Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Intoxicação alimentar

Intoxicação alimentar

Categoria: Saúde
Comentários: 1
Intoxicação alimentar

A intoxicação alimentar é muito frequente em adultos, idosos e crianças e atinge pessoas de todos os estratos sociais. Ela é devida a várias causas em especial á falta de higiene dos alimentos e ao seu manuseio impróprio dentro de casa ou fora. A mais comum é a provocada por toxinas, vírus, bactérias e falta de cuidado ou prazos dos alimentos. Normalmente provoca vários sintomas tais como diarreia, vómitos, cólicas intestinais, náuseas e por vezes febres altas.Os sintomas podem ocorrer algumas horas após a ingestão da comida ou passados vários dias. Depende do agente que a causou. È ainda muito comum a infecção por salmonela e liste ria que provoca calafrios, dor de cabeça, febre, náuseas e vómitos.

Certas intoxicações podem trazer graves problema de saúde ou mesmo provocar a mote. È necessário tomarem-se precauções no que diz respeito à higiene e conservação dos alimentos, bem como ao seu manuseio quando se prepara. Os legumes devem ser sempre lavados em água corrente e as frutas bem lavadas. No que diz respeito ás carnes e peixes convêm redobrar os cuidados especialmente com a tábua de partir a carne que deve ser bem limpa. Quanto ao queijo e leite devem estar sempre dentro dos prazos de validade.

Os rótulos dos alimentos devem ser sempre verificados para evitar que estejam fora do prazo. Deve ter-se especial cuidado com o frigorífico, arcas, e objectos cortantes. No caso de se comer m restaurantes convêm verificar primeiro as condições de higiene destes bem como dos estabelecimentos onde se compram. Como a intoxicação alimentar é uma reacção aos alimentos provocada por bactérias ou toxinas è necessário saber detectar os seus sintomas e recorrer imediatamente ao hospital.

Deve repor-se os líquidos que se perdem devido à diarreia e febre. Os alimentos com gorduras devem ser excluídos. Deve tomar-se especial atenção a ostras e mariscos. Estes são os mais perigosos para provocarem intoxicação se não forem frescos ou as condições de higiene e exposição não forem as correctas. Deste modo no que diz respeito a mariscos os cuidados devem ser redobrados e escolher restaurantes creditados.

Mas o prevenir é mesmo o melhor remédio para evitar problemas de intoxicação seja em casa ou fora. E se não se respeitarem as regras de higiene alimentar, prazos e validades, cuidados com o descongelamento dos alimentos, qualquer pessoa está sujeita a contrair uma em especial as crianças e idosos devido á sua maior fragilidade. Para estes é necessária cautela especial com cafés e restaurantes. Para evitar o seu perigo o melhor é fazer uma dieta só com alimentos frescos e no caso de ela surgir uma canja de galinha e um banho morno ajuda a melhorar.



Teresa Maria Batista Gil

Título: Intoxicação alimentar

Autor: Teresa Maria Gil (todos os textos)

Visitas: 0

676 

Imagem por: toyfoto

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoDaniela Vicente

    13-09-2012 às 18:07:44

    nas festas, é muito dificil controlar a sintoxicaões alimentares. há grande quantidade de comida, que pode misturar-se ficar contaminada. depois, temos tendência a deixar a comida exposta ao ar. a comida fria não deve estar fora do frio mais que uma hora e a comida quente mais que duas horas. muitas vezes dão-nos comida para colocar na festa, mas não sabemos porque processos essa comida já passou, como se foi bem refrigerada. esteja atenta.

    ¬ Responder

Comentários - Intoxicação alimentar

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Manutenção Automovel

Ler próximo texto...

Tema: Automóveis
Manutenção Automovel\"Rua
Faça você mesmo a revisão do seu automóvel e poupe dinheiro em oficinas. Primeiro verifique com a ajuda de outra pessoa a iluminação exterior. Uma pessoa fica no interior do carro e liga as luzes, verifique á frente os mínimos, os médios, os máximos e os piscas. Depois atrás verifique os mínimos os stop a marcha atrás e o farol de nevoeiro.

A seguir verifique a iluminação do interior do veículo e do painel de instrumentos e a afinação do travão de mão.

Agora está na hora de verificar os filtros de ar, gasóleo e habitáculo. Dependendo da utilização eles podem fazer em média 40.00km, se estiverem sujos substitua-os por novos.

A seguir vem a mudança do óleo este em geral pode-se retirar pelo bujão de vazamento do cárter, convém substituir a anilha e o filtro de óleo. O óleo novo deve respeitar as especificações do fabricante, verificar no livro de manual de utilizador do veículo os litros de óleo do motor. Meter o óleo novo pelo bucal superior do motor com a ajuda de um funil, o nível do óleo não pode ultrapassar o máximo. Se não sabe a quantidade de óleo deite 4 litros e depois verifique o nível pela vareta de verificação de nível e vá deitando até chegar ao nível certo.

Agora é preciso verificar as pastilhas de travões, hoje em dia como quase todos os veículos têm jantes especiais consegue verificar sem desmontar as rodas. Substituir se necessário as pastilhas, ao desmontar repare como desmonta para depois voltar a montar tudo de novo. Por fim verifique a pressão dos pneus com um manómetro, a pressão indicada varia de carro pra carro se não sabe a pressão indicada ponha 2.2bar que é em média a pressão que todos utilizam.

Convém dizer que qualquer material que precise basta procurar numa loja de peças auto próxima de si ou então encomendar via net pois existem vários sites especializados em peças e materiais de manutenção auto. Vai ver que não custa nada se eu aprendi você também pode aprender e além disso fica a conhecer melhor o seu carro.

Com isto tudo pode poupar em média 200€ por cada revisão.
Obrigado e até a próxima.

Outros textos do autor:
Manutenção Automovel

Pesquisar mais textos:

Vendas Online

Título:Manutenção Automovel

Autor:Vendas Online(todos os textos)

Imagem por: toyfoto

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    17-06-2014 às 04:55:10

    Há inúmeros benefícios para fazer a manutenção do automóvel, pois isso garante melhor preservação do veículo e se prolonga o uso por muitos e muitos anos.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios