Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Viagens > Férias eu mereço

Férias eu mereço

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Viagens
Visitas: 4
Comentários: 2
Férias eu mereço

Quero tirar férias e ter um descanso, afinal eu mereço, mais o que preciso fazer? Antes de por o pé na estrada, ou pegar aquele avião para curtir suas tão sonhadas férias é necessário tomar certas precauções, arrumar a mala é uma tarefa não muito fácil, pois você tem que levar roupas para verão, roupa de banho, o famoso protetor solar, já que foi essa estação que você escolheu, mas lembre-se, é bom colocar uma ou duas roupas que não seja de verão, afinal o tempo pode mudar de uma hora para outra e lhe pegar desprevenido.

Nunca se esqueça de sua maquina fotográfica, pois é nela que vai ficar marcado e registrado os seus bom momentos de sua tão sonhada féria. Nunca se esqueça de levar alguns medicamentos de emergência como, dor de cabeça, febre, estômago, e algum remédio para enjôo, lembrem-se do cartão de vacina, pois o ministério adverte que para se entrar em 124 países, você precisa estar vacinado contra a febre amarela.

Quando escolhe viajar para Índia, Austrália, África. México e China, por exemplo, é preciso mostrar o cartão de imunização contra esse mal, se você escolheu alguma região do Brasil como o centro-oeste e o norte são aconselháveis se prevenir dessa doença. E curta, cada momento de sua viagem, afinal nunca se sabe se voltará um dia para o mesmo lugar. Quer curtir o litoral, existem muitos lugares que você vai adorar,

Vá a uma agencia de viagem, peça roteiro, se você é acomodado, aconselho a viajar por uma agencia de viagem, lá eles já têm roteiros definidos e você não se preocupa muito, Se escolher o Brasil, é ótima escolha, no nordeste lá existem belas praias, e o sol é constante no verão. Praias e dunas sem igual o mar é de um azul belíssimo, suas iguarias de um sabor sem igual, se escolheu Rio de Janeiro você se encanta com o Cristo a toda hora olhando pra você, as praias são sem iguais, o samba é o ritmo do carioca.

Quem conhece o Brasil nunca esquece. Terra do sol, do samba, terra do amor da alegria, terra de gente hospitaleira, terra da luz. É como diz a musica Aquarela do Brasil de Ary Barroso. Onde o coqueiro que da côco, onde amarro minha rede, nas noites clara de luar, por essas fontes murmurantes, onde eu mato minha sede, onde a lua vem brincar, esse Brasil lindo e trigueiro é meu Brasil Brasileiro. Terra do samba e do pandeiro. E boa viagem.



Waldiney Melo

Título: Férias eu mereço

Autor: Waldiney (todos os textos)

Visitas: 4

765 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • SophiaSophia

    14-06-2014 às 05:24:39

    Todos nós precisamos de férias! Depois de um longo período de trabalho, as férias devem ser bem aproveitadas e por isso, bem planejadas! Curtam as férias com entusiasmo!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoAdriana dos Santos da Silva

    13-09-2012 às 18:25:54

    O trabalho desgasta tanto o corpo quanto a mente. Precisamos repousar um pouco, sair da loucura do dia a dia, da rotina, dos problemas, do stress e do consumismo incessante. Depois de um longo período de trabalho, cada ser humano precisa aproveitar seus momentos de lazer e escolher um lugar em que isso seja perfeito e muito rentável. Esses lugares descritos no texto são ótimas opções de destinos, visto que proporcionam momentos inesquecíveis pela beleza.

    ¬ Responder

Comentários - Férias eu mereço

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Pulp Fiction: 20 anos depois

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Arte
Pulp Fiction: 20 anos depois\"Rua
Faz hoje 20 anos que estreou um dos mais importantes ícones cinematográficos americanos.

Pulp Fiction é um marco do cinema, que atirou para a ribalta Quentin Tarantino e as suas ideias controversas (ainda poucos tinham visto o brilhante “Cães Danados”).

Repleto de referências ao cinema dos anos 70 e com uma escolha de casting excepcional, Pulp Fiction conquistou o público com um discurso incisivo (os monólogos bíblicos de Samuel L. Jackson são um exemplo disso), uma violência propositadamente mordaz e uma não linearidade na sucessão dos acontecimentos, tudo isto, associado a um ritmo alucinante.

As três narrativas principais entrelaçadas de dois assassinos, um pugilista e um casal, valeram-lhe a nomeação para sete Óscares da Academia, acabando por vencer na categoria de Melhor Argumento Original, ganhando também o Globo de Ouro para Melhor Argumento e a Palma D'Ouro do Festival de Cannes para Melhor Filme.

O elenco era composto por nomes como John Travolta, Samuel L. Jackson, Bruce Willis, Uma Thurman e (porque há um português em cada canto do mundo) Maria de Medeiros.

Para muitos a sua banda sonora continua a constar na lista das melhores de sempre, e na memória cinéfila, ficam eternamente, os passos de dança de Uma Thurman e Travolta.

As personagens pareciam ser feitas à medida de cada actor.
Para John Travolta, até então conhecido pelos musicais “Grease” e “Febre de Sábado à Noite”, dar vida a Vincent Vega foi como um renascer na sua carreira.

Uma Thurman começou por recusar o papel de Mia Wallace, mas Tarantino soube ser persuasivo e leu-lhe o guião ao telefone até ela o aceitar.

Começava ali uma parceria profissional (como é habitual de Tarantino) que voltaria ao topo do sucesso com “Kill Bill”, quase 10 anos depois.

Com um humor negro afiadíssimo, Tarantino provou em 1994 que veio para revolucionar o cinema independente americano e nasceu aí uma inspirada carreira de sucesso, que ainda hoje é politicamente incorrecta, contradizendo-se da restante indústria.

Pulp Fiction é uma obra genial. Uma obra crua e simultaneamente refrescante, que sobreviveu ao tempo e se tornou um clássico.
Pulp Fiction foi uma lição de cinema!

Curiosidade Cinéfila:
pulp fiction ou revista pulp são nomes dados a revistas feitas com papel de baixa qualidade a partir do início de 1900. Essas revistas geralmente eram dedicadas às histórias de fantasia e ficção científica e o termo “pulp fiction” foi usado para descrever histórias de qualidade menor ou absurdas.

Pesquisar mais textos:

Carla Correia

Título:Pulp Fiction: 20 anos depois

Autor:Carla Correia(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios