apenas.

    ¬ Responder
  • FláFlá

    13-05-2011 às 00:08:15

    Oi, eu tenho um filhotinho de gato, ele deve ter 1 mês e está comigo a duas semanas, bom o problema é que não sei quando posso dar o primeiro banho, quando posso dar vacinas e etc...
    Pode me dar alguns conselhos??

    ¬ Responder
  • ThaynaraThaynara

    25-04-2011 às 15:22:26

    Legalll....posso dar banho no meu filhote?com que frequência?obrigado!

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoSphinx

    28-02-2011 às 21:55:42

    Muito bom, obrigado.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãomariah roberta ferreira da silva

    10-07-2010 às 00:45:45

    muito legal;e obrigaDOOO!!!

    ¬ Responder
  • maria

    05-04-2012 às 15:00:26

    muito obrigado por ter nos emssinado a dar banho em gato nos nao sabia que erra tao enteresamte assim obrigado pela sua dica

    ¬ Responder

Comentários - O primeiro banho do seu gato

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os primeiros brinquedos

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Brinquedos
Os primeiros brinquedos\"Rua
O brinquedo é mais do que um objecto para a criança se divertir e distrair, é também uma forma de conhecer o mundo que tem ao seu redor e para dar asas à sua imaginação. Desta forma, os brinquedos sempre estiveram presentes na sociedade.

Os primeiros brinquedos datam de 6500 anos atrás, no Japão, em que as crianças brincavam com bolas de fibra de bambu. Entretanto há 3000 anos surgiram os piões feitos de argila e decorados, na Babilónia.

No século XIII apareceram os soldadinhos de chumbo, porém só eram acessíveis às famílias nobres. Cinco séculos mais tarde, apareceram as caixas de música, criadas por relojoeiros suíços.

As bonecas são muito antigas, surgiram enquanto figuras adoradas como deusas, há 40 mil anos, mas a primeira fábrica abriu apenas em 1413 na Alemanha. Barbie, a boneca mais famosa do mundo, foi criada em 1959, mas ainda hoje é das mais apetecíveis pelas crianças.

O grande boom dos brinquedos aconteceu quando se descobriu o plástico para o fabrico. Mesmo assim, muitas famílias não podiam comprar brinquedos aos filhos, como tal, estes utilizavam diversos tipos de materiais e construíam os seus próprios brinquedos.

Actualmente, as crianças têm acesso a uma enorme variedade de brinquedos, desde bonecas, a carros telecomandados, a videojogos… Educativos ou apenas lúdicos, há de tudo e para todos os gostos e preços.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Os primeiros brinquedos

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: iLoveButter

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • umdolitoys 23-01-2013 às 05:46:38

    Adorei a reportagem! e tenho algo para vocês verem!!

    Espero que gostem!!!

    ¬ Responder
  • sofia 22-07-2012 às 21:56:29

    Achei muito interecante e muito legal saber que ano foi fabricadoas bonecas

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios