Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Internet > Google Docs: 10 dicas para desenvolver seus trabalhos acadêmicos ou profissionais

Google Docs: 10 dicas para desenvolver seus trabalhos acadêmicos ou profissionais

Categoria: Internet
Comentários: 3
Google Docs: 10 dicas para desenvolver seus trabalhos acadêmicos ou profissionais

O Google Docs é uma das ferramentas mais incríveis hoje. Com ele é possível trabalhar e desenvolver os estudos de forma muito simples, fácil e muito seguro. Tanto para os acadêmicos como para os profissionais em qualquer área de atuação devem, sem dúvida, utilizá-lo e obter um melhor aproveitamento de tudo que ele oferece.

Então, para te ajudar a desenvolver melhor e com mais rapidez tudo que precisa, dispomos de mais de 20 dicas que irão te auxiliar e ser muito útil para o seu dia a dia. Confira!!!

10 dicas para usar o Google Docs:

1 - Criar um novo Doc usando um formato APA MLA ou Clique em Criar> Do modelo> Modelos Públicas e digite APA ou MLA na pesquisa;

2 – Coloque estrela em certos documentos para ajudar a organizar. Clique na estrela à esquerda de um título em sua lista de documentos. Você pode ver todos os seus documentos com estrela clicando em Favoritos no lado esquerdo da tela;

3 - Envie qualquer tipo de arquivo do seu computador para o Google Docs. Clique no carregamento no ícone (ao lado do CRIE), e selecione um ou mais arquivos de qualquer tipo (música, vídeo, imagens, WordPerfect, Ami Pro, WordStar, arquivos de instalação, etc.);

4 – Para criar pastas / coleções. Clique Minhas coleções,> 'além de pasta " tem um ícone na parte superior ( ).Nomeie sua coleção e clique em OK;

5 - Clique e arraste os documentos para coleções. Clique à direita do título do tema, e arraste para a pasta Docs de coleta apropriado;

6 – Defina cores para as suas coleções. Clique na seta drop-down à direita de uma coleção;

7 – Para esconder coleções a partir do menu 'home'. Clique na seta para baixo ao lado de pasta de coleções e clique Não mostrar;

8 – Para visualizar um documento sem abri-lo. Clique no ícone de olho na lista de docs:

9- Se quiseres aprender com os outros. Clique em Ajuda> Aprenda com outros usuários do Google dentro de qualquer documento aberto do Google aberta;

10 – Para editar rapidamente nas opções de compartilhamento . Clique em um documento a partir de sua lista do Google Docs e clique no ícone do olho para dar-lhe uma pré-visualização. Clique no lápis ao lado de "Sharing" abaixo da imagem de visualização;


Rua Direita

Título: Google Docs: 10 dicas para desenvolver seus trabalhos acadêmicos ou profissionais

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 0

607 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 3 )    recentes

  • Luene ZarcoLuene

    24-10-2014 às 13:38:23

    Já ouvia falar desse Google Docs e gostei muito desse texto porque me fez entender melhor. É uma ótima ferramenta para quem trabalha e estuda em grupo podendo compartilhar de forma remota. Adorei!

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoHetor

    21-04-2014 às 01:01:23

    Google Docs: 10 dicas para desenvolver seus trabalhos acadêmicos ou profissionais, ajudou me a entender melhor os Google Docs. Que vai ser fundamental para minha aulas de final de curso

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    22-04-2014 às 19:32:03

    A Rua Direita agradece e fica contente em poder ajudá-lo. Volte mais vezes que teremos mais novidades.

    ¬ Responder

Comentários - Google Docs: 10 dicas para desenvolver seus trabalhos acadêmicos ou profissionais

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios