Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Literatura > Sobre O Barroco Brasileiro

Sobre O Barroco Brasileiro

Categoria: Literatura
Sobre O Barroco Brasileiro

A literatura barroca no Brasil foi introduzida pelos portugueses, quando não havia uma produção cultural significante no país. Por isso, refletindo a literatura portuguesa, a produção literária nesse período não é reconhecida como genuinamente nacional, mas um estilo absorvido e resultante do período colonial.

Nos séculos XVII e XVIII, ainda não havia no Brasil condições para o desenvolvimento de uma atividade literária propriamente dita. O imenso território era, na maior parte, despovoado. A vida social brasileira girava em torno de alguns pequenos núcleos urbanos e a vida cultural praticamente não existia.

As pessoas letradas que viviam nas mesmas cidades reuniam-se para conversar e mostrar, uns aos outros, os textos que eventualmente tivessem escrito (poesias, artigos, ensaios etc.). Só no século XIX começou a formar-se um público leitor que possibilitou a continuidade da produção literária.

Em vista dessa precariedade cultural da sociedade brasileira, seria exagero falar em movimento barroco no Brasil. O que temos, na verdade, são alguns escritores que, bebendo em fontes estrangeiras (geralmente autores portugueses e espanhóis), produzem aqui textos com características barrocas.

Desses escritores merecem destaque Gregório de Matos, por suas poesias, e o padre Antônio Vieira, por seus sermões. Além deles, temos Bento Teixeira (1561-1600), autor do poema Prosopopeia, de 1601, que costuma ser considerado o marco inicial do Barroco brasileiro; Manuel Botelho de Oliveira (1636-1711), autor do livro Música do Parnaso; e Frei Itaparica.

Gregório de Matos (1633-1696) é o maior nome da poesia barroca brasileira. Não teve nenhum livro publicado em vida. Depois de sua morte, os manuscritos encontrados foram sendo publicados em diferentes coletâneas, sem nenhum rigor crítico.

O que chamamos de obra poética de Gregório de Matos é, na verdade, fruto de pesquisas nessas coletâneas, o que ainda deixa dúvida sobre a autenticidade de muitos textos que lhe são atribuídos.

Suas poesias amorosas e religiosas, que revelam influência do barroco espanhol, despertaram inicialmente a atenção da crítica, mas hoje sua produção satírica, escrita em linguagem debochada e plena de termos de baixo calão, também vem sendo valorizada por representar um documento do ponto de vista sociológico e linguístico. Por suas críticas ferinas à sociedade baiana, Gregório de Matos recebeu o apelido de "Boca do Inferno".

"Esse povo maldito..."
[Fugindo da Bahia]
"(...)
Ausentei-me da Cidade
Porque esse Povo maldito
me pôs em guerra com todos
e aqui vivo em paz comigo.
Aqui os dias não me passam,
porque o tempo fugitivo,
por ver minha solidão,
pára em meio do caminho.
Graças a deus, que não vejo
neste tão doce retiro
hipócritas embusteiros
velhacos entremetidos.
Não me entram nesta palhoça
visitadores prolixos,
políticos enfadonhos,
cerimoniosos vadios.
(...)"

Antônio Vieira (1608-1697) escreveu muitos sermões, dentre os quais se destacam: Sermão da Sexagésima, em que discorre sobre a arte de pregar; Sermão de Santo António aos Peixes, em que trata da escravidão do indígena; Sermão do Mandato, em que fala do amor místico de Cristo; Sermão pelo bom sucesso das armas de Portugal contra as de Holanda, que proferiu por ocasião do cerco dos holandeses à cidade da Bahia.

Deixou ainda uma grande quantidade de cartas, que são documentos importantes para o estudo da época em que viveu, e as obras História do futuro e Esperanças de Portugal, de cunho sebastianista, publicadas postumamente.


Celso Junior Juniorcis

Título: Sobre O Barroco Brasileiro

Autor: Celso Junior Juniorcis (todos os textos)

Visitas: 0

367 

Comentários - Sobre O Barroco Brasileiro

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

"The Hateful Eight" Já Tem Protagonista!

Ler próximo texto...

Tema: Arte
"The Hateful Eight" Já Tem Protagonista!\"Rua
Quentin Tarantino já escolheu a diva do seu novo filme “The Hateful Eight”.
Jennifer Jason Leigh é a eleita para interpretar Daisy Domergue, uma assassina procurada por vários crimes.

O papel da única personagem feminina foi cobiçado por muitas actrizes nos últimos meses, incluindo Jennifer Lawrence, Michelle Williams, Hilary Swank, Robin Wright e Demi Moore.

Nomeada para um Globo de Ouro em 1995 pelo drama “A Senhora Parker e o Círculo do Vício”, Jennifer Jason Leigh participou recentemente em “Versos de um Crime”, “O Momento” e “Aqui e Agora”, tendo neste momento a incumbência de dar vida á personagem de Quentin Tarantino.

Depois de uma enorme novela de bastidores, onde o argumento se propagou pela internet fazendo o cineasta desistir da realização do filme, eis que a vontade de produzir esta obra, venceu.

The Hateful Eight passa-se durante a Guerra Civil Norte-Americana e segue o constante aumento de tensão entre um grupo de impiedosos suspeitos, que inclui um par de caçadores de recompensas, um soldado renegado pela confederação e uma assassina procurada, presos num bar no meio do nada, depois de um nevão os afastar da sua rota original.

Durante este refúgio, muitas serão as revelações e as desilusões que levarão as personagens a trágicos destinos.

The Hateful Eight será o oitavo filme escrito e realizado pelas mãos do criativo Tarantino e o segundo western a ser concretizado por este.

Richard Gladstein, Stacey Sher e Shannon McIntosh serão os produtores, com Bob e Harvey Weinstein à frente da produção-executiva juntamente com G. Mac Brown.

O início das filmagens de The Hateful Eight está previsto para o princípio de 2015.
Bruce Dern, Kurt Russell, Samuel L. Jackson, Michael Madsen, Zoe Bell, Tim Roth e James Remar são nomes dados como certos no elenco.

Apesar de ainda não possuir data de estreia definida, sabemos que chegará aos cinemas no segundo semestre de 2015.

CURIOSIDADE CINÉFILA:
Conhecendo a ternura que Tarantino nutre pelas origens do cinema, não chega a ser uma surpresa a noticia de que este seu novo filme, será lançado em 70mm (assinalando o primeiro grande lançamento no formato em mais de 20 anos) e terá cópias no tradicional 35 mm e no formato digital.

Pesquisar mais textos:

Carla Correia

Título:"The Hateful Eight" Já Tem Protagonista!

Autor:Carla Correia(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios