Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Como enfrentar a Menopausa?

Como enfrentar a Menopausa?

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
Como enfrentar a Menopausa?

Menopausa não é mais uma fase na vida das mulheres. È a “tal” fase na vida de todas as mulheres.

Esta é uma época na vida das mulheres em que a menstruação cessa, fazendo parte de um processo biológico que na maioria das mulheres começa por volta dos 40 anos. A partir dos 40 anos os ovários vão produzindo menos quantidade de estrogênio e progesterona (hormônios sexuais). Entre os 45 e os 60 anos as mulheres podem deixar a qualquer instante de deixar de produzir os hormônios sexuais e dar inicio à menopausa.

A principal característica menopausa é a ausência total de menstruações. No entanto podem ir ocorrendo perdas de sangue durante alguns meses, intervalados com a ausência das mesmas. Sintomas como ondas de calor, alterações do sono, libido ou humor, bem como podem ocorrer atrofias dos órgãos genitais.

Mais alguns sintomas podem ocorrer como suores noturnos, menor desejo sexual, irritabilidade, depressão, ressecamento vaginal, dor durante o ato sexual e até diminuição da atenção ou da memória.

Ocorre também por esta altura uma substancial perda de cálcio nos ossos o que pode levar à osteoporose.

Naturalmente que com o avançar da medicina nos dias que correm, existem alguns tratamentos para atenuar os sintomas da menopausa.

O tratamento hormonal é um deles. Se o tratamento for aplicado no início da menopausa pode ter resultados bastante positivos como a prevenção da osteoporose, melhora as permanentes ondas de calor e protege do cancro do útero. A vida sexual também melhora substancialmente e a libido poderá estar ativa. Também problemas de memória e a prevenção da demência senil (como a Doença de Alzheimer) podem ser uma realidade, mas quanto a isto, os estudos realizados ainda não estão certos e não podem dar certezas.

Uma boa alimentação nesta fase é fundamental pelo que se aconselham alimentos ricos em vegetais e frutas, alimentos com fibra. Consuma peixe de forma substancial.

Se é fumadora, agora mais que nunca é altura de parar e se consumir bebidas alcoólicas faço-o com cuidado e muito de vez em quando. Limite o consumo de sal e a ingestão de consumo de gordura saturada, optando por carnes brancas e vegetais.

A menopausa não é o fim do mundo. É uma barreira que terá de ultrapassar com toda a certeza, pelo que previna-se e combata esta fase com as melhores armas do mundo.


Carla Horta

Título: Como enfrentar a Menopausa?

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 0

608 

Comentários - Como enfrentar a Menopausa?

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Jardinagem Fonte de Vida

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Bricolage Jardim
Jardinagem Fonte de Vida\"Rua
A jardinagem é conhecida há anos como uma forma de emprego que possibilita a muitos uma renda familiar mensal. A jardinagem também pode ser artística onde a arte do profissional é aplicada. A jardinagem pode ser de inúmeras formas conhecida e exercida, trazendo benefícios imensuráveis a aqueles que dela são adeptos.

Muito mais que fonte de renda ou arte a jardinagem é uma fonte de inúmeros beneficio a vida do ser humano, fonte de alegria, relaxamento e distração. E por ser uma atividade tão simples não é difícil de ser realizada. A jardinagem é por si só fonte de vida, fonte de aprendizado e principalmente fonte de intimidade do ser humano.

Ser adepto da jardinagem não é somente revirar terra, ser adepto da jardinagem é decisão de vida que transforma seu dia-a-dia mudando a rotina de dias estressantes e cansativos.

Ao olhar de muitos a tarefa possa parecer penosa, cansativa e até chata, mais somente estando envolvido na jardinagem para perceber que muito mais ter um corpo cansado após a tarefa, você na verdade descansa seu corpo sua mente e seu espírito da agitação do dia-a-dia.

Alguns minutos dedicados à jardinagem são o suficiente para inibir grande carga emocional e física do nosso dia-a-dia, e proporcionando uma energia a mais para os próximos dias.

A jardinagem pode ser realizada de varias formas simples que vão trazer todos estes benefícios a sua vida e não são necessários grandes investimentos ou mudança radical da sua rotina de vida ou qualquer outra mudança que você possa imaginar. Na verdade as maiores mudanças são comportamentais e só depende de você.

Para detalhar um pouco o que você poderá fazer com alguns minutos dedicados à jardinagem você irá perceber que não há nenhuma dificuldade em realizar esta tarefa.

Com um mínimo de espaço você pode cultivar plantas simples, em vasos pequenos que não irão ocupar espaço e serão na verdade uma linda forma de ornamentar sua casa.

Você poderá cultivar uma espécie de planta conhecida como:
- Rosa de pedra

É uma suculenta, planta que armazena água nas folhas e caules, que tem o formato parecido com o de uma rosa. É muito usada para fazer arranjos em vasos com outras suculentas e cactos. Deve ser regada apenas uma vez por semana, pois a umidade pode apodrecer suas raízes. Não tolera muito sol.

E você vai perceber que se dedicar alguns minutos a jardinagem é muito bom para você, os resultados não tem como ser calculados, somente há possibilidade de experimentar o quanto bom é o resultado final.

Então não espere muito é dedique-se um tempo a descobrir o quanto é bom a jardinagem para sua vida.

Pesquisar mais textos:

Rodrigo Junio Ferreira

Título:Jardinagem Fonte de Vida

Autor:Rodrigo Junio Ferreira(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Briana AlvesBriana

    13-10-2014 às 04:43:33

    É tão gratificante nós mesmos realizarmos a jardinagem. Essa atividade relaxa, gera prazer e o resultado nos deixa muito felizes. Vale a pena!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios