Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Animais Estimação > Aprenda um pouco sobre gato

Aprenda um pouco sobre gato

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Animais Estimação
Visitas: 10
Comentários: 7
Aprenda um pouco sobre gato

Possuir um animal de estimação proporciona não só prazer e alegrias, mas também é uma higiene mental. Estudos mostram que quem possui animais sofre menos de stress e são mais saudáveis. A escolha do seu animal deve levar em conta sua preferência por determinada espécie e sua própria personalidade. Para quem ama os gatos, saiba que eles são dóceis e fascinantes. O gato é sincero, age de acordo com seus sentimentos, é sincero em suas atitudes, não teme em manifestar o que lhe desagrada. Tem um forte senso de independência e apega fácil ao dono. Um é mais gato de criar, pois não é necessário sair para passear, e mesmo banhá-lo com freqüência, pois ele se mantém limpo e asseado.

Aprende facilmente a viver dentro das regras da casa. De um modo geral, há pessoas que gostam e outras que não gostam de gatos, não há meio termo. As razões mais citadas por quem escolhe um gato como animal de estimação dizem sempre que ele é lindo, e carinhoso.

É bom companheiros. São muito limpos, independentes não dão quase trabalho. Adaptam-se bem a qualquer casa ou apartamento, não importa o tamanho. É um "bom amigo". Saiba, porém quando um gato é sadio Os gatinhos devem são vivos, espertos, com senso de humor e brincalhões.

Os filhotes devem apresentar olhos claros e brilhantes, sem secreções, irritações, ou lacrimejamento. As orelhas têm que está limpa, sem parasitas. As gengivas sadias e rosadas, sem feridas. O pelo brilhante e pele sem grânulos, pontinhos pretos, inchaço ou vermelhidão. Corpo deve está musculoso e firme.

Observe os gatinhos junto com os outros da mesma ninhada. Assim estará vendo, além do físico, o seu aspeto psíquico também, deve ser observado como o seu temperamento. Outro fator importante na hora de escolher.

Você deve levar em conta mais uma vez, o objetivo de querer ter um animal de estimação. No caso de serem apenas animais de estimação, e não para procriação e venda o ideal é que sejam castrados por volta de um ano de idade, tanto machos quanto fêmeos.

Assim você terá animais mais calmos, mansos, e caseiros, não fogem mais para namorar, no caso dos machos eles não atraem todos os gatos da vizinhança como as fêmeas, para você ter um gato com um pelo brilhante e macio é necessário uma alimentação balanceada não deixe o seu gatinho ficar obesos, isso faz com que ele tenha problemas de coração.

Muitas pessoas não sabem diferenciar filhotes machos e fêmeas. Existe uma forma fácil, o filhote macho tem dois pontos abaixo da sua cauda. A fêmea tem um ponto de exclamação invertido. Portanto o melhor a fazer é possuir Áquila que você quer seja gato ou cachorro.


Waldiney Melo

Título: Aprenda um pouco sobre gato

Autor: Waldiney (todos os textos)

Visitas: 10

774 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 7 )    recentes

  • Teresa

    29-04-2014 às 14:14:13

    ola eu tanho uma gata muito chata ela portasse mal mas o que eu faço para a gata se portar bem eu ja bati em ela ja fis tudo mas ela nao se porta bem vas barulho á noite

    ¬ Responder
  • Teresa

    29-04-2014 às 14:13:00

    ola eu tanho uma gata muito chata ela portasse mal mas o que eu faço para a gata se portar bem eu ja bati em ela ja fis tudo mas ela nao se porta bem vas barulho á noite

    ¬ Responder
  • AdrianneAdrianne

    29-04-2012 às 20:43:59

    Acabei de ganhar uma gatinha, à menos de um mês. Ela é bem dócil, mas bem bagunceira também. Muito apegada à mim, e muito mimada. Dorme sempre comigo, e onde estou ela me segue. Se fico navegando na internet, ela dorme no sofá atrás de mim. Ela está com uma mania meio irritante de ficar mordendo nossa mão de brincadeira, apesar de ter seus brinquedos. Mas sei que é coisa da idade, porque ela adora carinho também. Ela é toda branquinha do olho azul escuro, que ao ser exposto ao sol, fica bem clarinho. Mas agora que ela está crescendo, seus olhos estão meio esverdeados. O nome dela é Milk, mas quando estou mimando ela, fazendo carinho, à chamo de Mimi. Foi meu primeiro animalzinho de estimação, porque moro em prédio, no primeiro andar, e não tem muito espaço. Mas ela já está bem adaptada aqui, e com 1 aninho irei castrá-la. Muito fofa ^^

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãokarine lemes

    03-10-2011 às 20:01:52

    eu amei as dicas sobre gatos

    ¬ Responder
  • Fernando de Araujo Barbosaadriana

    30-05-2011 às 20:27:55

    como ensinar meus 2 gatos a nao roubar alimentos porque eles estao subindo nas mesa pia cosinha banheiro por favor me mande resposta

    ¬ Responder
  • danidani

    29-12-2010 às 13:14:28

    Adorei saber sobre gatos pois acabei de ganhar um e lendo esse texto m ajudou muito obrigado

    ¬ Responder
  • vivianeviviane

    27-10-2010 às 23:13:51

    como devo cuidar do meu gato para ele nao pegar toxoplasmose

    ¬ Responder

Comentários - Aprenda um pouco sobre gato

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Dicas para decorar salas pequenas.

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Decoração
Dicas para decorar salas pequenas.\"Rua
A realidade das grandes cidades é que a maioria das pessoas mora em espaços pequenos. É fato também que todos desejam ter um ambiente acolhedor e aconchegante para receber amigos. Em contrapartida, na medida em que os espaços encolhem, a quantidade de aparelhos eletrônicos que utilizamos aumenta cada vez mais. Há ainda quem use a sala como home-office.

Nesta busca de inspiração para organizar e incrementar sua sala, encontramos uma série de sites especializados e blogs com muitas, muitas ideias. O conceito de D.I.Y. (do it yourself) que significa "faça você mesmo” nunca esteve tão na moda. É uma alternativa para reduzir gastos com mão de obra e nada melhor do que criar um espaço com um toque todo seu. Inspirações e ideias não faltam. Hoje, de certa forma todos nos sentimos meio decoradores.

Mas planejar a decoração de uma sala pequena exige alguns cuidados para que o ambiente não fique entulhado de móveis, disfuncional ou até mesmo desagradável.

Confira algumas dicas para decorar sua sala com estilo e valorizando seu espaço:
Os espelhos, além da autocontemplação, causam efeitos interessantes. Aplicados, por exemplo, em uma parede inteira pode duplicar a amplitude do ambiente. Pode ser usado também em móveis, tetos, em diversos formatos e valorizar a luminosidade da decoração.

As cores tem poder de causar sensações. Em ambientes com pouco espaço, elas podem colaborar para que a sensação de amplitude possa tanto aumentar quanto diminuir. Para pintar as paredes de sua sala aposte em cores claras. O teto com uma cor mais clara que a das paredes, por exemplo, pode simular uma elevação do teto, já em uma cor mais escura, promoverá uma sensação de rebaixamento do teto.

A escolha e posição dos móveis são um aspecto muito importante. Opte por poucos móveis, nunca de tamanhos exagerados e posicione-os de forma que valorize o espaço. Móveis que misturam poucos materiais, baixos e com linhas retas proporcionam leveza ao ambiente.

Uma solução muito interessante para espaços pequenos é a utilização de prateleiras. Caixas para produtos horto frutícolas reformadas podem se tornar lindas prateleiras. Mas cuidado com a profundidade, para não atrapalhar na disposição de outros móveis e objetos.

Móveis multifuncionais ou móveis inteligentes são excelentes alternativas para uma sala pequena. Um bom exemplo são pufes, que podem ser usados como mesas de centro ou ficarem alojados debaixo de aparadores e quando recebemos visitas podem se transformar em assentos extras. Mesas dobráveis também são uma ótima opção.

Escolher o mesmo piso ou revestimento pode dar a impressão de área maior, de continuidade. Mudanças drásticas de um ambiente para outro pode causar a sensação de divisão e consequentemente fazer parecer menor.

Algumas outras dicas: um sofá retrátil ou reclinável garante muito mais conforto e ocupa o espaço de um sofá simples. Suporte ou painéis móveis para TV possibilitam que ela seja movida na direção desejável. Caso o ambiente tenha escadas, escolher um modelo de escadas vazadas evita divisões e pode se tornar uma peça de destaque na sala. E para as cortinas, escolha tecidos leves, lisas e sem estampas.

De qualquer forma, ouse, não tenha medo de arriscar, crie, não copie, só assim será seu!

Luciana Santos.

Outros textos do autor:
Dicas para decorar salas pequenas.

Pesquisar mais textos:

Luciana Maria dos Santos

Título:Dicas para decorar salas pequenas.

Autor:Luciana Maria Santos(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Carlos Rubens Neto 16-06-2016 às 16:20:24

    Excelente matéria! Parabéns Luciana ;)

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios