Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Faça sua horta de temperos caseiros

Faça sua horta de temperos caseiros

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
Visitas: 2
Comentários: 3
Faça sua horta de temperos caseiros

Sabemos que hoje é impossível se ter uma horta em casa, principalmente nas grandes cidades, em que a maioria das pessoas vive em apartamento, é pouca as pessoas que se dar o luxo de morar em casa e poder fazer uma horta. O jeito é ir ao super mercado e comprar os macinhos de ervas aromáticas, que nem sempre corresponde a sua necessidade. Mas o que fazer se você quiser ter sempre a mão temperos frescos para dar um sabor especial ao prato? Saiba que é muito simples talvez mais do que você imagina, e não é preciso reservar espaço muito grande. Qualquer cantinho que seja arejado e com alguma incidência de sol, tudo funciona bem. É só comprar os equipamentos e as mudas de ervas e colocar mãos a obra.

Primeiro você deve escolher o vaso ou cachepô com pelo menos 20 cm de profundidade. Uma jardineira de 20 cm x 60 cm, por exemplo, acomoda 12 mudas. Casca de pinéus de bambu ou pedrisco, regador, terra orgânica adubada, húmus de minhoca ou composto orgânico com húmus de minhoca, areia ou manta para drenagem, argila expandida, pá, rastelo e arrancador de inço, mudas orgânicas de suas ervas prediletas (geralmente elas vêm em vasinhos plásticos moles ou duros). Você agora esta com todo o equipamento nas mãos para a sua hortinha. É importante não pular nenhuma etapa descrita abaixo. É bom sempre verificar se os vasos que você comprou têm furinhos para escoar a água, caso não tenha você precisa fazer.

Coloque uma camada generosa de argila expandida, cobrindo o fundo do vaso para garantir a drenagem, cubra a argila com camada de areia, usando a pá para deixá-la o mais uniforme possível, ou coloque a manta de drenagem misture a terra adubada e o húmus de mandioca e quebre com as mãos eventuais caroços, deixando a terra bem fofinha.

Agora despeje a mistura de terra e húmus na jardineira ou vaso, tomando cuidado para não estragar as camadas de baixo (areia, argila e casco de telha) e para não encher demais o recipiente, disponha as mudas na jardineira para ter uma noção do espaço que eles vão ocupar.

Agora faça uma cova para cada muda a ser plantada, retire as mudas do vasinho em que elas vieram, e com a ajuda do arrancador de inço, tomando cuidado para preservar o torrão, na camada de terra, faça uma cova para cada muda a ser plantada. E delicadamente retire o excesso de terra do torrão e deposite na cova, usando o separador de inço para prensar a terra. Saiba que os torrões não devem nunca ficar soltos na terra.

Seja pratico e agrupe as ervas do mesmo tipo para facilitar a colheita, e preciso ser cuidadoso, coloque no mesmo vaso as erva da mesma afinidade. Complete a jardinagem com a mesma mistura da terra, ajeite as cascas de pinus sobre a terra, elas vão garantir a umidade, dão um belo efeito visual e evita a proliferação de ervas daninhas, e boa colheita.



Waldiney Melo

Título: Faça sua horta de temperos caseiros

Autor: Waldiney (todos os textos)

Visitas: 2

767 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 3 )    recentes

  • Vicente SilvaVicente

    12-08-2014 às 22:42:03

    Que bela iniciativa para fazer uma horta de temperos caseiros. É sempre melhor ter em casa, assim se economiza muito. Tenho muita vontade de executar essa ideia e futuramente, farei!

    ¬ Responder
  • vanderlei

    18-08-2012 às 23:06:32

    ola, eu tenho horta em casa e sou jardineiro. e gostaria de ter, mais sugestão de temoeros,

    ¬ Responder
  • Heber F.SilvaHeber F.Silva

    12-11-2009 às 00:58:14

    Onde eu encontro as mudas de condimetos ou semetes, sou de MG sul e minas, ja procurei aqui e é dificil.
    Me ajude, muito obrigado.

    ¬ Responder

Comentários - Faça sua horta de temperos caseiros

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Um sinal de compromisso

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Jóias Relógios
Um sinal de compromisso\"Rua
Exibir uma aliança de compromisso é, frequentemente, motivo de orgulho e, quando se olha para ela, vai-se rodando-a no dedo e fica-se com aquela expressão ridícula na cara.

Uma questão se coloca: qual a razão de estas alianças de compromisso serem tão fininhas: será porque os seus principais clientes, os jovens, são sujeitos de poucas posses (tendendo as mesadas a emagrecer ainda mais com a crise generalizada) ou porque esse compromisso, não obstante a paixão arrebatadora, é frágil e inseguro?

Sim, porque aqui há que fazer cálculos matemáticos: x compromissos vezes y alianças…com um orçamento limitado sobre um fundo sentimental infinito…

Depois, importa perpassar os tipos destas alianças. Há as provisórias, que duram em média quinze dias; há as voadoras, que atravessam os ares à velocidade da luz quando a coisa dá para o torto; há as que insistem em cair do dedo, sobretudo em momentos em que ter um compromisso se revela extremamente inoportuno; e depois há as residentes, que uma vez entradas não tornam a sair.

Os pombos-correios usam anilhas onde figuram códigos que os identificam. Talvez não fosse completamente descabido fazer umas inscrições deste género em algumas alianças de compromisso por aí…

Só para ajudar os mais esquecidos a recordarem a que “pombal” pertencem.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Um sinal de compromisso

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Luene ZarcoLuene

    22-09-2014 às 05:46:10

    Um sinal de amor e lealdade perpétua! Adoro ver os vários modelos de aliança! Vale a pena escolher uma bem bonita!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios