Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Seduza ao telefône

Seduza ao telefône

Categoria: Outros
Seduza ao telefône

Quando se fala em sedução sob a ótica romântica, se fala em arte da sedução mas, vamos entender que para seduzir não é preciso ser artista, tem que usar os instintos naturais e deixar um pouco a vergonha de lado, afinal, vergonha é não ir atras do que se quer por alimentar falsas idéias de que tudo é feio e que cabe ao homem sempre tomar a iniciativa. O instinto masculino gosta de sentir que foi ele quem conquistou, tudo bem quanto a isso, só que pode-se conduzir a conversa dando espaço para que ele pense assim. Não se trata de mentir mas de conduzir por meio de boa abordagem, de modo que ele tome a iniciativa no momento oportuno, afinal, ambos são adultos.

Dependendo do conceito pessoal de cada um, alguns homens ainda se sentem, diria que um tanto, incomodados ao deparar-se com mulheres determinadas, independentes e forte mas essa visão está sendo derrubada, há outros homens que adimiram as mulheres que vão à luta, melhor, que seduzem e fazem acontecer.

Uma sugestão para a seduzir pelo telefône, é ser você mesma apimentando um pouco a conversa para levar o homem a entender as verdadiras intenções, caso não se sinta à vontade, saiba que para seduzir não é preciso viajar na imaginação do erotismo pleno, explicito, pode ser uma linguagem simplesmente cativante, atraente, usando seu potêncial de voz. A imaginação masculina é tão fértil quanto a feminina, só que com mais facilidade de ir para as vias de fato do que a mulher que na maioria das vezes imagina um homem gentil, inteligênte e sedutor.
Uma dica: ao telefonar pergunte se ele pode falar naquele momento, se não puder, não fale rápido, informe que precisa falar uma coisa que requer atenção e que tem a ver com um pensamento que teve com ele durante o banho, saiba que a curiosidade imaginária será apurada e pode ser até que ele mesmo retorne a ligação.

Caso seja um momento que ele possa dar atenção, então é a hora de falar, procure usar um tom médio, fale como se a pessoa estivesse próxima e seja doce, evitando falar rápido, a mente dele precisa captar a abordagem com os sentidos, seja ligeiramente indireta, diga que pensou nele enquanto estava se banhando ou passando o hidratente pelo corpo, se ele perguntar pensando em quê, procure ser reticente dizendo que é muito cedo para dizer, que talvez pessoalmente se sentirá melhor, ou que precisa do apoio dele para sentir-se segura, à vontade para falar. Há uma grande chance dele querer marcar esse encontro o quanto antes para descobrir se o que pensou durante o banho foi algo que mexeu com a libido.

Sílvia Baptista

Título: Seduza ao telefône

Autor: Sílvia Baptista (todos os textos)

Visitas: 0

633 

Imagem por: rocketjim54

Comentários - Seduza ao telefône

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como Solicitar O Seguro Desemprego - Passo A Passo!

Ler próximo texto...

Tema: Utilidades Domésticas
Como Solicitar O Seguro Desemprego - Passo A Passo!\"Rua
O seguro desemprego é instituído pela Lei Nº 7.998, de 11 de janeiro de 1990 e que tem por finalidade prover a assistência financeira temporária ao trabalhador desempregado sem justa causa. Foi sancionado pelo presidente da República do Brasil e também é regido pela Consolidação das Leis Trabalhistas – CLT.

Este benefício é concedido a todo e qualquer trabalhador que foi dispensado apenas em regime de sem justa causa ou quando houver acordo judicial e o juiz autorizar o pagamento devido ao ex-trabalhador da empresa.

Sua duração é de 3(três) a 5(meses) de forma contínua e dependerá do tempo em que ficou empregado. O valor mensal é calculado conforme o que o trabalhador ganhava durante o período em que estava empregado.

Essa assistência financeira e temporária tem algumas regras, por isso, é muito importante conhecê-la antes mesmo de solicitá-la nos órgãos responsáveis.

Para ter direito ao benefício:


- Precisa ter a carteira devidamente assinada da empresa;
- Ter trabalhado durante 6 meses na empresa (no mínimo);
- Não ter recebido esse benefício no período de 16(dezesseis) meses ininterruptos;
- Ter sido dispensado sem justa causa.

Quem tem direito ao benefício:


- Os trabalhadores demitidos sem justa causa;
- O pescador artesanal; e
- O empregado doméstico, desde que o empregador esteja recolhendo o Fundo de Garantia de Tempo de Serviço (FGTS).

Como solicitar – Passo a passo:


1) Dirija-se à qualquer Caixa Econômica Federal ou ao M.T.E (Ministério do Trabalho e Emprego) da sua cidade munidos dos seguintes documentos:
- Rescisão contratual, carteira de trabalho devidamente dado baixa com a data de saída e assinada e carimbada pela empresa, as duas vias do seguro desemprego preenchido e fornecido pela empresa, cartão do PIS/PASEP ou o cartão cidadão, extrato do recebimento do pagamento do FGTS, comprovante de residência e os últimos 3 (três) contra-cheques;
2) Entregue todos esses documentos ao atendente. Eles vão fornecer o protocolo de entrada do seguro desemprego, vão lhe dizer quantas parcelas você tem direito e a data que você receberá a primeira (30 dias).

Bem, apenas isso e agora é só esperar para o recebimento do pagamento das parcelas. Para consultar, acesse este link: http://granulito.mte.gov.br/sdweb/consulta.jsf
Digite com seu número de PIS/PASEP e logo abaixo com o código no visor e clique em consultar. Vai abrir outra tela com as informações das parcelas.

Pesquisar mais textos:

Briana Alves

Título:Como Solicitar O Seguro Desemprego - Passo A Passo!

Autor:Briana Alves(todos os textos)

Imagem por: rocketjim54

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios