Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Gases intestinais

Gases intestinais

Categoria: Saúde
Visitas: 6
Gases intestinais

A alimentação correcta è muito importante para manter o aparelho digestivo saudável e com bom funcionamento. Torna-se útil escolher os alimentos de acordo com as suas propriedades, vitaminas, minerais e maior ou menor absorção. Deste modo contribui ainda o facto de se ter ou não uma vida agitada ou sedentária. Estes factores influenciam em muito na digestão de modo que convêm equilibrar ao máximo o modo como se vive o presente.

O stress causa inúmeros problemas no aparelho digestivo desde má digestão a flatulências. É conveniente evitar a aerofagia em excesso, ingestão involuntária de ar que contribui para as flatulências e gases nos intestinos. Para isso contribui em muito certos alimentos ricos em hidratos de carbono, excesso de cebola, batatas, açúcar, gorduras, couves em demasia, bebidas gaseificadas e cerveja. Estas devem ser consumidas com muita moderação porque aumentam os desconfortáveis gases intestinais. Não se deve comer à pressa nem em demasia para evitar estes transtornos.

O organismo tem meios para os expelir mas necessita de uma ajuda quando provocam dores, má disposição e problemas digestivos. Neste caso é aconselhável não se ingerirem alimentos que não sejam frescos. Uma boa terapia é beber água em jejum todos os dias. Os alimentos devem ser bem mastigados para serem mais facilmente digeridos e não se deve beber água juntamente com eles. Estes devem ser bem combinados e naturais em vez de artificiais. Para evitar o inchaço que os gases intestinais provocam deve fazer-se uma terapia com chás ou infusões de camomila, hortelã-pimenta e salva.

Pode ainda juntar-se na comida ervas aromáticas como o tomilho, salva e hortelã que ajudam a digestão difícil. Em suma deve ainda excluir-se as gorduras que são muito prejudiciais, tal como o açúcar e hidratos de carbono. Os iogurtes são muito benéficos para estes incómodos em especial os bífidos que apesar de serem um pouco mais caros compensam pelo benefício que trazem á saúde do intestino. O leite deve ser desnatado ou magro para evitar que fermente, tal como o queijo.

As fibras são muito boas para a manutenção do aparelho digestivo em especial dos intestinos, logo devem ingerir-se com frequência em especial os cereais integrais e de aveia porque são ricos em vitaminas e não correm o risco de fermentar como o pão branco. Este tem muito fermento e água, não é pois muito aconselhado. Para preservar a saúde da flora intestinal é aconselhável comer alimentos ricos em fibras a fim de se evitarem incómodos de gases e infecções por abuso de gorduras.


Teresa Maria Batista Gil

Título: Gases intestinais

Autor: Teresa Maria Gil (todos os textos)

Visitas: 6

788 

Imagem por: vieux bandit

Comentários - Gases intestinais

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Estratégia do arco-íris

Ler próximo texto...

Tema: Serviços
Estratégia do arco-íris\"Rua
Pessoas comuns estão a descobrir novas estratégias que supostamente fazem dinheiro rápido. Mas, a verdade da questão é que, isso é quase impossível. Ao longo de sua jornada de negociação, vai experimentar algumas vitórias e derrotas. Então, vejamos uma das estratégias que irá produzir mais vitórias do que derrotas: a estratégia do arco-íris. Esta é uma estratégia muito poderosa que qualquer um pode utilizar, especialmente novatos lá fora. Se é novo no comércio de opções binárias e gostaria de ganhar dinheiro online, esta é a estratégia ideal para si.

A estratégia do arco-íris envolve um período de 6, 14 e 26 períodos, períodos de média móvel exponencial. Estes permitem filtrar os movimentos menores no mercado e dar-lhe uma visão clara da tendência.

O mercado está numa tendência alta quando o período de 6 EMA está no topo dos 14 períodos EMA e dos 26 períodos EMA. A tendência baixa ocorre quando as EMA cruzam-se. Agora, os 26 períodos EMA devem estar no topo da EMA de 14 períodos. Em tendências altas, os comerciantes devem concentrar-se principalmente em opções de compra.

Uma opção de compra pode ser acionada quando o preço para baixo remonta à EMA 14 e começa a mover-se para cima. Uma opção de venda pode ser acionada quando o preço refaz para cima, e os períodos EMA 14 começam a mover-se para baixo.

As vantagens desta estratégia é que muitos dos sinais são precisos e não requerem muita análise para fazer um bom negócio. Com a gestão de risco adequada, pode fazer desta a sua principal estratégia. Mas, antes de tomar essa decisão, saiba que existem algumas desvantagens. O preço às vezes pode ir além dos 14 períodos de EMA. Alguns comerciantes podem não saber como reagir a isso.

Além disso, mesmo se os mercados são tendências, ainda existe a possibilidade de dar sinais falsos, mas com a gestão de riscos aplicadas, esses sinais falsos não causam muito dano. Combinar esta estratégia com coisas como Fibonacci, linhas de tendência ou médias móveis podem ajudar a reduzir as chances de perdas.

Em geral, a estratégia do arco-íris é um grande indicador. Ele faz maravilhas nos mercados de tendências e é muito fácil de usar para os comerciantes de todos os níveis. No fim de contas, é apenas uma questão de fazer uma boa gestão de risco. É uma ótima estratégia para iniciantes começarem a usar e obterem vitórias, experiência e bastante dinheiro.

Pesquisar mais textos:

Jerónimo Diogo Magalhães

Título:Estratégia do arco-íris

Autor:Jerónimo Diogo Magalhães(todos os textos)

Imagem por: vieux bandit

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios