Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Utilidades Domésticas > Controle no orçamento doméstico

Controle no orçamento doméstico

Visitas: 8
Comentários: 1
Controle no orçamento doméstico

O que todos comentam hoje é a falta de dinheiro, as despesas são inúmeras e o dinheiro pouco, mas podemos reverter este quadro, afinal economizar é à base de tudo.

O que devemos fazer? Nada mais do que o controle das despesas e receita de nossa casa, sem esse orçamento fica difícil planejar a troca de um carro, ou a compra da sonhada casa, ou até mesmo a troca de um refrigerador, sem que paguemos juros tão abusivos, o bom é economizar para adquirir o bem a vista, tendo assim o poder de ganhar um desconto sobre o valor apresentado nos produto que geralmente tem embutido em seus preços um juro.

Sempre pensamos mais é mais fácil, pois podemos pagar em até 10 x sem juros, mais o que você não sabe é que o juro já esta embutido no valor das prestações. Abra uma conta poupança à parte para guardar o que economizar, mesmo que seja um pouquinho mais vá juntando e no final você vai ver que pode comprar uma nova geladeira.

Apesar de sabermos que muitos, hoje em dia quem consegue pagar o básico sem entrar no vermelho já se acha um vencedor, mais é possível quando se quer realmente, mais para isso é preciso um orçamento de todos os gastos como: despesa de luz, água telefone, celulares, gás de cozinha, escola dos filhos, aluguel e alimentação, com tudo isso em mão, passamos ver o que devemos controlar e não desperdiçar.

Temos que fazer um verdadeiro malabarismo para sobrar alguns trocados, pois é necessário diminuir o gasto com luz, apagando todas as luzes da casa e apenas uma acessa, outra coisa não passar roupa todos os dias apenas uma vez por semana, usar a maquina de lavar apenas uma vez por semana, a televisão só ligar quando necessário, e ao deitar desligar todas as tomadas da parede, deixando apenas a da geladeira. Gás de cozinha terminou o almoço desliga a mangueira. Água só usar o essencial e não ficar com chuveiro ligado enquanto passa o sabonete. Telefone ligar o mínimo possível e não ficar horas batendo papo. Celular só usar para recados. Já com os alimentos você pode comprar o essencial, nada de focar colocando no orçamento refrigerante que nem faz bem a saúde, e ensine aos de casa que no prato não pode sobrar nada, tem que por somente o que vai comer se desejar mais é melhor repetir, do que desperdiçar examine os pratos e veja quem deixou e da próxima vez fique alerta, desperdiçar alimento nem a DEUS agrada.

A única coisa que você nada pode fazer é com aluguel e colégio para seus filhos, pois não pode baixar e nem tão pouco tirar seu filho de um bom colégio para por em um inferior.

Nunca use o cheque especial, viva apenas com o que tem afinal cheque especial é só em caso estremo como doença. Caso você for ao shopping e ver uma peça linda que lhe agradou não compre, vire o rosto, afinal você não vai morrer se não comprar, Com tudo isso feito você vai ver o quanto economizou. Bom seria gastar e ter para gastar, mais que fosse com coisas importantes para você e sua família.



Waldiney Melo

Título: Controle no orçamento doméstico

Autor: Waldiney (todos os textos)

Visitas: 8

723 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • SophiaSophia

    07-06-2014 às 13:13:06

    Sempre digo que não precisamos do "muito" para viver. Na maioria, são desnecessárias. Que vivamos com o que precisamos, e não com o que queremos.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - Controle no orçamento doméstico

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Ler próximo texto...

Tema: Informática
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?\"Rua
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Bom, Não é de hoje que tecnologia vem surpreendendo a todos nós com grandes revoluções e os custos que diminuem cada vez mais.
Hoje em dia é comum ver crianças com smarthphones com tecnologia que a 10 anos atrás nem o celular mais moderno e caro do mercado tinha.
Com isso surgiram sugiram vários profetas da tecnologia e visionários, tentando prever qual será o próximo passo.

E os filmes retratam bem esse tema e usam essa formula que atrai a curiosidade das pessoas.
Exemplos:

Minority report - A nova lei de 2002 (Imagem)

Transcendence de 2014

Em Transcendence um tema mais conspiratório, onde um ser humano transcende a uma consciência artificial e assim se torna imortal e com infinita capacidade de aprendizagem.
Vale a pena ver tanto um quanto o outro filme. Algumas tecnologias de Minority Report, como utilizar computadores com as mãos (caso do kinect do Xbox 360 e One) e carros dirigidos automaticamente, já parecem bem mais próximo do que as tecnologias vistas em Transcendence, pois o foco principal do mesmo ainda é um tema que a humanidade engatinha, que é o cérebro humano, a máquina mais complexa conhecida até o momento.

Eu particularmente, acredito que em alguns anos teremos realmente, carros pilotados automaticamente, devido ao investimento de gigantes como o Google e o Baidu nessa tecnologia.

Também acho que o inicio da colonização de Marte, vai trazer grandes conquistas para humanidade, porém grandes desafios, desafios esses que vão nos obrigar a evoluir rapidamente nossa tecnologia e nossa forma de encarar a exploração espacial, não como um gasto, mas sim como um investimento necessário a toda humanidade e a perpetuação da sua existência.

A única salvação verdadeira para humanidade e para o planeta terra, é que seja possível o ser humano habitar outros planetas, seja localizando planetas parecidos com a terra ou mudando planetas sem condições para a vida em planetas habitáveis e isso só será possível com gente morando nesses planetas, como será o caso do Marte. O ser humano com a sua engenhosidade, aprendeu a mudar o ambiente a sua volta e assim deixou de ser nômade e da mesma forma teremos que aprender a mudar os mundos, sistemas, galáxias e o universo a nossa volta.

Espero que tenham gostado do meu primeiro texto.
Obrigado à todos!
Até a Próxima!


Pesquisar mais textos:

Érico da Silva Kaercher

Título:Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Autor:Érico da Kaercher(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios