Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Viagens > Seja o seu próprio guia turístico!

Seja o seu próprio guia turístico!

Categoria: Viagens
Visitas: 6
Comentários: 2
Seja o seu próprio guia turístico!

Trata a internet “por tu”, mas já experimentou utilizá-la para marcar férias? Não me refiro a contactar uma agência de viagens e marcar uns dias para um destino específico, pagando por um pacote bastante completo. O que lhe digo é que pode marcar e personalizar as suas próximas férias, visitando lugares que poucos turistas têm oportunidade de conhecer por estarem sujeitos às condições do grupo no qual estão inseridos!

Comece por escolher o país que mais lhe agrada. Pesquise. Dedique algum tempo a esta etapa, pois só assim vai conseguir encontrar os recantos mais paradisíacos do local. Muitos não vêm nos guias turísticos, mesmo nos mais populares. Se o país lhe parece merecedor de uns dias de férias, trate de procurar a passagem aérea que mais lhe convém: verifique a data e a hora, bem como o preço da mesma! Lembre-se de consultar as empresas low cost, que apresentam quase sempre vantagens. Se o destino não for muito longínquo, pondere a deslocação por terra, em comboio. Vai ficar espantado com as possibilidades que vai encontrar, já para não falar da paisagem que vai puder apreciar. Reserve as viagens de ída e volta. Se vai fazer um tour por um país, poderá ser vantajoso aterrar numa cidade e descolar de outra. Desta forma, poupa tempo de retorno ao ponto de partida.

Depois desta importante decisão, há que planear da melhor forma os dias de férias. Arranje um mapa do pais, marque os locais que quer visitar e trace uma rota. Aqui também tem várias opções: ou viaja de transportes públicos (comboio, camioneta, etc) ou aluga um carro e não está dependente de horários. Claro que vai sempre depender do tipo de país, mas a opção de ter um transporte próprio é muito vantajosa. Também pela internet vai conseguir alugar carro. Se o fizer com algumas semanas de antecedência, encontrará preços muito aliciantes, que poderão compensar as arrelias e transtornos de andar de transportes públicos com bagagem atrás! Faça as contas, pondere bem e lembre-se sempre de contar com o número de pessoas que vão usufruir do carro, concluindo se é mais vantajoso ou não.

Por fim, se não gosta de andar à aventura, reserve os hotéis onde passar cada noite. Mais uma vez, conseguirá fazer tudo pela internet. Uma vez tudo reservado, saberá exactamente quanto lhe custará a viagem, excepto gastos diários com alimentação e visitas pagas.

Bem planeadas, garanto-lhe que terá umas férias fantásticas e com custos controlados!


Cláudia Bandeira

Título: Seja o seu próprio guia turístico!

Autor: Cláudia Bandeira (todos os textos)

Visitas: 6

611 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • SophiaSophia

    14-06-2014 às 05:28:01

    Poupamos dinheiro, tempo e podemos traçar nossos percursos da form que quisermos! Claro que dá mais trabalho, horas de pesquisa, mas é bem melhor! Ainda mais com a internet, o que facilita muito.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoRolando

    24-08-2009 às 14:46:22

    Oi claudia..Gostava muito de viajar para outos paises só que estou em duvida que locais visitar.
    Seri que podia dar algumas dicas.

    ¬ Responder

Comentários - Seja o seu próprio guia turístico!

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Raio Mata Três Pessoas No Brasil

Ler próximo texto...

Tema: Segurança
Raio Mata Três Pessoas No Brasil\"Rua
No dia 07 de novembro de 2014, três pessoas acabaram morrendo em decorrência de raios após as vítimas serem socorridas, mesmo depois de bastante tempo tentando reanimá-las.

Os três homens deram entrada no hospital com parada cardiorrespiratória e com muitas queimaduras. Esse incidente aconteceu na zona leste de São Paulo, as vitimas trabalhavam com ferro velho.

O Brasil é o país onde os raios estão mais presentes no mundo. São mais de 50 milhões de raios por ano. Esses raios atingem mais pessoas na zona rural, porém nas áreas urbanas ocorrem também só que com menos frequência.

Há pessoas que falam que raios não ocorrem duas vezes no mesmo lugar, mas isso é improvável, eles ocorrem sim! Tanto que nos últimos séculos, as tempestades aumentaram 90% por causa do aquecimento do planeta devido ao asfalto, que é uma das formas de poluição.

Alguns cuidados, nesses momentos, são importantes como: não ficar em área aberta, não usar o telefone e se vir uma tempestade, então permaneça no carro.

Os raios ocorrem no Brasil porque é um país tropical e de muito calor, por isso está em primeiro lugar em queda de raios. Nesse mesmo ano de 2014, um rapaz morreu usando o computador. Ele recebeu a eletricidade no momento em que o raio caiu na antena.

O estado de São Paulo lidera em quedas de raios. Um raio dura em média 1 segundo, e a queda de raios acontece por uma descarga elétrica que produz nuvens de chuva. Os relâmpagos ocorrem entre as nuvens e os raios pelo solo.

Algumas regiões tem tendência de cair mais raios, a descarga é visível a olho nu e é um fenômeno que produz um clarão. As mortes mais frequente são nas áreas urbanas, por isso não é seguro se proteger em baixo de árvores.

Pesquisar mais textos:

Gislene Santos Sousa

Título:Raio Mata Três Pessoas No Brasil

Autor:Gislene Santos Sousa(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios