Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Barcos > Querida... comprei um barco!

Querida... comprei um barco!

Categoria: Barcos
Comentários: 2

Com que então anda à procura de um barco que se ajuste ao seu orçamento? Ora bem, é ir para a bicha, porque independentemente do estado actual de economia, há uma enorme procura de para barcos neste momento.

Não vai há muito tempo que um proprietário de um barco estava associado a uma imagem de riqueza que muitos de nós, infelizmente, nunca alcançariam. Enfim para mim, o barco estava imediatamente a seguir à minha casa e ao meu carro como o meu bem mais valioso e como muitos de nós, era simplesmente um bem à qual não me poderia dar ao luxo, pois sabe se lá bem como se consegue manter a casa e o carro neste cenário económico.

Assim sendo, bem-vindos à categoria dos barcos insufláveis. O que começou por ser uma indústria de barcos para trasfega de um navio para outro, passando depois a ser o barco salva-vidas, acabou por conquistar um mercado próprio. Designs atrevidos, materiais inovadores e de aplicação incrivelmente robusta, com garantias que podem ultrapassar os 5 anos, conjugaram-se para que os consumidores considerem agora a aquisição de um barco muito mais plausível e tangível.

Mesmo na categoria economicamente mais viável encontramos barcos bons e muito bons – e aqueles que nos parecem fazer mais sentido para adquirir, são os que se consegue comprar a preço de fábrica. Concordemos nisto: todos nós escolhemos o produto por esta ou aquela característica mas o que nos faz decidir qual comprar é o preço – e neste momento há empresas na indústria dos barcos insufláveis que nos poupam de pagar a um intermediário – perfeito!

Se realmente anda à procura de adquirir um barco, consegue facilmente encontrar insufláveis impecáveis e a preço de fábrica – o resto é simplesmente pagar demias por muito pouco.

E está a imaginar a expressão da sua esposa ao chegar a casa e exclamar: "Querida…compre um barco!"?

Imagine…


Rua Direita

Título: Querida... comprei um barco!

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 0

615 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • SophiaSophia

    17-06-2014 às 06:24:07

    Comprar um barco é sempre uma sensação incrível e realizável.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • iago simoesiago simoes

    06-03-2012 às 18:03:05

    Gostei muito do artigo, faço curso de construção naval no SENAI de Sergipe, somos a primeira turma do estado, e sua matéria foi de grande utilidade para meu trabalho da origem e importância da construção naval para a sociedade. Parabéns

    ¬ Responder

Comentários - Querida... comprei um barco!

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Raio Mata Três Pessoas No Brasil

Ler próximo texto...

Tema: Segurança
Raio Mata Três Pessoas No Brasil\"Rua
No dia 07 de novembro de 2014, três pessoas acabaram morrendo em decorrência de raios após as vítimas serem socorridas, mesmo depois de bastante tempo tentando reanimá-las.

Os três homens deram entrada no hospital com parada cardiorrespiratória e com muitas queimaduras. Esse incidente aconteceu na zona leste de São Paulo, as vitimas trabalhavam com ferro velho.

O Brasil é o país onde os raios estão mais presentes no mundo. São mais de 50 milhões de raios por ano. Esses raios atingem mais pessoas na zona rural, porém nas áreas urbanas ocorrem também só que com menos frequência.

Há pessoas que falam que raios não ocorrem duas vezes no mesmo lugar, mas isso é improvável, eles ocorrem sim! Tanto que nos últimos séculos, as tempestades aumentaram 90% por causa do aquecimento do planeta devido ao asfalto, que é uma das formas de poluição.

Alguns cuidados, nesses momentos, são importantes como: não ficar em área aberta, não usar o telefone e se vir uma tempestade, então permaneça no carro.

Os raios ocorrem no Brasil porque é um país tropical e de muito calor, por isso está em primeiro lugar em queda de raios. Nesse mesmo ano de 2014, um rapaz morreu usando o computador. Ele recebeu a eletricidade no momento em que o raio caiu na antena.

O estado de São Paulo lidera em quedas de raios. Um raio dura em média 1 segundo, e a queda de raios acontece por uma descarga elétrica que produz nuvens de chuva. Os relâmpagos ocorrem entre as nuvens e os raios pelo solo.

Algumas regiões tem tendência de cair mais raios, a descarga é visível a olho nu e é um fenômeno que produz um clarão. As mortes mais frequente são nas áreas urbanas, por isso não é seguro se proteger em baixo de árvores.

Pesquisar mais textos:

Gislene Santos Sousa

Título:Raio Mata Três Pessoas No Brasil

Autor:Gislene Santos Sousa(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios