Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Remédios que deve ter sempre em casa

Remédios que deve ter sempre em casa

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
Visitas: 10
Comentários: 1
Remédios que deve ter sempre em casa

Saber gerir uma farmácia familiar nem sempre é fácil e muitas vezes cai-se no exagero, sobrelotando-a com medicamentos desnecessários e, quem sabe, potencialmente perigosos. Os medicamentos básicos são poucos e apenas para afeções ligeiras a moderadas, uma vez que problemas de outra natureza, mais graves, terão de ser solucionados por um médico.

Assim, saiba que dentro da sua farmácia deve ter sempre um antisséptico para tratar as feridas, um creme ou gel anti-histamínico para combater as picadas de insetos e analgésicos e antipiréticos, eficazes contra a dor e febre (esta deverá sempre ser medida primeiro – pode não haver necessidade de tomar o comprimido). Pode ainda guardar no armário um xarope para a tosse (tome-o apenas quando esta se tornar incomodativa), saia de frutos, para fazer frente à azia, uma bisnaga de creme para aplicar em caso de dores musculares e um descongestionante nasal (em todo o caso, prefira sempre o soro fisiológico, sem efeitos adversos). Obviamente que, se sofrer de doença crónica, terá de guardar igualmente os medicamentos prescritos pelo seu médico e que se aplicam apenas a si.

Para além de medicamentos propriamente ditos, convém também ter sempre à mão um termómetro, compressas esterilizadas, fita adesiva, pensos rápidos, ligaduras elásticas, pinças, uma tesoura de pontas arredondadas e um pano limpo. Guarde ainda ou exponha num local visível números de telefone importantes como o dos bombeiros mais próximos da sua zona de residência, do Centro Anti-Venenos e da farmácia. Um manual de primeiros socorros também costuma acompanhar este tipo de artigos e informações.

Finalmente, saiba que não deverá guardar os medicamentos em qualquer lado. Assim, evite locais facilmente acessíveis para as crianças que, guiadas pela curiosidade, poderão dar origem a acidentes graves. Guarde os medicamentos em locais altos, seguros (trancados com chave ou fecho) e afastados de fontes de calor, luz e humidade, logo, a cozinha ou a casa de banho não são, de todo, bons sítios para os manter (apesar de serem os mais frequentemente utilizados). Todavia, o local escolhido – o escritório, por exemplo – deverá estar bem iluminado uma vez que muitos erros graves cometem-se por falta de visibilidade. Os medicamentos devem, também, ser guardados dentro das suas caixas originais, acompanhados da respetiva bula e, preferencialmente, deverão estar arrumados por grupos ou tipos: os de aplicação exterior, os orais, os das crianças, etc. Verifique com regularidade a data de validade dos mesmos e entregue na farmácia todos aqueles cuja validade já tiver expirado. Nunca consuma medicamentos fora da data de validade, pois muitos, para além de perderem a sua eficácia, podem mesmo tornar-se perigosos, devido a alterações profundas das suas características originais. Finalmente, entregue sempre os medicamentos fora de prazo na farmácia, cujos técnicos saberão encaminhá-los para um destino seguro e apropriado.

Isabel Rodrigues

Título: Remédios que deve ter sempre em casa

Autor: Isabel Rodrigues (todos os textos)

Visitas: 10

793 

Imagem por: plasticrevolver

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãoaline sales

    26-09-2009 às 19:06:41

    adorei,muito bem.

    ¬ Responder

Comentários - Remédios que deve ter sempre em casa

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Contador de moedas

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Material Escritório
Contador de moedas\"Rua
O mundo dos negócios exige um grande dispêndio de energia e muitas horas de trabalho. No entanto hoje já é possível fazer recurso da alta tecnologia para poupar tempo e dinheiro. O recurso às funções do computador para o comércio facilita e atrai muitos clientes para empresas e comerciantes. No que diz respeito a contas é possível fazer uma contagem rápida e eficaz do dinheiro, sem passar horas a contar e com o risco de engano. É por isso que cada vez mais pessoas ligadas a negócios e serviços optam por adquirir um contador de moedas. Deste modo sabem que poupam tempo e não falham na sua contagem.

Dos inúmeros equipamentos que a alta tecnologia põe ao dispor, este é sem dúvida um equipamento que beneficia em muito o trabalho de muita gente. Por ser pequeno é muito cómodo e exige pouco espaço, ou melhor pode ser colocado em qualquer lugar.

Torna-se evidente que as novas tecnologias vieram para simplificar a vida e trazem muitas vantagens, rentabilizam e poupam tempo. No caso do contador de moedas, sem enganos, falhas e complicações. É o ideal para ter num escritório de uma empresa, em escolas, cafés, pastelarias, salões de jogos, bancos, cinema, serviços financeiros e de tesouraria e outros ligados a serviços públicos e privados.

Em resumo, se está ligado a qualquer trabalho de comércio ou serviços pode poupar muto tempo e problemas apenas colocando um equipamento destes no seu espaço de trabalho. As suas vantagens são inúmeras, em especial: permite realizar uma contagem rápida das moedas dividindo-as e fazendo a sua soma, conta o total das moedas, o valor total em cada tipo de moedas e a quantidade de todas as moedas.

Contem e separa no mínimo duzentas e vinte moedas por minuto, sem erro, conta e separa tudo no mesmo equipamento, permite alimentar o aparelho com quantidades entre as trezentas e quinhentas moedas de cada vez e continuar a adicionar mais moedas enquanto está a contar. Além disso o aparelho pode ser programado para separar um número de moedas predeterminado.

O seu design é bastante inovador e resistente. Os materiais de elevada qualidade, de fácil ligação e paragem automática.

Possui uma elevada funcionalidade, baixo consumo (70W), pouco peso, aproximadamente quatro kg, velocidade ultra rápida, pequena dimensão e estão todos certificados pela EU. Deste modo também possuem garantia, são fáceis de usar e de arrumar.

As suas funções práticas permitem que o contador de moedas possa estar em qualquer lugar.

Pesquisar mais textos:

Teresa Maria Batista Gil

Título:Contador de moedas

Autor:Teresa Maria Gil(todos os textos)

Imagem por: plasticrevolver

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios