Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Literatura > CONTRADIÇÕES SOCIAIS COM MUITO BOM HUMOR. UM OLHAR SOBRE O ALIENISTA DE MACHADO DE ASSIS.

CONTRADIÇÕES SOCIAIS COM MUITO BOM HUMOR. UM OLHAR SOBRE O ALIENISTA DE MACHADO DE ASSIS.

Categoria: Literatura
CONTRADIÇÕES SOCIAIS COM MUITO BOM HUMOR. UM OLHAR SOBRE O ALIENISTA DE MACHADO DE ASSIS.

Assim como muitas pessoas eu também saí traumatizado com os autores brasileiro por causa das obras que nos sugeriam/obrigavam a ler na idade errada. Entandam idade errada como adolescencia/Ensino Médio.
No entanto para minha felicidade resolvi insistir no Machadinho e minha primeira experiência, foi com “O Alienista”, que trago algumas abaixo algumas palavras sobre.

Enredo com SPOILERs: Caso ainda não tenham lido sigam esse link abaixo, pois a história já está em domínio público e por isso pode ser liga gratuitamente

Se liga aqui: http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto/bn000012.pdf


AGORA QUE VOCÊ JÁ LEU VAMOS DAR SEQUÊNCIA A NOSSA INCRÍVEL JORNADA!

O Alienista traz a história de Simão Bacarmarte, um estudioso da mente humana, podemos chamá-lo assim, que resolve promover uma revolução em sua pequena cidade Itaguaí.

Além de tentar resolver os problemas sociais que os chamados "anormais", poderiam causar, Simão busca entender a mente dessas pessoas. Então percebemos que a ciência é a grande paixão dele, e que somente ela pode salvar o mundo.

Durante sua busca por mapear as "loucuras" dos moradores de Itaguaí, o Alienista, percebe que está com mais da metade das pessoas da cidade presas no seu hospício, a Casa Verde.

Diante dessa situação existe uma inversão de paradigmas no estudo da loucura feita por Simão.

Pensando ele, que estava indo para o caminho errado, ele manda soltar todos que antes eram considerados loucos, notando-se que por serem maioria a loucura virou normalidade, e manda prender os considerados normais, justamente por não se encaixarem no padrão.

Depois dessa reviravolta a história vai se desenrolando até que os "normais" possam se reintegrar à sociedade em uma nova ordem social.

No fim restará apenas o próprio Simão, que por não se encaixar nem como louco, nem como normal acaba tendo que tornar-se seu próprio objeto de estudo.

IMPRESSÕES EXTERNAS

Além da história ser muito divertida pela lógica absurda dos personagens, podemos ler uma crítica ao conceito de "normalidade" que merece ser discutido, principalmente nos dias de hoje.

Não se deixem intimidar por alguns termos antigos que o autor usa, pois não custa nada da um “Googleada” para enriquecer a leitura e é sempre bom lembrar que o texto foi escrito em 1881, dê uma chance a si mesmo.

A leitura é rápida, pois trata-se de um conto. Mas, isso não significa que ela seja prejudicada pela brevidade do texto. Talvez seja justamente o poder de síntese de Machado de Assis que faça dessa história uma obra imortal.

QUERO TESTAR A SUA CORAGEM, CARO LEITOR!

Na intenção de criar um desafio para o final desse texto, assim que terminar sua leitura, escreva um comentário, mesmo que seja para criticar, afinal a internet é maravilhosas justamente por termos opiniões diferentes, vamos lá.

O DESAFIO ESTÁ LANÇADO.

Aproveitem também para indicar a leitura do Machado de Assis para os seus colegas, mostre para eles que quando lemos os textos sem a obrigação de fazer um prova ou passar no vestibular, eles podem ser muito prazeirosos. Indiquem também esse texto (que você acabou de ler) para que eles possam pensar em algumas questões que vão além do próprio conto.


Jhon Erik Voese

Título: CONTRADIÇÕES SOCIAIS COM MUITO BOM HUMOR. UM OLHAR SOBRE O ALIENISTA DE MACHADO DE ASSIS.

Autor: Jhon Erik Voese (todos os textos)

Visitas: 0

1 

Comentários - CONTRADIÇÕES SOCIAIS COM MUITO BOM HUMOR. UM OLHAR SOBRE O ALIENISTA DE MACHADO DE ASSIS.

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Um sinal de compromisso

Ler próximo texto...

Tema: Jóias Relógios
Um sinal de compromisso\"Rua
Exibir uma aliança de compromisso é, frequentemente, motivo de orgulho e, quando se olha para ela, vai-se rodando-a no dedo e fica-se com aquela expressão ridícula na cara.

Uma questão se coloca: qual a razão de estas alianças de compromisso serem tão fininhas: será porque os seus principais clientes, os jovens, são sujeitos de poucas posses (tendendo as mesadas a emagrecer ainda mais com a crise generalizada) ou porque esse compromisso, não obstante a paixão arrebatadora, é frágil e inseguro?

Sim, porque aqui há que fazer cálculos matemáticos: x compromissos vezes y alianças…com um orçamento limitado sobre um fundo sentimental infinito…

Depois, importa perpassar os tipos destas alianças. Há as provisórias, que duram em média quinze dias; há as voadoras, que atravessam os ares à velocidade da luz quando a coisa dá para o torto; há as que insistem em cair do dedo, sobretudo em momentos em que ter um compromisso se revela extremamente inoportuno; e depois há as residentes, que uma vez entradas não tornam a sair.

Os pombos-correios usam anilhas onde figuram códigos que os identificam. Talvez não fosse completamente descabido fazer umas inscrições deste género em algumas alianças de compromisso por aí…

Só para ajudar os mais esquecidos a recordarem a que “pombal” pertencem.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Um sinal de compromisso

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Luene ZarcoLuene

    22-09-2014 às 05:46:10

    Um sinal de amor e lealdade perpétua! Adoro ver os vários modelos de aliança! Vale a pena escolher uma bem bonita!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios