Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Utilidades Domésticas > Como limpar bolor das paredes

Como limpar bolor das paredes

Visitas: 48
Comentários: 10
Como limpar bolor das paredes

As manchas de bolor são um dos piores pesadelos de qualquer dona de casa! Já pensou como é feio entrar numa divisão e uma parede estar repleta de bolor. Chega a ser até um pouco vergonhoso quando pretendemos receber visitas em casa.

A cozinha e a casa de banho são em especial as divisões mais propícios à formação de manchas de bolor devido ao excesso de humidade, falta de ventilação e de luz solar. Os cuidados e a limpeza deve ser redobrados nestes locais.

Mas não se assuste! Apesar de estas manchas terem um aspeto aterrador elas até são bastantes fáceis de retirar. E a solução para este mal até é bastante simples! Não precisa ir ao supermercado e comprar os produtos mais caros que estiverem na prateleira, basta comprar lixívia e alguns equipamentos de proteção, tal como, uma máscara para a cara, óculos de proteção e luvas.

Se nunca ouvir dizer, saiba que a lixívia é um ótimo aliado para eliminar fungos e bolores nas paredes, nos tetos e nas juntas dos azulejos e paredes.

Comece por fazer a limpeza logo pela manhã para que a parede ou teto ter tempo de secar durante o resto do dia. Dilua a lixívia em água e coloque o liquido num frasco com vaporizador, pode mesmo utilizador um velho frasco de produto dos vidros. Prepare também um alguidar com água para limpar a lixívia da parede.

Coloque a mascara no rosto, os óculos e não se esqueça das luvas.

Pulverize o produto na zona que contem bolor e esfregue com uma escova até eliminar a mancha. Á medida que vai esfregando e eliminado as manhas, vá limpando a sujidade e a lixívia com um pano húmido em água, para isto deve ter sempre por perto o alguidar com agua.

Caso não consiga eliminar o mofo por completo repita novamente a limpeza da parede. Nas juntas dos azulejos pode utilizar um escova de dentes para esfregar melhor esta zona.

Uma das soluções para dizer não ao bolor nas paredes e tetos, é a prevenção, areje a casa com bastante frequência, use desumidificadores e aqueça as divisões mais húmidas. Caso a sua casa não tenha isolamento térmico, talvez seja melhor começar a pensar no assunto, caso tenha, deve chamar um técnico para verificar se o isolamento não apresenta problemas.


Rua Direita

Título: Como limpar bolor das paredes

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 48

776 

Imagem por: pareeerica

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 10 )    recentes

  • SophiaSophia

    16-04-2014 às 17:49:14

    Fantástico! Muito útil seu texto! Parabéns!

    A equipa da Rua Direita

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoRui

    18-02-2013 às 18:59:59

    usem hipoclirito de sódio. é lexivia, mas dez vezes mais forte.
    Garanto que tao cedo nao aperece.. e ja fiz a experiencia em meia parede, sendo que a outra meia apenas limpei normalmente.
    A metade da parede que limpei com hipoclorito esta branquissima e a outra metade ficou quase preta.
    E tem razão quem diz para usar mascara.... é k nao utilizei e fikei mt mal dos sistema respiratorio.
    Já li aqui na net que há quem limpe com água oxigenada e é capaz de ter razão. pois antigamente tratava a água da minha piscina com cloro e passei a trata-la com água oxigenada industrial. (meio litro para 15000 litros de água) acreditem que de um dia para o outro as algas morreram e a partir daí... um bocadito de água oxigenada dessa por semana e ... nunca mais usei cloro. já lá vao dois anos.
    A água oxigenada nao deixa cheiro... ( mas a industrial deixa as mãos meias brancas e queimadas, mas depois passa ao fim de uma horita).
    espero ter ajudado.

    ¬ Responder
  • Mike

    11-02-2013 às 07:10:17

    Usar lexívia neste tipo de situação é um erro pois propaga e quem nunca fez que experimente 1º limpar com um detergente neutro sem cheiro de preferência e quando necessário usar em outra altura lexívia e depois irão ver quanto tempo demora a reaparecer o fungo. No entanto boa sorte a quem quiser continuar. Para terminar, não existe solução 100% eficaz, pois o problema até pode ser externo e não interno portanto, paciência. Importante é remover mal surja.

    ¬ Responder
  • elisabete

    21-12-2012 às 08:48:44

    É verdade k a lexivia faz kom k a tinta comece a sair kuando se limpa? disseram me k sim..gostava de saber.

    ¬ Responder
  • jose carlos

    08-05-2013 às 16:28:01

    Experimente só borrifar sem limpar com pano nenhum, vai ver que fica bem, mais tarde só uns toques onde ficou, mas pouco. Espero ter ajudado.

    ¬ Responder
  • fabiofabio

    03-03-2011 às 00:13:04

    tens k raspar o bolor deixar secar e pintar novamente,mas usa sempre mascara de protecçao

    ¬ Responder
  • maria fernandamaria fernanda

    04-08-2010 às 01:59:49

    O bolor é um fungo que se propaga na lexivia, ou seja, não é um habitat agressivo para ele. O contário é um erro que passa de geração em geração porque, quando lavadas com lexivia, as manchas de bolor realmente desaparecem...até um dia...

    Para remover o bolor (ou mofo) duma casa, existem várias empresas especializadas, e nem é caro.

    ¬ Responder
  • fabiofabio

    05-07-2010 às 19:28:22

    concordo com o k ta escrito e dá resultado, fiz isso 2 vezes, na altura tinha comprado uma casa e nao tinha reparado no bolor depois reeparei e fiz o k ta escrito e resultou tive dificuldade em saber onde se comprava mascaras, mas depois uma pessoa amiga disse-me e fui comprar,e fiz o trabalho e deu resultado, mais tarde voltou a ter bolor mas usei mascara de gas pk me disseram k a lexivia é toxica, mas eu prefiro sempre a mascara normal, fiz o trabalho e deu resultado, aconselho as pessoas a usar mascara pk conheço pessoas k fazem e nao usam e depois teem problemas, usem sempre mascara de proteçao

    ¬ Responder
  • IsaIsa

    01-07-2010 às 16:05:06

    Pinto telas mas as ultimas que fiz ficaram com muito bolor e elas estão quase prontas e são para oferecer. já usei desumificador e ficou na mesma. não sei o que fazer? preciso de ajuda

    ¬ Responder
  • Sofia Azevedo

    05-03-2014 às 15:24:16

    Enquanto estiver a trabalhar na tela, procure deixá-la sempre num local que possa arejar todos os dias. depois de terminar o trabalho, coloque o spray protector na tela, existem vários:para tinta acrílica, para óleos,pastel....

    ¬ Responder

Comentários - Como limpar bolor das paredes

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como burlar a crise e fazer a viagem dos sonhos gastando pouco

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Viagens
Como burlar a crise e fazer a viagem dos sonhos gastando pouco\"Rua
Não é novidade para ninguém que o Brasil está passando por uma séria crise econômica e política. Atrelado a isso, a elevação do dólar nos últimos meses tem contribuído para a queda considerável no número de viagens internacionais. Para os amantes de viagens, também chamados travelholics, a crise não é um motivo para adiar aquela viagem tão esperada.
Nesse post você terá dicas de como superar esse momento e realizar seu sonho de uma forma mais econômica, sem precisar de guias turísticos, que encarecem ainda mais a viagem.

Dica 1) Planeje sua viagem com antecedência.
Provavelmente a maioria já ouviu falar disso, mas é a pura verdade. Programar a viagem é o primeiro passo para uma estadia tranquila e bem mais barata. Escolher o destino, a época do ano e com quem ir é o começo de tudo. As passagens aéreas costumam ter preços promocionais quando comprada com antecedência e você poderá escolher melhor onde passará as noites.

Dica 2) Pesquise os preços das passagens diariamente.
Se o destino já está definido, comece a buscar as passagens já. Os preços costumam variar diariamente, e sim, podem cair ou subir absurdamente de um dia para o outro. Eu super indico o Google Voos como busca de passagem. Ele apresenta os valores e os horários das mais variadas companhias aéreas e no final, te redireciona para o site da empresa sem te cobrar nenhuma taxa por isso. Além disso, ter em mente a opção de flexibilizar as datas pode te possibilitar um bom desconto no final. Você e o seu vizinho de assento podem estar indo pro mesmo destino, mas pagando valores completamente diferentes.

Dica 3) Use e abuse do Google Maps para escolher a região de hospedagem.
O Google Maps é uma opção de busca com mil e uma utilidades. Depois de escolhida a cidade, pesquise a localização dos principais pontos turísticos que são do seu interesse. Há várias ferramentas para busca de hotéis e pontos turísticos no site. Se você vai depender de transporte público ou ''viação pé'' para conhecer a cidade, uma boa dica para economizar tempo e dinheiro é ficar na região cultural da cidade. Você poderá pagar um pouco mais caro na estadia, mas economizará em outros quesitos.

Dica 4) Utilize os sites de busca de hotéis para fazer as reservas.
Depois de muito pesquisar, descobri que organizar a viagem por conta própria pode sair até pela metade do preço do que seria através de uma agência de viagem. Existem muitos sites de hotéis, mas é bom pesquisar sua credibilidade em fóruns e sites de reclamação. Minha sugestão é o Booking.com, há anos no mercado com milhões de clientes, ele é reconhecido pela sua transparência e grande assistência àqueles que precisaram resolver algum problema. Utilizando as datas de entrada e saída, e os filtros como valor máximo da diária e número de estrelas, você encontra o melhor hotel pro seu gosto e seu bolso.

Dica 5) Seguro Viagem
É imprescindível a contratação de um seguro viagem se você está indo para o exterior. Dependendo do país, uma diária no hospital pode sair mais cara que toda a viagem. Sem falar que em caso de extravio de bagagem e algum problema mais grave com um parente próximo no país de origem, além de outras questões, o seguro tem a cobertura específica. Não se deixe levar pelos pequenos preços. Procure aqueles conhecidos mundialmente e, de preferência, utilizado por algum conhecido. Quanto mais detalhado for, melhor.

Dica 6) Curta a pré-viagem pesquisando
O período antes da viagem é tão gostoso quanto ela, propriamente dita. Aproveite para pesquisar sobre os locais do seu interesse, restaurantes, lojas e principalmente transporte. Hoje, já existe taxímetro online em grandes metrópoles, onde você pode fazer um cálculo estimado da corrida de um lugar a outro. Como o nosso objetivo é a economia, são muitas as alternativas de transporte. Além do bom e velho ônibus, as vans compartilhadas do aeroporto para o hotel podem sair bem mais em conta que o táxi. Para quem for ficar poucos dias em uma grande cidade, os ônibus vermelhos de dois andares, conhecidos por Hop On Hop Off, dão uma geral na cidade, passando pelos principais pontos e possibilitando ao turista parar onde quiser, e esperar pelo próximo nos pontos indicados. Existem ticktes de 24, 48 e 72 horas ilimitado, a partir do momento do primeiro uso.

Pesquisar mais textos:

Letícia Spínola Flávio

Título:Como burlar a crise e fazer a viagem dos sonhos gastando pouco

Autor:Letícia Spínola Flávio(todos os textos)

Imagem por: pareeerica

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Adriana SantosAdriana Santos

    10-11-2015 às 21:16:50

    Gostei das dicas! Valeu!
    Realmente, as pessoas que amam viajar encontram diversas formas, nem que seja um lugar próximo a sua cidade!

    Abraços!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios