Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Utilidades Domésticas > Acabar com as baratas lá em casa

Acabar com as baratas lá em casa

Visitas: 36
Comentários: 5
Acabar com as baratas lá em casa

Bichos nojentos, cujo nome é na maior parte das vezes associado a esgotos e muita, muita porcaria.

As baratas pertencem ao grupo dos insetos e existem mais de 4.000 espécies em todo o mundo. As baratas existem desde sempre e se a era dos dinossauros acabou há muitos, muitos anos, as das baratas continua. Estima-se que as baratas existam há 320 milhões de anos.

As pragas de baratas são uma constante em todo o lado e desengane-se quem julga que edifícios e condomínios de luxo não podem ser alvo das pragas deste tão detestável inseto.

Acabar com baratas em casa pode ser um problema muito sério e uma tarefa quase impossível. A propagação e a multiplicação são de tal forma rápidas e fulminantes, que o extermínio é muitas vezes impossível.

Mas como se acabam com as infestações de baratas em casa.

Em primeiro lugar, prepara-se para uma das maiores lutas da sua vida. Acabar com estes pequenos bichos é uma guerra que pode demorar anos e muita, muita persistência.

Determine se as castanhas são acastanhadas e mais ovais do que redondas. Se assim é, tratam-se de baratas alemãs, ou seja, as mais comuns e conhecidas.

Limpe com detergente amoniacal toda a casa, incluindo o interior dos armários e das gavetas, chão, paredes, azulejos, enfim, tudo. Uma limpeza exaustiva e profundo tem de ser o início do extermínio. Sem limpeza permanente não consegue por fim a esta praga.

De seguida, compre nas drogarias, dois produtos infalíveis. Pó branco e caixinhas tipo ratoeiras de baratas.

O pó deve ser colocado por trás dos móveis e por baixo da cama. Em todos os sítios de difícil acesso. É importante uma boa dose por trás do frigorífico e das máquinas como a da loiça e da roupa. As baratas gostam de locais escuros e quentes, onde se situem os termóstatos dos aparelhos.

As caixinhas, como não são nocivas á saúde, devem ser colocadas por trás das portas e encostadas aos móveis e armários. Obviamente que ao estarem á vista podem mostrar aos outros o problema que vive na sua casa, mas pior é receber uma visita e deparar-se com uma barata a passear no chão da sala.

Estas caixinhas também podem ser colocadas dentro dos armários.

Na eventualidade de não conseguir acabar com elas, chame uma empresa de desinfestação. O serviço não é caro e normalmente muito bom.

É importante que mantenha a casa sempre limpa e que não deixe migalhas e comida à mostra. Procure os ninhos para um melhor extermínio. É uma dura batalha, mas não desista. Vai ver que quando tudo terminar, vai viver bem melhor.


Carla Horta

Título: Acabar com as baratas lá em casa

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 36

801 

Imagem por: scragz

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 5 )    recentes

  • Gualter NOGUEIRA

    11-05-2017 às 01:02:50

    gostaria que me referenciacem uma empresa que não seja muito caro 3assoalhadascosinha e casa de nanho

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    05-06-2014 às 14:41:48

    Tem um produto que vende em casas de campo, do tipo seringa, não me recordo o nome, que mata todas as baratas em pouco tempo. Comprei lá para minha casa, e deu muito certo! É só ir em qualquer casa de campo, e pedir esse produto que mata essas baratinhas.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • matilde vieira da silva

    10-01-2013 às 07:09:14

    gostaria de receber por email dicas para exterminio de baratas vou passar pra os meus vizinhos estamos sem saber o que fazer.obrigado

    ¬ Responder
  • andressaandressa

    29-02-2012 às 11:47:30

    oi tudo bem obrigado por dar essa dica eu consegui consumi com todas as baratas

    ¬ Responder
  • leo Schultz Wernersbachleo Schultz Wernersbach

    23-06-2011 às 22:53:47

    Obrigado por su informacion, eu vive en Almada e minha apartamento ser remodelada,precisar urgente intervencion de um empresa especialitzed und insectos, possa indicar um? muito obrigado.

    ¬ Responder

Comentários - Acabar com as baratas lá em casa

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como cuidar de Plantas de interior

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Bricolage Jardim
Como cuidar de Plantas de interior\"Rua
Cada planta tem um comportamento diferente, vou colocar aqui alguns cuidados que servem para a maioria delas.

LUZ:

Os principais erros no cultivo de plantas de interior é a falta de luz.
Se elas estiverem em locais onde não há luz suficiente, isso pode ser corrigido com a instalação de luz artificial, existe no mercado lâmpada que imitam a luz natural.


TEMPERATURA:

Mudanças bruscas de temperatura retardam e até paralisa o crescimento da planta, bem como causa a queda de folhas.


UMIDADE:

A maioria das plantas necessita de uma umidade atmosférica adequada.
Normalmente notamos que a planta não está com a umidade correta quando acontece ficarem amarelas e a queda de folhas.


IRRIGAÇÃO:

Conselhos básicos:
Uma planta em fase de crescimento vai precisar de mais água que uma que está em fase de dormência, ou já atingiu o seu tamanho adulto.
Durante a floração a planta precisa de mais água que em sua fase de crescimento
Em ambientes internos mais quentes é evidente que a planta vai precisar de mais águas que em ambientes mais frios.
Para saber qual é o momento exato de molhar, enfie o dedo no substrato, se sentir ele seco, chegou a hora

FERTILIZANTE:

Para que a planta tenha um desenvolvimento harmonioso convém usar periodicamente de fertilizantes que podem ser líquido ou sólidos.
No mercado existe a venda fertilizante com fórmulas específicas para cada planta.
Após a utilização do fertilizante regue a planta.

LIMPEZA:

Faça regularmente a limpeza de folhas secas e caule, pois elas são bastante positivas não só esteticamente como para a saúde das plantas.
Se estiver acumulada muita poeira sobre as folhas, espane, e depois passe um pano húmido
Atenção: Existe algumas espécies, que tem as folhas aveludadas, tipo a Violeta Africana, Begônia Rex, etc. que não deve ser colocada água é só usar uma escovinha bem macia.

TROCA DE VASO:

De uma maneira geral após 1 ou 2 anos as plantas de interior devem ser colocadas em vasos de tamanho maior.
Isso deve ser feito porque as raízes passam a ocupar um grande espaço e também porque o substrato vai perdendo sua composição inicial.
A época mais adequada varia de planta para planta, algumas devem ser feitas na primavera e outras quando estão na fase de repouso.
Aproveite para obterem mudas, separando brotos e dividindo touceiras.

Pesquisar mais textos:

Miguel Pereira

Título:Como cuidar de Plantas de interior

Autor:Miguel Pereira(todos os textos)

Imagem por: scragz

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Briana AlvesBriana

    13-10-2014 às 04:09:31

    Muito bom! É tão gratificante cuidar de plantas. A gente vê o quanto elas florescem quando são bem-cuidadas. Amei as dicas!

    ¬ Responder
  • Rua DireitaRua Direita

    18-04-2014 às 22:36:55

    Fantástico seu texto, a Rua Direita agradece!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios