Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Empresariais > Uma entrevista de trabalho tem segredos

Uma entrevista de trabalho tem segredos

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Empresariais
Visitas: 2
Comentários: 2
Uma entrevista de trabalho tem segredos

Uma entrevista de trabalho é sempre um evento de extrema importância, tanto para o entrevistador, como para o entrevistado.

O primeiro impacto, a empatia que poderão ou não sentir, é nesta fase testada e o resultado será o seu futuro mais próximo. Nesta fase, e enquanto entrevistado também poderá ter a oportunidade de testar aquele que poderá vir a ser a pessoa que representa a autoridade patronal da empresa.

Comecemos pela apresentação física.

Apresente-se de forma limpa (uma higiene impecável é o cartão de visita para qualquer individuo), de cabelo bem arranjado, barba feita, unhas limpas e cortadas. As roupas deverão ser discretas (para as senhoras, decotes e mini saias estão fora de questão) e lembre-se que muitas entidades e empresas ficam feridas na sua suscetibilidade quando um candidato de apresenta de forma berrante, com demasiados apetrechos (fios, brincos, anéis, relógios em excesso).

Chegue à hora marcada. A pontualidade é uma característica muito apreciada para quem faz a entrevista. Em entrevista alguma chegue atrasado e também não é de bom-tom chegar demasiado cedo.

Antes de ir à entrevista, informe-se sobre a empresa. Hoje em dia esta tarefa é facilitada com o uso da internet. Qual o ramo, o que fazem, há quantos anos estão no mercado, são temas que poderá puxar á mesa de entrevista, o que só lhe trará pontos positivos. Demonstra interesse.

Fale com clareza sobre si, quando o entrevistador o questionar, e responda firmemente, sem frases curtas. Os sim, não, pois claro, não cativarão o entrevistador.

Nunca, de forma alguma deve mentir, e saiba exatamente o que está no curriculum vitae que apresentou para se candidatar. Acontece muitas vezes ser o filho ou a esposa quem elabora o curriculum, por isso estude-o antes de ser entrevistado.

Não seja um engraçadinho. Nunca ouviu dizer que mais vale cair em graça que ser engraçado? Este é o momento ideal para pensar nisso. Seja sério, mas nunca antipático.

Não mastigue pastilhas elásticas, nem dê provas de que esteve a fumar antes de entrar para a entrevista. Mantenha um hálito fresco e um sorriso bonito.

Treine em casa. Basicamente as perguntas que lhe farão, tem sempre a mesma intenção.

O entrevistador quererá saber quem é você; o que já fez; o que sabe fazer; o que gosta de fazer; porque é que está à procura de um novo trabalho. Na realidade, o entrevistador quer saber que benefícios terá a empresa se o contratar e cabe-lhe mostrar que ao contratá-lo, será uma mais-valia para a entidade.

Comporte-se, encha o peito de ar e coragem. Se seguir estes conselhos o emprego será seu!


Carla Horta

Título: Uma entrevista de trabalho tem segredos

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 2

809 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • Sofia NunesSofia Nunes

    18-09-2012 às 12:25:25

    Boas dicas, pois todos sabemos que numa sociedade tão competitiva quanto a nossa a impressão que passamos nas entrevistas de emprego são cruciais no momento em que o avaliador faz a escolha final entre os candidatos. Partindo do princípio que todos os que são chamados para uma determinada entrevista têm um currículo adequado ao perfil procurado, é no contacto direto com os vários candidatos que a escolha se fará. É importante apresentarmo-nos no nosso melhor.

    ¬ Responder
  • Claudio gomesClaudio gomes

    12-04-2010 às 16:26:02

    Somente para complementar existe uma diferença em Emprego e Trabalho. Emprego é com carteira assinada com um chefe e o Trabalho pode até ser o informal dia dia como muitos vendedores trabalhão.

    ¬ Responder

Comentários - Uma entrevista de trabalho tem segredos

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Fine and Mellow

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Música
Fine and Mellow\"Rua
"O amor é como uma torneira
Que você abre e fecha
Às vezes quando você pensa que ela está aberta, querido
Ela se fechou e se foi"
(Fine and Melow by Billie Holiday)

Ao assistir a Bio de Billie Holiday, ocorreu-me a questão Bluesingers x feminismo, pois quem ouve Blues, especialmente as mais antigas, as damas dos anos 10, 20, 30, 40, 50, há de pensar que eram mulheres submissas ao machismo e maldade de seus homens. Mas, as cantoras de Blues, eram mulheres extremamente independentes; embora cantassem seus problemas, elas não eram submissas a ponto de serem ultrajadas, espancadas... Eram submissas, sim, ao amor, ao bom trato... Essas mulheres, durante muito tempo, tiveram de se virar sozinhas e sempre que era necessário, ficavam sós ou mudavam de parceiros ou assumiam sua bissexualidade ou homossexualidade efetiva. Estas senhoras, muitas trabalharam como prostitutas, eram viciadas em drogas ou viviam boa parte entregues ao álcool, merecem todo nosso respeito. Além de serem precursoras do feminismo, pois romperam barreiras em tempos bem difíceis, amargavam sua solidão motivadas pelo preconceito em relação a cor de sua pele, como aconteceu a Lady Day quê, quando tocava com Artie Shaw, teve que esperar muitas vezes dentro do ônibus, enquanto uma cantora branca cantava os arranjos que haviam sido feitos especialmente para ela, Bilie Holiday. Foram humilhadas, mas, nunca servis; lutaram com garra e competência, eram mulheres de fibra e cheias de muito amor. Ouvir Billie cantar Strange Fruit, uma das primeiras canções de protestos, sem medo, apenas com dor na alma, é demais para quem tem sentimentos. O brilho nos olhos de Billie, fosse quando cantava sobre dor de amor ou sobre dor da dor, é insubstituível. Viva elas, nossas Divas do Blues, viva Billie Holiday, aquela que quando canta parte o coração da gente; linda, magnifica, incomparável, Lady Day.

O amor vai fazer você beber e cair
Vai fazer você ficar a noite toda se repetindo

O amor vai fazer você fazer coisas
Que você sabe que são erradas

Mas, se você me tratar bem, querido
Eu estarei em casa todos os dias

Mas, se você continuar a ser tão mau pra mim, querido
Eu sei que você vai acabar comigo

Pesquisar mais textos:

Sayonara Melo

Título:Fine and Mellow

Autor:Sayonara Melo(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios