Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Viagens > Viagem em família é possível sim

Viagem em família é possível sim

Categoria: Viagens
Comentários: 2
Viagem em família é possível sim

Em fim férias em família, sabemos que viajar com criança pequena exige alguns planejamentos e detalhes e uma série de coisas para que tudo saia tranqüilo e que seja uma ótima viagem. Dá para viajarmos para longe e com os nossos filhos, afinal é bom sempre viajarmos em família é muito prazeroso levar o bebê a tiracolo para qualquer canto. É sempre bom você lembrar que pode haver a possibilidade do vôo atrasar, por isso lembre-se que você precisa de uma sacola com o leitinho feito, fraldas, e tudo o mais que ele precisar, bom também não se esquecer de uma toalha afinal vôos podem atrasar muito, e se for tempo quente, será ótimo um bom banho.

Para você escolher o destino de sua viagem é sempre considerar os gostos e preferências das crianças, caso seja crianças com faixa etária diferentes, talvez a melhor saída sejam os resorts, e você não se estressará tentando fazer programas para agradar A e B ao mesmo tempo. Seja pratica e liste tudo com calma do que você precisará colocar na mala e na bagagem de mão que é fundamental. Escolha sempre vôos noturnos, pois assim seus filhos têm a grande chance de ir dormindo, o que é muito mais tranqüilo.

Procure não se esquecer de uma chupeta ou mamadeira na hora da decolagem e da aterrissagem para evitar que a alteração de pressão do ar cause dor de ouvido. Caso você viagem de carro também podem ser mais tranqüilo à noite, com as crianças dormindo, o calor é ameno e um bom travesseiro e coberta é uma maravilha para eles. Mas um conselho só viagem à noite se a estrada estiver em boas condições, caso contrario é bom ir de dia. De carro ou de ônibus ou de avião não importa se for diurno, mas não se esqueça de levar brinquedos e até mesmo jogos e livros, lápis de cor e papel isso não pode faltar, e assim com criatividade para inventar distrações diferentes.

Para lanche leve biscoito, frutas, sanduíches é sempre bom para as crianças beliscarem, se for de ônibus ou de carro. Lembre-se de levar água mineral, mas evite líquido em excesso para que a necessidade de urinar não seja freqüente. Lembre-se se seu filho já não tem mais idade de ser amamentado no peito e ele consome leite em pó é melhor levar varias latas o suficiente para toda a temporada, principalmente se você estiver indo para o exterior, é possível que você não encontre o mesmo produto que ele está acostumado. Mais saiba que por outro lado, economize nas fraldas e papinhas industrializadas, que além de ocupar muito espaço na mala, as marcas internacionais você poderá encontra com facilidade.

Caso você vá para hotel reserve um que disponibilize uma área para aquecer mamadeira, preparar a comidinha do bebê lembre-se que se ele é muito pequeno, a mamadeira e a chupeta e outros acessórios devem ser esterilizados, veja também possibilidade de berço no quarto. Com tudo isso esteja sobre controle você terá uma viagem dos seus sonhos.



Waldiney Melo

Título: Viagem em família é possível sim

Autor: Waldiney (todos os textos)

Visitas: 0

657 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • SophiaSophia

    20-04-2014 às 17:54:18

    A Rua Direita agradece!

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoDina

    19-04-2014 às 11:58:15

    Estamos de viagem em família e claro que é possível, são os melhores momentos quando estamos juntos. Viagem em família é possível, é fantástico para mim e o melhor é depois de tanto trabalho. A família é o bem mais precioso que tenho e o que mais valorizo .

    E tu gostas de viajar só com tua família? Ou és daqueles que tem de viajar em " bando" para ter sempre distrações ?

    ¬ Responder

Comentários - Viagem em família é possível sim

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Fine and Mellow

Ler próximo texto...

Tema: Música
Fine and Mellow\"Rua
"O amor é como uma torneira
Que você abre e fecha
Às vezes quando você pensa que ela está aberta, querido
Ela se fechou e se foi"
(Fine and Melow by Billie Holiday)

Ao assistir a Bio de Billie Holiday, ocorreu-me a questão Bluesingers x feminismo, pois quem ouve Blues, especialmente as mais antigas, as damas dos anos 10, 20, 30, 40, 50, há de pensar que eram mulheres submissas ao machismo e maldade de seus homens. Mas, as cantoras de Blues, eram mulheres extremamente independentes; embora cantassem seus problemas, elas não eram submissas a ponto de serem ultrajadas, espancadas... Eram submissas, sim, ao amor, ao bom trato... Essas mulheres, durante muito tempo, tiveram de se virar sozinhas e sempre que era necessário, ficavam sós ou mudavam de parceiros ou assumiam sua bissexualidade ou homossexualidade efetiva. Estas senhoras, muitas trabalharam como prostitutas, eram viciadas em drogas ou viviam boa parte entregues ao álcool, merecem todo nosso respeito. Além de serem precursoras do feminismo, pois romperam barreiras em tempos bem difíceis, amargavam sua solidão motivadas pelo preconceito em relação a cor de sua pele, como aconteceu a Lady Day quê, quando tocava com Artie Shaw, teve que esperar muitas vezes dentro do ônibus, enquanto uma cantora branca cantava os arranjos que haviam sido feitos especialmente para ela, Bilie Holiday. Foram humilhadas, mas, nunca servis; lutaram com garra e competência, eram mulheres de fibra e cheias de muito amor. Ouvir Billie cantar Strange Fruit, uma das primeiras canções de protestos, sem medo, apenas com dor na alma, é demais para quem tem sentimentos. O brilho nos olhos de Billie, fosse quando cantava sobre dor de amor ou sobre dor da dor, é insubstituível. Viva elas, nossas Divas do Blues, viva Billie Holiday, aquela que quando canta parte o coração da gente; linda, magnifica, incomparável, Lady Day.

O amor vai fazer você beber e cair
Vai fazer você ficar a noite toda se repetindo

O amor vai fazer você fazer coisas
Que você sabe que são erradas

Mas, se você me tratar bem, querido
Eu estarei em casa todos os dias

Mas, se você continuar a ser tão mau pra mim, querido
Eu sei que você vai acabar comigo

Pesquisar mais textos:

Sayonara Melo

Título:Fine and Mellow

Autor:Sayonara Melo(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios