Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Alimente-se contra o cancro

Alimente-se contra o cancro

Categoria: Saúde
Visitas: 12
Comentários: 1
Alimente-se contra o cancro

O cancro já é visto, por alguns especialistas, como uma epidemia. Esta terá começado após a Segunda Guerra Mundial, quando se deram transformações significativas nos processos agrícolas, das quais se destaca a introdução de um grande número de químicos, até aí inexistentes. Por outro lado, generalizou-se o processamento da maior parte dos alimentos, o que veio alterar completamente os hábitos alimentares. Os açúcares e as gorduras, e também conservantes, corantes, emulsionantes, e outros “antes” potencialmente cancerígenos, passaram a ser gastos em larga escala. Começaram a rarear os alimentos verdadeiramente naturais e desvirtuaram-se as características dos que a indústria processava.

No sentido de dificultar o aparecimento de cancro, elimine o açúcar e farinhas refinadas. Os autos da História referem que em 1830 cada pessoa comia cerca de cinco quilos de açúcar por ano e que em finais do século XX a fasquia se encontrava já nos 70 quilos. Adicionalmente, os bolos, bolachas, refrigerantes e outros alimentos com elevado índice glicémico e que, portanto, elevam rapidamente os níveis de açúcar no sangue, devem ser evitados e, sobretudo, não consumidos fora das refeições. Prefira arroz e pão integrais e incremente a ingestão de legumes e leguminosas (ervilhas, feijão, lentilhas). Reduza os lacticínios e a carne de animais alimentados com rações.

O milho, o trigo e a soja, presentes nestas rações, são muito ricos em ómega 6, mas pobres em ómega 3. O ómega 6 estimula os processos inflamatórios, que se podem tornar crónicos e derivar em determinados cancros, como o do fígado, colo do útero, estômago e cólon. Ora, o nosso equilíbrio fisiológico depende, em grande medida, do equilíbrio entre estes dois ómegas, que só podemos obter da alimentação, uma vez que o nosso organismo não os produz. Para aumentar as fontes de ómega 3, coma peixes gordos (salmão, sardinhas, anchovas, cavala), abacate e nozes.

Embora haja a sensação que qualquer factor é passível de assumir um papel preponderante na promoção de um tumor, o certo é que o organismo gera ininterruptamente células anormais, susceptíveis de constituir a base de um carcinoma. O sistema imunitário entra, então, em acção e o duelo estabelece-se. Se uma em cada quatro pessoas morre de neoplasia, três não chegam a desenvolver qualquer cancro, graças à protecção das suas defesas naturais. Deste modo, há que debelar os factores perturbadores da nossa estrutura imunitária, para que esta se mantenha mais forte do que o cancro. Neste sentido, é essencial combater a poluição invisível, que tem a dita de imitar as hormonas, potenciando carcinomas hormonodependentes. Ela encontra-se em todo o lado: herbicidas, pesticidas, plásticos, produtos de limpeza e cosmética… O controlo total é impossível, mas a atenção aos rótulos e à origem integra uma boa política preventiva.

Maria Bijóias

Título: Alimente-se contra o cancro

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 12

606 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãoxico

    18-05-2009 às 02:26:14

    saúde, estou com medo. muito medo por pessoa de quem amo.
    a saúde só se nota quando falha. é como a electricidade só se sente a falta quando estamos as escuras ,....até lá nem reparamos a sua existencia. tomamos por garantida.

    ¬ Responder

Comentários - Alimente-se contra o cancro

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

10 motivos para você fazer um cruzeiro

Ler próximo texto...

Tema: Viagens
10 motivos para você fazer um cruzeiro\"Rua
Vai chegando o final do ano e começa a bater aquela vontade de viajar, de ir descansar longe da correria do dia-a-dia, sem se estressar, a dica é que não há nada mais prático e relaxante do que fazer um cruzeiro, sabe por quê?

1. Você pode contratar o serviço parcelado, em muitas agências de viagem; assim começa a pagar agora e provavelmente já estará mais da metade pago na ocasião da viagem;

2. Relaxar em lugar calmo, com todas as comodidades à bordo, garçons, camareiro, equipe de animação, entre outros;

3. Geralmente o pacote já vem com comida e bebida liberados, o que quer dizer que você se delicia e não se preocupa com quanto vai gastar e onde vai comer.

4. Como o navio atraca em vários portos, dá um tempinho para conhecer vários lugares bacanas e tirar muitas fotos nos pontos turísticos. Dependendo da parada, você até consegue alugar um kit de mergulho e dar uma olhada no fundo do mar.

5. A diversidade cultural costuma ser muita e você acaba conhecendo pessoas e costumes de outros países;

6. Para não ir achando que as horas à bordo do navio são entediantes, vale ressaltar que há inúmeras atividades fornecidas pela tripulação responsável, o que inclui brincadeiras, atividades físicas em grupo, dança, sorteios e muita música.

7. Para aqueles que apreciam jogos de azar, o navio tem um cassino que é um encanto mesmo para quem não joga.
8. Outra atração impressionante é a danceteria, aberta todas as noites, com músicas de variados estilos, e bebidas liberadas com o bar no mesmo ambiente;

9. Já se preferir lagartear ao sol dentro do navio costuma ter espaço para o banho de sol e com piscinas grandes e também jacúzis para você se sentir em um verdadeiro spa.

10. Não menos importante, os navios contam com um teatro que costuma impressionar os passageiros, com um elenco digno de grandes palcos, e histórias incríveis.


Então, se você ainda não teve essa incrível experiência, vale a pena se programar aí com a família, e aventurar no mar, colecionar um misto de emoções, lembrancinhas e milhares de fotos. Com certeza será uma experiência inesquecível e você vai acabar querendo fazer mais vezes!

Pesquisar mais textos:

Clarissa Reinoco Machado

Título:10 motivos para você fazer um cruzeiro

Autor:Clarissa Reinoco Machado(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios