Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Utilidades Domésticas > Acabar com as baratas lá em casa

Acabar com as baratas lá em casa

Visitas: 36
Comentários: 4
Acabar com as baratas lá em casa

Bichos nojentos, cujo nome é na maior parte das vezes associado a esgotos e muita, muita porcaria.

As baratas pertencem ao grupo dos insetos e existem mais de 4.000 espécies em todo o mundo. As baratas existem desde sempre e se a era dos dinossauros acabou há muitos, muitos anos, as das baratas continua. Estima-se que as baratas existam há 320 milhões de anos.

As pragas de baratas são uma constante em todo o lado e desengane-se quem julga que edifícios e condomínios de luxo não podem ser alvo das pragas deste tão detestável inseto.

Acabar com baratas em casa pode ser um problema muito sério e uma tarefa quase impossível. A propagação e a multiplicação são de tal forma rápidas e fulminantes, que o extermínio é muitas vezes impossível.

Mas como se acabam com as infestações de baratas em casa.

Em primeiro lugar, prepara-se para uma das maiores lutas da sua vida. Acabar com estes pequenos bichos é uma guerra que pode demorar anos e muita, muita persistência.

Determine se as castanhas são acastanhadas e mais ovais do que redondas. Se assim é, tratam-se de baratas alemãs, ou seja, as mais comuns e conhecidas.

Limpe com detergente amoniacal toda a casa, incluindo o interior dos armários e das gavetas, chão, paredes, azulejos, enfim, tudo. Uma limpeza exaustiva e profundo tem de ser o início do extermínio. Sem limpeza permanente não consegue por fim a esta praga.

De seguida, compre nas drogarias, dois produtos infalíveis. Pó branco e caixinhas tipo ratoeiras de baratas.

O pó deve ser colocado por trás dos móveis e por baixo da cama. Em todos os sítios de difícil acesso. É importante uma boa dose por trás do frigorífico e das máquinas como a da loiça e da roupa. As baratas gostam de locais escuros e quentes, onde se situem os termóstatos dos aparelhos.

As caixinhas, como não são nocivas á saúde, devem ser colocadas por trás das portas e encostadas aos móveis e armários. Obviamente que ao estarem á vista podem mostrar aos outros o problema que vive na sua casa, mas pior é receber uma visita e deparar-se com uma barata a passear no chão da sala.

Estas caixinhas também podem ser colocadas dentro dos armários.

Na eventualidade de não conseguir acabar com elas, chame uma empresa de desinfestação. O serviço não é caro e normalmente muito bom.

É importante que mantenha a casa sempre limpa e que não deixe migalhas e comida à mostra. Procure os ninhos para um melhor extermínio. É uma dura batalha, mas não desista. Vai ver que quando tudo terminar, vai viver bem melhor.


Carla Horta

Título: Acabar com as baratas lá em casa

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 36

801 

Imagem por: scragz

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 4 )    recentes

  • SophiaSophia

    05-06-2014 às 14:41:48

    Tem um produto que vende em casas de campo, do tipo seringa, não me recordo o nome, que mata todas as baratas em pouco tempo. Comprei lá para minha casa, e deu muito certo! É só ir em qualquer casa de campo, e pedir esse produto que mata essas baratinhas.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • matilde vieira da silva

    10-01-2013 às 07:09:14

    gostaria de receber por email dicas para exterminio de baratas vou passar pra os meus vizinhos estamos sem saber o que fazer.obrigado

    ¬ Responder
  • andressaandressa

    29-02-2012 às 11:47:30

    oi tudo bem obrigado por dar essa dica eu consegui consumi com todas as baratas

    ¬ Responder
  • leo Schultz Wernersbachleo Schultz Wernersbach

    23-06-2011 às 22:53:47

    Obrigado por su informacion, eu vive en Almada e minha apartamento ser remodelada,precisar urgente intervencion de um empresa especialitzed und insectos, possa indicar um? muito obrigado.

    ¬ Responder

Comentários - Acabar com as baratas lá em casa

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Fine and Mellow

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Música
Fine and Mellow\"Rua
"O amor é como uma torneira
Que você abre e fecha
Às vezes quando você pensa que ela está aberta, querido
Ela se fechou e se foi"
(Fine and Melow by Billie Holiday)

Ao assistir a Bio de Billie Holiday, ocorreu-me a questão Bluesingers x feminismo, pois quem ouve Blues, especialmente as mais antigas, as damas dos anos 10, 20, 30, 40, 50, há de pensar que eram mulheres submissas ao machismo e maldade de seus homens. Mas, as cantoras de Blues, eram mulheres extremamente independentes; embora cantassem seus problemas, elas não eram submissas a ponto de serem ultrajadas, espancadas... Eram submissas, sim, ao amor, ao bom trato... Essas mulheres, durante muito tempo, tiveram de se virar sozinhas e sempre que era necessário, ficavam sós ou mudavam de parceiros ou assumiam sua bissexualidade ou homossexualidade efetiva. Estas senhoras, muitas trabalharam como prostitutas, eram viciadas em drogas ou viviam boa parte entregues ao álcool, merecem todo nosso respeito. Além de serem precursoras do feminismo, pois romperam barreiras em tempos bem difíceis, amargavam sua solidão motivadas pelo preconceito em relação a cor de sua pele, como aconteceu a Lady Day quê, quando tocava com Artie Shaw, teve que esperar muitas vezes dentro do ônibus, enquanto uma cantora branca cantava os arranjos que haviam sido feitos especialmente para ela, Bilie Holiday. Foram humilhadas, mas, nunca servis; lutaram com garra e competência, eram mulheres de fibra e cheias de muito amor. Ouvir Billie cantar Strange Fruit, uma das primeiras canções de protestos, sem medo, apenas com dor na alma, é demais para quem tem sentimentos. O brilho nos olhos de Billie, fosse quando cantava sobre dor de amor ou sobre dor da dor, é insubstituível. Viva elas, nossas Divas do Blues, viva Billie Holiday, aquela que quando canta parte o coração da gente; linda, magnifica, incomparável, Lady Day.

O amor vai fazer você beber e cair
Vai fazer você ficar a noite toda se repetindo

O amor vai fazer você fazer coisas
Que você sabe que são erradas

Mas, se você me tratar bem, querido
Eu estarei em casa todos os dias

Mas, se você continuar a ser tão mau pra mim, querido
Eu sei que você vai acabar comigo

Pesquisar mais textos:

Sayonara Melo

Título:Fine and Mellow

Autor:Sayonara Melo(todos os textos)

Imagem por: scragz

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios