Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Internet > Youtubers: a sua influência nos jovens

Youtubers: a sua influência nos jovens

Categoria: Internet
Youtubers: a sua influência nos jovens

Atualmente existem cada vez mais Youtubers por todo o mundo e alguns deles com milhões de seguidores. Em alguns casos estes partilham vídeos que em pouco tempo são visualizados milhares e milhares de vezes tornando-se rapidamente virais. Isto só pode significar que o impacto que têm na internet é brutal.
Refletindo um pouco sobre este facto identifica-se um lado bastante positivo em tudo isto mas também um lado negativo.


Os vídeos partilhados por estes Youtubers podem ser partidas que eles fazem uns aos outros ou mesmo algo cómico e improvável que eles realizam em que o personagem é apenas ele próprio. Avaliando esta informação não se encontra nada de negativo. O facto de eles ganharem relevância na internet até pode ser usado para aconselhar os nossos jovens a não jogarem, por exemplo, jogos online perigosos. Como aconteceu no presente ano com um jogo intitulado por Baleia Azul. E sim, isso parece bastante positivo. Como este conselho podem ser transmitidos muitos outros com o objetivo de demonstrar a possibilidade de todos nos divertirmos sem ultrapassarmos os limites que nos colocam numa situação delicada não só a nós como aos que nos rodeiam.


O pior vem quando os Youtubers realizam tarefas perigosas e mesmo inadequadas as quais são altamente cobiçadas pelos nossos jovens tentando replica-las. Possivelmente o objetivo é mesmo ganhar visibilidade mas as consequências podem ser bastante negativas. É nestes casos que temos de estar atentos, são estes os casos preocupantes.
É possível que realizar algumas partidas, mesmo que consideremos de mau gosto, possa ser incomodativo mas fazer parte. No entanto, tentar fazer bombas em casa já parece assustador.


O “truque” parece ser estar atento. Acompanhar, caso aplicável, os nossos jovens. Mostrar como se podem divertir sem se magoarem ou magoarem alguém.
Parece relevante referir que talvez os Youtubers são a menor das influências quanto toca a todo o mundo da internet. São milhões de sites, blogues entre outros com informações que podem de algum modo influenciar a nossa vida. Mas ainda assim esse mundo parece necessário a todo o nosso desenvolvimento pela rápida propagação que a informação pode ter.


Youtubers, sim! Porque não? Devem existir e utilizar o impacto que possam ter sobre os jovens de forma positiva. Desaconselhar o lado mais “negro” que a internet pode ter. Por vezes é necessário alguém possuir um impacto positivo para influenciar os mais novos a seguirem o caminho mais adequado sem modas de jogos que os possam colocar em situações delicadas, por exemplo. Se os Youtubers nos ajudarem nessa “missão” então todos nós estaremos gratos.


Tânia Filipa Machado Lopes

Título: Youtubers: a sua influência nos jovens

Autor: Tânia Filipa Lopes (todos os textos)

Visitas: 0

0 

Comentários - Youtubers: a sua influência nos jovens

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os primeiros brinquedos

Ler próximo texto...

Tema: Brinquedos
Os primeiros brinquedos\"Rua
O brinquedo é mais do que um objecto para a criança se divertir e distrair, é também uma forma de conhecer o mundo que tem ao seu redor e para dar asas à sua imaginação. Desta forma, os brinquedos sempre estiveram presentes na sociedade.

Os primeiros brinquedos datam de 6500 anos atrás, no Japão, em que as crianças brincavam com bolas de fibra de bambu. Entretanto há 3000 anos surgiram os piões feitos de argila e decorados, na Babilónia.

No século XIII apareceram os soldadinhos de chumbo, porém só eram acessíveis às famílias nobres. Cinco séculos mais tarde, apareceram as caixas de música, criadas por relojoeiros suíços.

As bonecas são muito antigas, surgiram enquanto figuras adoradas como deusas, há 40 mil anos, mas a primeira fábrica abriu apenas em 1413 na Alemanha. Barbie, a boneca mais famosa do mundo, foi criada em 1959, mas ainda hoje é das mais apetecíveis pelas crianças.

O grande boom dos brinquedos aconteceu quando se descobriu o plástico para o fabrico. Mesmo assim, muitas famílias não podiam comprar brinquedos aos filhos, como tal, estes utilizavam diversos tipos de materiais e construíam os seus próprios brinquedos.

Actualmente, as crianças têm acesso a uma enorme variedade de brinquedos, desde bonecas, a carros telecomandados, a videojogos… Educativos ou apenas lúdicos, há de tudo e para todos os gostos e preços.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Os primeiros brinquedos

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • umdolitoys 23-01-2013 às 05:46:38

    Adorei a reportagem! e tenho algo para vocês verem!!

    Espero que gostem!!!

    ¬ Responder
  • sofia 22-07-2012 às 21:56:29

    Achei muito interecante e muito legal saber que ano foi fabricadoas bonecas

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios