Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Utilidades Domésticas > Mais Dicas De Limpeza (E Não Só!!!)

Mais Dicas De Limpeza (E Não Só!!!)

Visitas: 30
Mais Dicas De Limpeza (E Não Só!!!)

• Para ter as pedras das janelas sempre limpas: Lavo muito bem a pedra da janela com água e lava tudo. Depois de seca, aplico cera branca com uma esponja bem embebida. (Eu uso líquida, não encontrei em pasta). Evita com que a pedra fique demasiado suja e facilita a próxima lavagem.

• Para deixar as gavetas bem cheirosas: Embeber bolinhas de algodão em óleo essencial ao seu gosto, deixar o algodão secar e colocar num saquinho de seda ou pano. Colocar na gaveta. Também pode colocar só as bolinhas de algodão humedecidas dentro do saco do aspirador para ter um cheirinho bom quando aspirar.

• Para queixar a casa de banho a cheirar bem: Passar uma gotinha de óleo essencial na parte de dentro do cartão do rolo de papel higiénico.

• Para tirar riscos do vidro: Colocar um bocadinho de pasta de dentes branca e com um pano puxar o lustro.

• Para tirar o pó dos abajures dos candeeiros: Basta passar com um rolo tira-pêlos.

• Caixa de humidade: Colocar sal grosso ou giz num recipiente na divisão que tem humidade.

• Para desinfectar telefones, intercomunicadores e interruptores: Limpar com um pano embebido em álcool etílico.

• Desinfectar tábuas de corte: Despejar um pouco de água oxigenada ao longo da tábua e deixar actuar cerca de 10 minutos. Lavar como habitualmente.

• Grelhas de respiradouros: limpar com um pano de microfibras ou com o aspirador.

• Tirar manchas de calcário dos chuveiros, azulejos e lava-loiças: Literalmente esfregue meio limão na superfície que deseja limpar e desinfectar. Deixe actuar por não mais do que 10 minutos e passe por água.

Dica #1: Para as camisas secarem mais rápido e ficarem sem vincos, penduro-as em cabides e coloco na corda da varanda.

Dica #2: Quando preciso de comprar esponjas, panos de limpeza ou algum produto, normalmente vou ao Intermarché. É bastante em conta e, pelo menos este onde vou, tem uma enorme variedade.

Dica #3: Adora quadros? É criativo(a)? Basta imprimir alguns desenhos para colorir e emoldurar. Aqui ficam dois exemplos: https://drive.google.com/file/d/0BxX2m-PiuqAkcFd3ODRpYi1Icnc/edit e https://drive.google.com/file/d/0BxX2m-PiuqAkR1ZWV2dlMHVxeUU/edit

Dica #4: Não compre guardanapos de pano a pensar que vai substituir os de papel. Eu cometi esse erro. Compre-os, sim, para usar em ocasiões especiais, mas não para usar no dia-a-dia. Isto porquê? Porque ao coloca-los na mesa, vai ficar a olhar para eles e não os vai usar. E mesmo ambientalmente, não compensam a longo prazo porque se for a ver o detergente, detergente especial para tirar as nódoas e água que usa para os lavar, será bem mais dispendioso ambientalmente do que comprar guardanapos de papel reciclado.

Dica #5: Sabe que pode substituir o seu amaciador de cabelo por vinagre de vinho branco? Não deixa cheiro após enxaguar, deixa o cabelo suave e brilhante.

Dica extra: Para fazer um exfoliante para ser usado na altura, use um bocadinho de creme hidratante com um pacotinho de açúcar. Deixe durante 10-15 minutos. Depois é só lavar e pôr creme hidratante. (Uso para fazer exfoliação do rosto com creme para o rosto e para os pés com creme hidratante de corpo ou pés).


Cátia Neves

Título: Mais Dicas De Limpeza (E Não Só!!!)

Autor: Cátia Neves (todos os textos)

Visitas: 30

336 

Comentários - Mais Dicas De Limpeza (E Não Só!!!)

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios