Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Barcos > Barcos de recreio

Barcos de recreio

Categoria: Barcos
Visitas: 6
Comentários: 1
Barcos de recreio

A vertente náutica de recreação iniciou com embarcações de madeira e desenvolveram-se para cascos de resina ou de fibra de vidro, com dimensões variadas, mas sempre direcionadas à prática de regatas ou de cruzeiros.

Os barcos de recreio só podem ser conduzidos por profissionais que disponham de carta de navegação na categoria adequada, emitidas por Institutos Portuários. A exigência da carta visa à segurança do transcurso de navegação e da vida dos viajantes sobre águas.

Os caiaques são as embarcações especializadas para o lazer e são disponibilizados em diversos modelos com finalidades específicas.

Os caiaques abertos, em desenho de prancha, oferecem praticidade para que se suba nele, em águas rasas ou profundas. A estabilidade associa-se ao seu comprimento, inferior a três metros e à sua largura, sempre superior a sessenta e cinco centímetros. Adaptáveis para qualquer situação em rios de grande volume de água até o grau 2, permitem instalar acessórios para cargas mínimas e pequenos confortos. Apropriados para remadores iniciantes ou para passeios de contemplação, de pescaria ou para uma sessão de fotos. As versões em plástico são capazes de vencer leves corredeiras.

Os caiaques de turismo medem acima de três metros e meio de comprimento e são fechados. Servem para expedições curtas. São velozes e confortáveis. Pedem habilidade do remador, especialmente para resolver inundações internas, passíveis de ocorrer durante o percurso.

Para enfrentar rios com pedras, refluxos, ondas e redemoinhos, os caiaques de corredeiras são os barcos apropriados, e exigem um canoísta experiente para lidar com turbilhões. Construído em plástico, tem resistência a impactos em superfícies duras e fortes. Os modelos normalmente têm popa e proa levantadas e são curtos, para facilitar as manobras por vezes excessivamente repentinas. Há modelos capazes de “surfar” em ondas marinhas. Por serem utilizados em práticas moderadamente radicais dispõem de alguns dispositivos de segurança ao canoísta, como acessórios de apoio às coxas e joelhos, finca-pés firmes e flutuadores.

Atravessar mar ou longos rios é a especialidade dos caiaques de expedição. Confeccionados em material resistente, em formatos que propiciam grandes velocidades, medem pelo menos quatro metros e meio, e são compartimentados para condicionar bagagens.

Os caiaques propiciam o mais puro prazer em viagens livres de poluição ou ruídos de motor. Permitem interação com o meio ambiente sem causar grandes impactos. A velocidade depende de sua vontade. Se deseja nutrir-se de paz ou sentir a emoção de uma aventura sem limites, navegue.


Hediene

Título: Barcos de recreio

Autor: Hediene Hediene (todos os textos)

Visitas: 6

771 

Imagem por: snowdog?

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • SophiaSophia

    17-06-2014 às 06:38:40

    É atração de viajantes, turistas e pessoas que vão ao local desfrutar de diversão. Esses barcos de recreio nos dão grande alegria.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - Barcos de recreio

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Ler próximo texto...

Tema: Informática
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?\"Rua
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Bom, Não é de hoje que tecnologia vem surpreendendo a todos nós com grandes revoluções e os custos que diminuem cada vez mais.
Hoje em dia é comum ver crianças com smarthphones com tecnologia que a 10 anos atrás nem o celular mais moderno e caro do mercado tinha.
Com isso surgiram sugiram vários profetas da tecnologia e visionários, tentando prever qual será o próximo passo.

E os filmes retratam bem esse tema e usam essa formula que atrai a curiosidade das pessoas.
Exemplos:

Minority report - A nova lei de 2002 (Imagem)

Transcendence de 2014

Em Transcendence um tema mais conspiratório, onde um ser humano transcende a uma consciência artificial e assim se torna imortal e com infinita capacidade de aprendizagem.
Vale a pena ver tanto um quanto o outro filme. Algumas tecnologias de Minority Report, como utilizar computadores com as mãos (caso do kinect do Xbox 360 e One) e carros dirigidos automaticamente, já parecem bem mais próximo do que as tecnologias vistas em Transcendence, pois o foco principal do mesmo ainda é um tema que a humanidade engatinha, que é o cérebro humano, a máquina mais complexa conhecida até o momento.

Eu particularmente, acredito que em alguns anos teremos realmente, carros pilotados automaticamente, devido ao investimento de gigantes como o Google e o Baidu nessa tecnologia.

Também acho que o inicio da colonização de Marte, vai trazer grandes conquistas para humanidade, porém grandes desafios, desafios esses que vão nos obrigar a evoluir rapidamente nossa tecnologia e nossa forma de encarar a exploração espacial, não como um gasto, mas sim como um investimento necessário a toda humanidade e a perpetuação da sua existência.

A única salvação verdadeira para humanidade e para o planeta terra, é que seja possível o ser humano habitar outros planetas, seja localizando planetas parecidos com a terra ou mudando planetas sem condições para a vida em planetas habitáveis e isso só será possível com gente morando nesses planetas, como será o caso do Marte. O ser humano com a sua engenhosidade, aprendeu a mudar o ambiente a sua volta e assim deixou de ser nômade e da mesma forma teremos que aprender a mudar os mundos, sistemas, galáxias e o universo a nossa volta.

Espero que tenham gostado do meu primeiro texto.
Obrigado à todos!
Até a Próxima!


Pesquisar mais textos:

Érico da Silva Kaercher

Título:Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Autor:Érico da Kaercher(todos os textos)

Imagem por: snowdog?

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios