Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > Receita Colorido de Lulas e Legumes

Receita Colorido de Lulas e Legumes

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Alimentação
Receita Colorido de Lulas e Legumes

Esta receita pretende ser algo que agrade à vista e ao paladar, mas sobretudo ela será uma refeição nutritiva, saudável e pouco calórica. Enfim algo ótimo para qualquer pessoa que segue um regime alimentar ou pretende fazer dieta.

Então temos os seguintes ingredientes:

1 Lata de milho cozido 150 g
50 Gramas de arroz cozido
1 Courgette pequeno (200g aproximadamente)
1 Cenoura média
200 Gramas de lulas
2 Colheres de sopa de azeite
1 Alho pequeno
1/5 Cebola Pequena (50g aproximadamente)
Água qb
Pimenta qb
Sal qb

Em primeiro lugar preparam-se os ingredientes da seguinte forma:
1) Coze-se arroz
2) Corta-se a Courgette e a cebola em pequenos cubos
3) Lavam-se e limpam-se as lulas, cortam-se em rodelas, as cabeças podem ficar inteiras

Numa caçarola coloca-se a cebola picada e o alho também picado. Junta-se o azeite e água suficiente para cozer os legumes. Juntam-se a cenoura e a courgette e leva-se ao lume.

Quando estes legumes ficarem macios juntam-se as lulas arranjadas e deixa-se cozinhar um pouco. Depois junta-se o milho com o liquido tal como está na lata, e quando finalmente os legumes e as lulas estiverem bem cozinhados junta-se o arroz cozido que entretanto se escorreu. Junta-se a pimenta e o sal de acordo com o gosto de cada pessoa. Deixa-se cozinhar um pouco mais e está prontinho a comer.

Esta quantidade faz perfeitamente dois pratos, sobretudo quando se pretende fazer um regime de baixas calorias, caso não seja esta a situação, coma quanto tiver na vontade. Pode ser acompanhado com salada verde.

Dica: Coza arroz e congele em doses separadas depois descongele com algum tempo, ou em minutos no Micro-ondas, com este procedimento ganha muito tempo no preparar desta e outras refeições. O arroz presta-se ao descongelamento ficando tão saboroso e solto como se tivesse acabado de ser cozido.

Podem-se fazer outras variantes, por exemplo com resto de frango cozido ou grelhado, podemos ainda utilizar outros vegetais, como por exemplo rebentos de soja, cogumelos, beterraba, pimentos nas várias cores que se nos apresentam, é uma questão de gosto e adaptação aos elementos disponíveis. Assim, teremos refeições variadas e com tonalidades diversas para aprimorarem não apenas o nosso paladar mas também os nossos olhos, isto porque os olhos também comem, e de que maneira.


Ana Sebastião

Título: Receita Colorido de Lulas e Legumes

Autor: Ana Sebastião (todos os textos)

Visitas: 0

659 

Comentários - Receita Colorido de Lulas e Legumes

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Informática
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?\"Rua
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Bom, Não é de hoje que tecnologia vem surpreendendo a todos nós com grandes revoluções e os custos que diminuem cada vez mais.
Hoje em dia é comum ver crianças com smarthphones com tecnologia que a 10 anos atrás nem o celular mais moderno e caro do mercado tinha.
Com isso surgiram sugiram vários profetas da tecnologia e visionários, tentando prever qual será o próximo passo.

E os filmes retratam bem esse tema e usam essa formula que atrai a curiosidade das pessoas.
Exemplos:

Minority report - A nova lei de 2002 (Imagem)

Transcendence de 2014

Em Transcendence um tema mais conspiratório, onde um ser humano transcende a uma consciência artificial e assim se torna imortal e com infinita capacidade de aprendizagem.
Vale a pena ver tanto um quanto o outro filme. Algumas tecnologias de Minority Report, como utilizar computadores com as mãos (caso do kinect do Xbox 360 e One) e carros dirigidos automaticamente, já parecem bem mais próximo do que as tecnologias vistas em Transcendence, pois o foco principal do mesmo ainda é um tema que a humanidade engatinha, que é o cérebro humano, a máquina mais complexa conhecida até o momento.

Eu particularmente, acredito que em alguns anos teremos realmente, carros pilotados automaticamente, devido ao investimento de gigantes como o Google e o Baidu nessa tecnologia.

Também acho que o inicio da colonização de Marte, vai trazer grandes conquistas para humanidade, porém grandes desafios, desafios esses que vão nos obrigar a evoluir rapidamente nossa tecnologia e nossa forma de encarar a exploração espacial, não como um gasto, mas sim como um investimento necessário a toda humanidade e a perpetuação da sua existência.

A única salvação verdadeira para humanidade e para o planeta terra, é que seja possível o ser humano habitar outros planetas, seja localizando planetas parecidos com a terra ou mudando planetas sem condições para a vida em planetas habitáveis e isso só será possível com gente morando nesses planetas, como será o caso do Marte. O ser humano com a sua engenhosidade, aprendeu a mudar o ambiente a sua volta e assim deixou de ser nômade e da mesma forma teremos que aprender a mudar os mundos, sistemas, galáxias e o universo a nossa volta.

Espero que tenham gostado do meu primeiro texto.
Obrigado à todos!
Até a Próxima!


Pesquisar mais textos:

Érico da Silva Kaercher

Título:Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Autor:Érico da Kaercher(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios