Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Utilidades Domésticas > Segredos e Truques na Cozinha

Segredos e Truques na Cozinha

Visitas: 8
Comentários: 1
Segredos e Truques na Cozinha

Se há uns anos atrás não se desvendavam segredos de cozinha, certo é que nos dias que correm, as coisas já não são bem assim. Da internet, aos milhares de livros de cozinhas, aos programas televisivos muitas são as fontes que desvendam segredos e contam os escondidos truques que durante anos foram fechados a sete chaves.

Se é uma curiosa de alguns truques de cozinha e de cozinhados, tenho aqui algumas ideias.

O arroz é um dos principais alimentos da nossa gastronomia. Se há uns que gostam do arroz muito ligado, outros há que tentam a todo o custo consegui-lo solto. Para ter este efeito no arroz, basta cozinhá-lo normalmente e no final, passe-o por água fria. Vai ver como ele fica solto ao seu gosto.




Ainda no mundo do arroz. Já pensou em comer arroz colorido? Experimente cozinhá-lo com legumes verdes, vermelhos ou amarelos? Vai ver a cor com que ficam.

Quer gratinar um cozinhado, mas ele fica sempre seco? Então coloque o queijo no topo do seu cozinhado e coloque-o num forno pré-aquecido. Retire-o quando o queijo começar a fazer bolhas. Se deixar passar mais tempo, o seu cozinhado vai ficar ressequido e o queijo queimado nas pontas e rijo na sua totalidade.

Acha que batatas fritas aquecidas não prestam? Então experimente coloca-las num tabuleiro largo e forrado com uma folha de alumínio. Depois salgue-as e coloque-as no forno pré-aquecido por 5 minutos. Vai ver que estão estaladiças como se tivessem sido acabadas de fritar.

Acha que as batatas fritas só têm o seu sabor característico se forem mergulhadas em óleo? Para a próxima vez coloque-as de molho em água e sal. Seque-as e de seguida coloque-as no forno com um fio de azeite, embrulhadas de forma larga em papel de alumínio.

Sabia que para o leite durar mais tempo no frigorífico pode colocar-lhe umas pedrinhas de sal? O sabor não fica alterado e não precisa beber o pacote todo de seguida.

Sabe que se lhe sobrar pão o pode congelar? Ele aguenta até 4 meses congelado. Coloque-o em saquinhos individuais bem fechados e guarde-o no congelador. Quando o quiser comer, retire-o e deixe que descongele em temperatura ambiente. Ele descongela em menos de 1 hora.

No mundo das bolachas e para que estas estejam sempre estaladiças, guarde-as num recipiente de vidro ou lata e feche-a hermeticamente. Se se descuidou e elas agora estão moles, experimente coloca-las no micro-ondas durante 30 segundos e deixe-as esfriar. Estarão no ponto.

No mundo da cozinha há milhares de truques e dicas que pode utilizar. Partilhe as suas…


Carla Horta

Título: Segredos e Truques na Cozinha

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 8

664 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • SophiaSophia

    05-06-2014 às 19:14:48

    Adoro conhecer segredos e truques de cozinha, assim podemos ficar mais satisfeitas e economizar ao máximo!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - Segredos e Truques na Cozinha

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Fine and Mellow

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Música
Fine and Mellow\"Rua
"O amor é como uma torneira
Que você abre e fecha
Às vezes quando você pensa que ela está aberta, querido
Ela se fechou e se foi"
(Fine and Melow by Billie Holiday)

Ao assistir a Bio de Billie Holiday, ocorreu-me a questão Bluesingers x feminismo, pois quem ouve Blues, especialmente as mais antigas, as damas dos anos 10, 20, 30, 40, 50, há de pensar que eram mulheres submissas ao machismo e maldade de seus homens. Mas, as cantoras de Blues, eram mulheres extremamente independentes; embora cantassem seus problemas, elas não eram submissas a ponto de serem ultrajadas, espancadas... Eram submissas, sim, ao amor, ao bom trato... Essas mulheres, durante muito tempo, tiveram de se virar sozinhas e sempre que era necessário, ficavam sós ou mudavam de parceiros ou assumiam sua bissexualidade ou homossexualidade efetiva. Estas senhoras, muitas trabalharam como prostitutas, eram viciadas em drogas ou viviam boa parte entregues ao álcool, merecem todo nosso respeito. Além de serem precursoras do feminismo, pois romperam barreiras em tempos bem difíceis, amargavam sua solidão motivadas pelo preconceito em relação a cor de sua pele, como aconteceu a Lady Day quê, quando tocava com Artie Shaw, teve que esperar muitas vezes dentro do ônibus, enquanto uma cantora branca cantava os arranjos que haviam sido feitos especialmente para ela, Bilie Holiday. Foram humilhadas, mas, nunca servis; lutaram com garra e competência, eram mulheres de fibra e cheias de muito amor. Ouvir Billie cantar Strange Fruit, uma das primeiras canções de protestos, sem medo, apenas com dor na alma, é demais para quem tem sentimentos. O brilho nos olhos de Billie, fosse quando cantava sobre dor de amor ou sobre dor da dor, é insubstituível. Viva elas, nossas Divas do Blues, viva Billie Holiday, aquela que quando canta parte o coração da gente; linda, magnifica, incomparável, Lady Day.

O amor vai fazer você beber e cair
Vai fazer você ficar a noite toda se repetindo

O amor vai fazer você fazer coisas
Que você sabe que são erradas

Mas, se você me tratar bem, querido
Eu estarei em casa todos os dias

Mas, se você continuar a ser tão mau pra mim, querido
Eu sei que você vai acabar comigo

Pesquisar mais textos:

Sayonara Melo

Título:Fine and Mellow

Autor:Sayonara Melo(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios